Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso TCM-Rio: confira dicas e plano de estudos exclusivo

Confira as dicas e os planos de estudos do auditor e especialista em concursos, Marcus Silva, para o concurso TCM-Rio.

O Tribunal de Contas do Rio de Janeiro (TCM-Rio) já formou sua comissão do concurso para auditor de controle externo. Esse foi um passo decisivo e que muitos concurseiros esperavam para começar sua preparação. 

Pensando nisso, FOLHA DIRIGIDA consultou o auditor de controle externo do TCM-Rio e especialista em concursos, Marcus Silva. O auditor separou boas dicas para quem deseja ter a chance de ingressar na carreira.

Como complemento para os assinantes FOLHA DIRIGIDA, Marcus preparou dois planos de estudos exclusivos com o total de 20 horas semanais. Confira! 

9 dicas de preparação concurso TCM-Rio 2020

1 Como elaborar um plano de estudos

O primeiro passo para se elaborar um plano de estudos para um concurso desse nível é separar um tempo específico para tal tarefa, considerando esta etapa realmente como uma das mais importantes para que a preparação seja bem realizada.

"Falo isso, pois muitos pulam esta etapa, ou a fazem de qualquer jeito. Dá trabalho planejar, mas é essencial", diz Marcus Silva.

O especialista cita alguns fatores que devem ser considerados pelo candidato ao elaborar o seu planejamento de estudos:

  • peso relativo entre as disciplinas que serão cobradas (considerar o último edital e os editais parecidos de outros Tribunais de Contas);
  • carga horária efetiva disponível para o estudo semanal (considerar qualquer intervalo de tempo, mesmo que possa parecer mínimo);
  • distribuição dessa carga horária pelas disciplinas de forma proporcional; considerar situações específicas e particulares por disciplinas (adequar o planejamento à sua realidade);
  • por fim, principalmente, saber quando o planejamento deve ser ajustado.

2 ► Matérias que precisam de mais dedicação

Há matérias que necessitam de mais tempo e dedicação. Contudo, depende da situação particular de cada um, pois o nível de determinada pessoa pode ser avançado em uma disciplina que seja pesada no concurso, por exemplo.

Nesse caso, a realidade é outra e esse fato deve ser considerado no plano. Mas, de uma forma em geral, o especialista exemplifica algumas disciplinas que demandam um pouco mais de dedicação por parte dos candidatos, como:

  • Contabilidade Pública (seus conceitos devem ser muito bem absorvidos e internalizados, demandando mais tempo para isso);
  • Contabilidade Geral (as mudanças recentes na área demandam uma atualização constante);
  • Auditoria (por ser muito específica da área de concursos voltados para o controle, seus conceitos exigem paciência para serem absorvidos);
  • Direito Financeiro/Administração Financeira e Orçamentária (também pela especificidade da matéria na área de controle e da profundidade de cobrança, que é diferenciada em concursos da área em relação a outros que cobram tais disciplinas de forma mais branda).

Além dessas, destaca o Direito Administrativo, mais pelo volume de conteúdos que pela dificuldade, pois já é uma disciplina muito cobrada em diversos concursos, das mais diversas áreas.

Auditor de controle externo do TCM, Marcus Silva, dá dicas imperdíveis sobre estudos
(Foto: Divulgação)

 Quantas horas estudar por dia

Para Marcus Silva, isso é muito relativo. "Já vi pessoas que não possuem muito tempo para estudo e que passaram, e também já vi (aos montes) pessoas com todo o tempo do mundo disponível e que nem chegaram perto da aprovação" diz.

Portanto, o mais importante é que o estudo tenha qualidade, que a pessoa estude com técnica e com planejamento, tornando o estudo mais proveitoso e as suas horas muito mais produtivas.

A chave para o sucesso é fazer mais com menos, de forma simples, sem inventar fórmulas mágicas. De uma forma em geral, se o candidato for eficiente no estudo e possuir de 3 a 4 horas diárias para se dedicar, as chances de sucesso aumentam bastante.

Inicie já sua preparação para o concurso!

Botão com link para curso de preparação

 Estudo X trabalho e afazeres domésticos/familiares

Encontrar tempo para fazer tudo é uma questão de prioridade. E sendo uma questão de prioridade, cabe a cada um saber exatamente onde deve mudar a sua rotina para “fabricar” o tempo para se dedicar ao estudo para esse concurso.

Por exemplo, se, ao invés de a pessoa acordar na hora “x” que sempre acorda e passar a acordar na hora “x-1” para estudar, já há uma hora disponível. Se o horário do almoço for diminuído, dá para achar mais 30 minutos.

Se a pessoa dorme na hora “y”, passar a dormir na hora “y+2”, pode proporcionar mais 2 horas para o estudo. Ao dia, já são 3,5 horas.

Na semana, de segunda até sexta, isso representa 17,5 horas. Contando os sábados e domingos, com mais 4 horas em cada dia, pelo menos, já são mais de 25 horas. Tudo isso sem prejudicar as demais atividades que a pessoa tem que executar.

"É tudo uma questão de querer de verdade, não apenas de sonhar. E não mata ninguém", diz o auditor e especialista.

 Como ser aprovado apenas estudando em casa

Para Marcus Silva, diferentemente de alguns anos atrás, o estudo online deve ser uma ferramenta primordial nos estudos. Não indicaria o estudo presencial, até mesmo pela falta de tempo das pessoas.

Deslocamentos, gastos desnecessários, dentre outros muitos fatores, acabam atrapalhando. Portanto, indico que a pessoa escolha um bom curso online e estude em casa.

enlightened É possível estudar para concurso público antes do edital. Saiba como!

 Os aprovados devem ser convocados apenas no segundo semestre de 2020. Quais estratégias de estudo adotar?

Acredito muito que, diante do que tem sido divulgado, as provas aconteçam até meados do primeiro semestre de 2020. Mas isso não deve ser motivo de tranquilidade, pois o tempo passa muito rápido. Quem quer uma dessas vagas deve começar a estudar desde já com um planejamento adequado.

 Quais erros não cometer

Basicamente todas as falhas decorrem de um fator principal: falta de planejamento adequado. Por exemplo, ele cita a descontinuidade no estudo, o estudo desequilibrado entre as diversas disciplina e a desmotivação. Entretanto, tudo pode ser evitado e/ou atenuado com um bom planejamento e monitoramento do estudo.

 O segredo do sucesso para ser aprovado em um concurso desse porte

Sobre o "segredo do sucesso para a aprovação", Marcus Silva cita uma preparação contínua e multidisciplinar. Ele conta que havia pedido exoneração da CGU para voltar para o Rio de Janeiro, aprovado no concurso para a Seplag-RJ. E não havia parado de estudar.

"O concurso para o TCM-Rio foi feito em meio ao estudo para outros concursos em que também fui aprovado, como o da CVM (9º colocado) e o da FINEP (2º colocado). Antes mesmo da CGU, já havia estudado para o MPOG, quando fui aprovado na 3ª colocação para Analista (APO)".

Segundo ele, portanto, o estudo para o TCM foi uma complementação de uma preparação multidisciplinar para outros vários concursos, apenas ajustando uma matéria aqui e outra ali, como as específicas (Lei Orgânica e Regimento Interno).

 Conselho aos candidatos do concurso TCM-Rio

O conselho final do auditor Marcus Silva é persistência e planejamento. "Se você deseja passar e ocupar esse cargo, não desista dos estudos, nem mesmo nos piores momentos. Eu já passei por isso como concurseiro, e atualmente estou do outro lado como servidor e como mentor, auxiliando alunos que estão na luta por uma dessas vagas".

Ele complementa reforçando:

"Planeje-se de forma adequada, busque ajuda se achar necessário, e, principalmente, tenha persistência na busca pelo seu sonho. Somente assim ele se tornará realidade".

• Tenha acesso a conteúdos especiais de preparação  

Concurso TCM-Rio deve acontecer no primeiro semestre de 2020

O concurso TCM-Rio deve ter suas etapas realizadas no próximo ano. Além do presidente do tribunal, conselheiro Thiers Montebello, ter autorizado a formação do grupo que ficará responsável pela seleção, também falou sobre a expectativa de que o concurso seja realizado já nos primeiros meses de 2020.

Dessa forma, as nomeações dos aprovados ficariam para o segundo semestre do ano que vem. A comissão formada para o concurso irá elaborar o projeto básico da seleção. O documento trará alguns detalhes do concurso, como a estrutura de provas. Então, as empresas interessadas em organizar a seleção podem avaliar o projeto e encaminhar suas propostas. 

Além disso, a comissão também acompanhará e fiscalizará as demais etapas do concurso, desde a escolha da organizadora até sua homologação.

Auditor do TCM-Rio tem remuneração de até R$19 mil

O concurso para auditor do TCM-Rio oferta vagas destinadas a candidatos com nível superior. Tanto graduados em qualquer área, como os que têm formação específica. Hoje, a remuneração inicial é de R$15.226,81. O valor é composto por vencimento básico de R$2.356,81, acrescido de gratificação de controle externo de R$12.870.

Após três meses, os servidores passam a receber encargos especiais de trabalho, no valor de R$4.633,20, o que eleva a remuneração para  R$19.860,01. Também estão previstos outros benefícios. 

São eles: auxílio-saúde (até R$1.400); auxílio-refeição (R$1.133); auxílio-creche (R$1.287), para quem tem dependentes de até seis anos; e auxílio-educação (R$1.287), no caso de dependentes de até 17 anos. Os auxílios-creche e educação ficam limitados a apenas dois dependentes. 

A carga de trabalho dos servidores é de 40 horas por semana. O regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade empregatícia, após três anos ininterruptos de pleno exercício da função. 





Comentários