Concurso ESA: saiba como estudar para a prova de História

Com inscrições abertas e exames em agosto, quem deseja se preparar para o concurso ESA pode conferir como estudar para a prova de História.

O concurso ESA segue com inscrições abertas. Para quem deseja concorrer a uma das 1.100 vagas oferecidas, os estudos são essenciais. Para ajudar nesta preparação, FOLHA DIRIGIDA traz as dicas do professor do Curso Progressão Autêntico, Adonis Miguel Jr, que ensina a como estudar para a prova de História. Confira!

Marcadas para o dia 4 de agosto, as provas objetivas do concurso ESA serão compostas por diversas disciplinas, incluindo História. A matéria terá 12 questões para os concorrentes da área Geral/Aviação e oito para os das áreas de Música e Saúde.

Para se sair bem no exame, Adonis Miguel Jr indica que os candidatos procurem uma boa equipe docente e materiais especializados. Além disso, para este concurso, o professor explica que é fundamental ter o conhecimento da linguagem da prova da ESA.

"Este é o melhor caminho para o sucesso e, consequentemente, para a aprovação", indica.

Conheça a prova do concurso ESA 

A prova objetiva do concurso ESA 2019 será composta por cinco partes para a área Geral/Aviação e seis para as áreas de Música e da Saúde, com valor de zero a dez pontos. Para ser aprovado, o candidato deverá obter, no mínimo, 50% de acertos do total das questões de cada uma das disciplinas.

Com um conteúdo considerado amplo, a parte de História deve exigir atenção e cuidado dos candidatos, durante a preparação e na hora da prova. De acordo com o professor, é preciso estudar as avaliações já aplicadas pela ESA, em concursos anteriores, para entender o grau de dificuldade do exame.

"Observando-se as últimas provas percebemos questões que exploram bastante o uso de pegadinhas ligadas à atenção do aluno aos enunciados. Considero a prova em um nível médio a difícil", avalia Adonis Miguel Jr.

Além de conhecer o modelo de prova da ESA, o professor também indica estudar com mais atenção tópicos específicos da disciplina, que podem trazer dificuldades para os estudantes. São eles:

  • Revoltas coloniais (Nativistas e Separatistas);
  • Revoltas imperiais, principalmente as Regenciais;
  • Constituições brasileiras e suas características

"Para vencer as dificuldades, é fundamental ter uma agenda de estudos que priorize a resolução de questões dentro do perfil atual da banca", acrescenta Adonis Miguel Jr.

Inicie sua preparação para concursos!

enlightenedSaiba como estudar para o concurso ESA 2019

Com o conhecimento do grau de dificuldade das provas do concurso ESA e atenção em tópicos que podem trazer dificuldades, fica mais fácil estudar História para a prova da Escola de Sargento das Armas.

De acordo com o professor do Curso Progressão Autêntico, para saber como estudar para um concurso, é preciso ter atenção no histórico das avaliações da banca.

"Se avaliar as provas anteriores, percebemos que há um esforço em explorar, em diferentes anos, diferentes pontos do conteúdo sem que haja necessariamente uma regularidade", afirma Adonis Miguel Jr.

Desta forma, para estudar para a prova de História do concurso ESA 2019, Adonis indica aos candidatos esperar que certas abordagens não ocorram, como as discussões sociais ligadas ao Regime Militar. No entanto, quanto ao resto do conteúdo, "tudo pode ser explorado", diz o professor.

Por fim, o professor explica que é preciso evitar "o famoso decoreba" e se preparar psicologicamente para a prova e as demais etapas do concurso. Além disso, outras seleções militares também podem ajudar nos estudos.

"O ideal é entender o assunto como um todo. Use a bibliografia e provas anteriores, incluindo questões do Colégio Naval e Espcex, que estejam ligadas à História do Brasil", conclui o professor. 

Concurso ESA 2019 tem inscrições abertas (Foto: ESA/Divulgação)
Professor dá dicas para a prova de História do concurso
ESA 2019 (Foto: ESA/Divulgação)

 

Concurso ESA tem inscrições até março

O edital do concurso ESA 2019 foi publicado no último dia 19. Já as inscrições seguem abertas até o dia 20 de março, por meio do site da Escola de Sargento das Armas. Para se candidatar, é preciso pagar uma taxa no valor de R$95. 

Ao todo, são oferecidas 1.100 vagas para os cursos de formação e graduação de sargentos, nos anos de 2020/2021, nas áreas Geral, Aviação, Música e Saúde, com a seguintes distribuição:

• 910 para os candidatos do sexo masculino (área Geral/Aviação);
• 100 para as candidatas do sexo feminino (área Geral/Aviação); 
• 60 para os candidatos da área de Saúde;
• 40 para área música.

Método Avançado de Produtividade nos EstudosPara se inscrever no concurso da ESA 2019, é preciso ter nível médio, com idade entre 17 e 24 anos para as áreas Geral e Aviação, e entre 17 e 26 anos para as áreas de Música e Saúde. 

Os candidatos à área de Saúde devem ter também concluído o curso Técnico em Enfermagem até a data de sua apresentação na organização militar.

Já para a área de Música, é necessário comprovar a habilidade na execução de partituras com o instrumento musical correspondente a um dos naipes abrangidos pelas vagas.

Em 2019, o soldo inicial da carreira é de R$3.825 mais adicional militar e adicional de especialização. Por isso, a remuneração deve chegar a R$5.049. Para 2020 e 2021, estes valores podem ter reajustes.

Prepare-se para o concurso ESA 

Com inscrições abertas e provas previstas para agosto, quem busca a aprovação no concurso ESA deve intensificar os estudos. Para ajudar na preparação, FOLHA DIRIGIDA separou algumas dicas. Confira!

Veja também: Concurso ESA 2019: veja dicas para se dar bem na prova de Matemática
Concurso ESA: confira nove passos para passar na prova de Inglês!



CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Comentários