Prefeitura de Fazenda Nova-GO prepara concurso com mais de 200 vagas

A Prefeitura de Fazenda Nova, em Goiás, iniciou os preparativos de seu próximo concurso que ofertará vagas para todos os níveis.

A Prefeitura de Fazenda Nova, em Goiás — a 206 km de Goiânia — divulgou nesta sexta-feira, dia 15, a organizadora do seu próximo concurso. A empresa vencedora da licitação foi o Instituto Consulpam. O próximo passo será a assinatura do contrato entre a prefeitura e o instituto.

A organizadora deverá se reunir em um prazo de cinco dias com a comissão do concurso para discutir detalhes do edital. Depois disso, o Instituto Consulpam terá mais dez dias para apresentar o extrato do edital e o cronograma das etapas do concurso. 

De acordo com o projeto básico do concurso, a oferta será de 208 vagas, sendo 64 imediatas e 144 para formação de cadastro de reserva. As vagas serão distribuídas por cargos de todos os níveis de escolaridade. 

 É possível estudar para concurso público antes do edital. Saiba como!

Médico medindo pressão
Concurso ofertará vagas para área da saúde (Foto: Pixabay)

Saiba como estão distribuídas as vagas do concurso

A maior parte das oportunidades foram divididas por cargos de níveis fundamental e superior. Um dos destaques é o cargo de servições gerais que oferta 50 vagas. Para professores estão sendo oferecidas 18 oportunidades. Veja a distribuição:

  • Ensino fundamental: lavadeira (2 + 4CR), agente de combate a endemias (2 + 6CR), motorista (4 + 5CR), mecânico lanterneiro (1 + 4CR), eletricista (1 + 3CR), auxiliar de serviços gerais (10 + 40CR), copeiro/cozinheiro (2 + 4CR), operador de máquinas agrícolas e rodoviário (3+ 3CR), vigia (2 + 5CR), pedreiro (2 + 4CR) e zelador de cemitério/coveiro (1 + 2CR);
    Botão com link de curso
  • Ensino médio: auxiliar de consultório odontológico (2 + 4CR) e auxiliar de serviços educacionais (5 + 10CR);
  • Ensino médio/técnico: técnico em Enfermagem (5 + 7CR) e técnico em Radiologia (2 + 4CR);
  • Ensino superior: odontólogo (1 + 4CR), fisioterapeuta (1 + 3CR), médico PFS (2 + 4CR), médico clinico geral plantonista (3 + 5CR), farmacêutico (1 + 4CR), fonoaudióloga (1 + 1CR), nutricionista (1 + 3CR), professor P III (8 + 10CR), controlador interno (1 + 2CR) e fiscal de vigilância sanitária (1 + 3CR).

O projeto básico informa que o valor das taxas de inscrição será definido em conjunto com a organizadora. O documento adianta que será concedido o benefício da isenção do pagamento da taxa aos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo (CadÚnico). 

Todos os candidatos serão submetidos à realização de provas objetivas. Os detalhes dessa etapa de seleção e outras que poderão ser aplicadas serão divulgados no edital do concurso.

Como estudar para concursos — começar do zero 



Comentários