Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

620 vagas abertas só até hoje. Até R$2.400 mensais

A Secretaria de Estado de Esporte e Lazer do Rio de Janeiro (Seel-RJ) está realizando uma seleção para contratar 620 temporários, com formação em nível médio ou superior (incluindo para quem esteja cursando). Há oportunidades em sete cargos, distribuídas da seguinte forma: um coordenador geral, um coordenador pedagógico, 15 coordenadores setoriais, 300 coordenadores de núcleos, 300 monitores de esportes, duas secretárias e um assistente social. Os temporários poderão ser lotados em 23 municípios. São eles: Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Mangaratiba, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados, São Gonçalo, São João do Meriti, Seropédica, Rio de Janeiro, Vassouras, Três Rios, Petrópolis e Tanguá.  

A Secretaria de Estado de Esporte e Lazer do Rio de Janeiro (Seel-RJ) está realizando uma seleção para contratar 620 temporários, com formação em nível médio ou superior (incluindo para quem esteja cursando). Há oportunidades em sete cargos, distribuídas da seguinte forma: um coordenador geral, um coordenador pedagógico, 15 coordenadores setoriais, 300 coordenadores de núcleos, 300 monitores de esportes, duas secretárias e um assistente social. Os temporários poderão ser lotados em 23 municípios. São eles: Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Mangaratiba, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados, São Gonçalo, São João do Meriti, Seropédica, Rio de Janeiro, Vassouras, Três Rios, Petrópolis e Tanguá.
 
A contratação é para o período de 18 meses, podendo dobrar. Os interessados deverão protocolar seus currículos e títulos até esta quarta-feira, 15, na Seel, das 9h às 12h ou das 13h às 16h. Outra opção é enviá-los pelos Correios, através de Aviso de Recebimento (AR), para a Secretaria. Os currículos e títulos recebidos serão cadastrados, selecionados e analisados por uma comissão de seleção. Como critérios de desempate, serão utilizados os seguintes fatores: maior pontuação na titulação; mais idoso; residir mais próximo ao local de atuação no contrato temporário. A carga de trabalho dos temporário será de 20 ou 40 horas semanais, dependendo da função exercida. Os candidatos selecionados serão convocados por comunicado da Seel, que ocorrerá por meio de correspondência pessoal pelos Correios, constando da hora, dia e local para a entrevista. Haverá, em seguida, exames admissional e de saúde.

Serviço
Inscrições: Seel - Rua Prof. Eurico Rabelo, s/nº, portão 20, Recepção Maracanã - RJ

Quadro de atribuições e requisitos

COORDENADOR GERAL:
Profissional de nível superior. Deverá ter experiência na execução de projetos de natureza similar. Sua carga horária será de 40 (quarenta) horas semanais para coordenar o PST, mais especificamente:
- representar a SEEL nos assuntos pertinentes ao PST;
- manter estreito contato com a equipe técnica do ME acerca do andamento do PST;
- coordenar e supervisionar todas as atividades do PST;
- analisar e aprovar relatórios mensais de acompanhamento do PST;
- analisar e aprovar relatórios financeiros do Projeto;
- visitar periodicamente os Núcleos em todo o Estado;
- zelar pelo bom andamento do PST, reportando o Ministério do Esporte quaisquer atividades estranhas ao cotidiano deste;
- gerir os recursos humanos diretamente envolvidos no PST;
- realizar reuniões de equipe mensalmente.

COORDENADOR (A) PEDAGÓGICO (A):
O profissional deverá ser graduado (a) em Educação Física em curso reconhecido pelo MEC, além de estar registrado (a) no Conselho Regional de Educação Física (CREF), residir no Município do Rio de Janeiro e possuir experiência comprovada em Projetos de natureza similar. Sua carga horária total será de 40 (quarenta) horas semanais para cuidar da formação dos colaboradores do Projeto. Mais especificamente:
- definir a ementa do Projeto;
- definir a ementa de cada modalidade esportiva praticada no Projeto;
- elaborar um plano de aula padrão para cada modalidade esportiva praticada no Projeto;
- realizar visitas técnicas aos Núcleos;
- promover palestras motivacionais;
- elaborar cronograma de capacitação continuada;
- promover cursos de capacitação para novos colaboradores.

COORDENADOR (A) SETORIAL:
O profissional deverá ser graduado (a) em Educação Física em curso reconhecido pelo MEC, além de estar registrado (a) no Conselho Regional de Educação Física (CREF), e possuir experiência comprovada em Projetos de natureza similar. Sua carga horária total será de 20 (vinte) horas semanais. A seguir um resumo de suas atribuições:
- coordenar e supervisionar as atividades do PST nos núcleos sob sua responsabilidade;
- elaborar relatórios mensais de acompanhamento do PST;
- realizar visitas técnicas aos núcleos.

COORDENADOR (A) PROFESSOR DE NÚCLEO:
O profissional deverá ser graduado (a) em Educação Física em curso reconhecido pelo MEC, além de estar registrado (a) no Conselho Regional de Educação Física (CREF). Sua carga horária total será de 20 (vinte) horas semanais, conforme responsabilidades abaixo:
- orientar, dirigir e ministrar suas aulas nas modalidades pré-definidas, com responsabilidade e técnica;
- se reportar ao Coordenador Pedagógico e Coordenador Geral quando da ocorrência de atividades estranhas ao cotidiano do núcleo e sempre que houver necessidade;
- participar de eventos, palestras, reuniões e capacitações;
- controlar e preencher a ficha de presença e cadastro dos alunos;
- Alimentar o banco de dados do sistema de gestão (professor responsável);
- participar de reunião com a equipe de Coordenação Geral;
- elaborar o Plano de Aula.

MONITOR ESPORTIVO:
O estagiário deverá ser acadêmico de Educação Física. Sua carga horária total será de 20 (vinte) horas semanais para oferecer todo o suporte ao Coordenador de núcleo, além de:
- auxiliar no cadastramento de alunos;
- auxiliar na organização da documentação;
- auxiliar na organização e no zelo do material esportivo do núcleo; auxiliar na ministração de aulas;
- participar de eventos, palestras e capacitações;
- se reportar ao Coordenador de Núcleo quando da ocorrência de atividades estranhas ao cotidiano do núcleo e sempre que houver necessidade.

ASSISTENTE SOCIAL:
O profissional deverá ser graduado (a) em Serviço Social em curso reconhecido pelo MEC, além de estar registrado (a) no Conselho Regional de Assistência Social, e possuir experiência comprovada em Projetos de natureza similar. Sua carga horária total será de 40 (quarenta) horas semanais para:
- realizar atendimento social aos participantes do PST;
- realizar acompanhamento de famílias de beneficiários do PST;
- realizar encaminhamento à rede de proteção social dos municípios;
- participar de reuniões com a equipe de Coordenação Geral.

SECRETÁRIA:
O profissional deve ter, preferencialmente, o ensino médio. Sua carga horária total deverá ser de 40 (quarenta) horas semanais para realizar serviços de secretaria do PST, auxiliando os Coordenadores Geral e Pedagógico no desenvolvimento de suas atividades.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações