Folha Dirigida Entrar Assine

Último dia de inscrições do concurso EAGS. Veja dicas de Direito!

O concurso da Aeronáutica EAGS encerra nesta tarde de terça-feira as inscrições para 183 vagas. Confira dicas de Direito Constitucional

Termina na tarde desta terça-feira, às 15h, o período de inscrições para o concurso da Aeronáutica EAGS. A seleção oferece 183 vagas em diferentes especialidades e aceita candidatos de ambos os sexos, que tenham o nível médio/ técnico. 

Além da formação, também são requisitos ter entre 17 e 24 anos de idade até 31 de dezembro. Os candidatos devem acessar o site da site da Aeronáutica e efetuar o pagamento da taxa no valor de R$60. As oportunidades estão distribuídas entre: 

  • Eletrônica - 30 vagas 
  • Enfermagem - 45 vagas
  • Administração - 40 vagas
  • Eletricidade - 14 vagas
  • Eletrônica - 30 vagas
  • Informática - 20 vagas
  • Pavimentação - oito vagas
  • Obras - oito vagas
  • Topografia - oito vagas
  • Laboratório - cinco vagas
  • Radiologia - cinco vagas

O candidato, no momento da matrícula, passa à situação de aluno e receberá soldo aproximadamente de R$1.066 (valor referente a 2019). Depois da conclusão do estágio, haverá a promoção à graduação de terceiro-sargento, e o soldo passará a R$3.825 (em 2019).

Concurso Aeronáutica EAGS
Concurso EAGS inscreve até às 15h desta terça-feira 
(Foto: Divulgação)


Com mais uma dica de estudos da série para o concurso do Estágio de Adaptação à Graduação de Sargentos da Aeronáutica, FOLHA DIRIGIDA traz desta vez o professor do Curso Progressão Autêntico, Renato Barroso, para falar sobre Direito Administrativo e Constitucional.

Segundo o professor, no EAGS SAD caem duas disciplinas de Direito: Constitucional e Administrativo.

"Em Direito Constitucional, o ponto mais explorado recai sobre nacionalidade, estado de defesa e estado de sítio e forças armadas, ao passo que em Direito Administrativo ato administrativo e licitação são pontos fortes na prova", diz. 

Questionado sobre quais costumam ser as maiores dificuldades dos candidatos, ele afirma que em Direito Constitucional, o ponto de mais dificuldade é sem dúvidas em estado de defesa e estado de sítio, pois tais institutos se aproximam bastantes, No entanto são diferentes. 

"O primeiro é mais restrito e de prazo determinado à medida que o segundo é mais abrangente e há uma restrição maior de direitos conforme artigo 139 da CRFB", explica.

Três dicas de preparação para Direito no concurso EAGS

Para ter uma preparação eficaz na área, o professor dá três dicas:

  • Fazer um bom curso especializado em carreiras militares;
  • Montar um planejamento de segunda à sexta feira com uma disciplina por dia, e finais de semana realizar bastantes exercícios.
  • Tentar montar um bom caderno para cada matéria de forma resumida, iniciando por Constitucional e após Administrativo.

"Fazendo isso, aumentará suas chances de se classificar dentro do número vagas", diz. Por último, aconselha aos candidatos:

"Após mais de doze anos preparando alunos para concursos militares, recomendo realizar todas as provas anteriores, pois fazendo assim criará intimidade com a banca examinadora e vai perceber que as provas de Direito Constitucional 90 % das questões são fundamentadas na Constituição Federal e em Administrativo. A banca tem uma preferência muito evidente pela professora de São Paulo, Maria Sylvia Zanella Di Pietro a qual possui um manual de Direito Administrativo", afirma.

Veja também: 

Dicas para a prova de Português
O que é mais cobrado em Enfermagem
Dicas de estudo para Informática

Concursos Militares: veja as opções!



Comentários