Folha Dirigida Entrar Assine
Você é um concurseiro universitário? Confira as dicas da coach Lízia Medina

Você é um concurseiro universitário? Confira as dicas da coach Lízia Medina

Saiba como conciliar estudos para concursos e faculdade. A FOLHA DIRIGIDA conversou com a coach Lízia Medina sobre concurseiros universitários.

Como estudar para concurso público durante a faculdade?
Coach fala sobre como estudar para concurso público
durante a faculdade
É possível estudar para concursos públicos e para a faculdade ao mesmo tempo? Como conciliar a vida de universitário com a de concurseiro? Esta é uma dúvida e também uma escolha frequente de muitos alunos que desejam conquistar estabilidade profissional e financeira no serviço público antes mesmo de ter um diploma superior em mãos.

Para ajudar aos que tomaram essa decisão, a FOLHA DIRIGIDA conversou com a coach Lízia Medina, que deu várias dicas de planejamento e preparação. Segundo ela, os candidatos devem dar ênfase às disciplinas que são comuns nos concursos públicos. Outra estratégia que funciona é criar um horário de estudo exclusivo para a preparação.
 
A coach explica que o cronograma de estudo deve ser feito de acordo com a disponibilidade de tempo do aluno. O planejamento precisa ser respeitado ao longo da graduação, pois pode ajudar o candidato a atingir sua meta, mesmo não tendo um tempo ideal para a preparação. Confira também o e-book Como fazer concurso depois do ensino médio.

Não desperdice o tempo livre!

 Tire uma hora na parte da manhã, da tarde e depois que voltar da faculdade, por exemplo;
 Se o concurseiro trabalha ou faz faculdade, ele pode reservar, em média, três horas por dia, exclusivas para o estudo do concurso;
Cumpra três blocos de matéria distintas por dia para que você consiga estudar mais conteúdo ao mesmo tempo;
Se ainda assim faltar de tempo, o aluno pode reservar trinta minutos na hora das refeições. 
 
Lízia Medina avalia que cerca de 80% de seus alunos vivem nesta situação. Ela sugere que os estudantes já iniciem a graduação com foco nos concursos públicos. "O estudo pode ser voltado às questões das bancas mais comuns para que os candidatos conheçam os conteúdos cobrados com maior frequência”, alerta. 

Concurseiros universitários também têm benefícios

coach Lízia Medina
Coach Lízia Medina
Os concurseiros universitários também têm seus benefícios. Quem estuda na mesma área, por exemplo, têm vantagens em relação à concorrência, pois adianta o conteúdo ao longo da graduação e com isso abre novas oportunidades para outros concursos futuramente.
 
Mas, atenção! É importante salientar que as provas da faculdade e do concurso requerem preparações diferentes. Na graduação, por exemplo, a reflexão é mais crítica e teórica.

"Alguns candidatos que ainda estão fazendo o terceiro grau podem se inscrever para área de técnico e começar um estudo paralelo" - Coach Lízia Medina

A opção de conciliar os dois estudos é interessante também para quem faz graduações de Administração ou Direito, cursos muito comuns, e quer concorrer a cargos da área administrativa ou jurídica. Para a especialista, os alunos podem começar os estudos por Direito Constitucional e Direito Administrativo, por exemplo, pois são as matérias cada vez mais exigidas em seleções. Mais abaixo, você saberá o que priorizar.

Prioridade: concurso, universidade ou vida social?

A boa notícia é que dá pra fazer os três sim! Entretanto, Lízia ressalta a necessidade de um bom planejamento e disciplina. Para a coach, o aluno precisa considerar que a faculdade é um dos momentos mais importantes a nível de transformação cultural e de contato social.
 
Além disso, o estudo - tanto para concursos quanto para graduação - é a longo prazo e ninguém consegue ficar totalmente afastado da vida social durante tanto tempo. A ideia é focar nos estudos ao longo da semana. 
 
 
 
A especialista sugere que o candidato divida sua preparação em dois momentos: pré e pós-edital. Enquanto o concurso não é iniciado, o aluno pode estabelecer uma rotina de estudo semanal e ter seu lazer nos sábados e domingos. Entretanto, quando é edital publicado, o foco tem que ser total, incluindo finais e semana e feriados.


Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários