Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso EsSex 2018: sai homologação do resultado final

Concurso EsSex 2018: sai homologação do resultado final

A Escola de Saúde do Exército (EsSex) homologou o resultado final do concurso para ingresso em 2019.

O resultado final do concurso para a Escola de Saúde do Exército (EsSex) foi homologado nesta quinta-feira, 17, no Diário Oficial da União. Os aprovados, agora, darão início ao Curso de Formação de Oficiais dos Serviços de Saúde, localizado no Rio de Janeiro.

O concurso EsSEx teve oferta de oito vagas, sendo seis para Enfermagem e duas para Veterinária. A carreira do Oficial do Quadro Complementar começa no posto de primeiro-tenente, depois do curso de formação.

A remuneração para este cargo será de R$11.130,75 em 2019. No valor, já estão incluídos o soldo de R$8.245, adicional de habilitação de R$1.319,20 e o adicional militar de R$1.566,55.

• Quizz: você sabe fazer um bom planejamento para concursos?

O curso de formação está previsto para terminar em novembro. Ao final do curso, o profissional escolhe o local onde irá servir, dentre as organizações militares oferecidas pelo Exército, de acordo com a sua classificação dentro de sua especialidade.

Classificados ainda serão submetidos a curso de formação dos 
oficiais do Serviço de Saúde (Foto: Divulgação)

 

Segundo o exército, o profissional pode ser designado para atividades diferentes das inerentes à sua especialização, bem como ser movimentado para outras sedes, conforme o que prescreve o Regulamento de Movimentação para Oficiais e Praças do Exército.

Depois de 62 meses, o profissional pode ser promovido ao posto de capitão. As progressões continuam e, após 86 meses, poderá ser para a patente de major. Já a promoção para o cargo de tente-coronel pode acontecer depois de 54 meses.

O posto de coronel é o mais alto da carreira e pode ser alcançado depois de 30 meses como tenente-coronel.

Concurso EsSex teve diversas etapas

Os concorrentes do concurso EsSex foram avaliados por diferentes etapas de seleção. A primeira delas foi uma prova escrita, aplicada no dia 16 de setembro, das 9h às 13h. 

Foram cobradas questões de Língua Portuguesa, História do Brasil e Geografia do Brasil, além de mais 40 questões de Conhecimentos Específicos, de acordo com a área escolhida pelo candidato.

Os classificados ainda foram submetidos a etapas de inspeção de saúde, teste de condicionamento físico, verificação documental preliminar, além de revisão médica e comprovação dos requisitos biográficos.




Comentários


NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações