Folha Dirigida Entrar Assine

Você sabe estudar para concursos públicos por questões? Aprenda!

Coach do Simulados para Concurso, Bruno Possas deu dicas e destacou vantagens de se estudar para concursos por meio de questões.

Durante a preparação para um concurso público uma técnica muito recomendada pelos especialistas é a resolução de provas. Mas você sabe estudar por questões? Coach do Simulados para Concurso, Bruno Possas destaca que essa estratégia auxilia não só na revisão dos conteúdos, como também no entendimento dos conceitos abordados nas disciplinas. 

"Ao resolver questões, o concurseiro se prepara para o modo como elas serão cobradas e isso ajuda, também, a fixar melhor as teorias", defendeu.

Possas aproveitou para destacar três principais vantagens de se utilizar a técnica de resolução de questões durante a preparação para um concurso:

#1. Saber o que cairá na prova

"Resolver questões é oportunidade de estudar novamente
o conteúdo", diz Bruno Possas (Foto: Arquivo Pessoal)

Em muitos concursos, o estilo de questões e os conteúdos se repetem de uma seleção para outra. Por meio da resolução de provas anteriores, os candidatos conseguem identificar o que pode ou não ser cobrado no dia da prova.

#2. Aplicação prática dos conteúdos

Ao resolver questões os concurseiros entendem como a teoria é cobrada na prática. Além disso, esta é uma oportunidade de relembrar conceitos que não são estudados constantemente.

#3 Ajuda na fixação do conteúdo

Esse fator está relacionado com a prática. Quanto mais o concurseiro tem contato com um conteúdo, mais aquelas informações se fixam em sua mente. E assim, se torna cada vez mais fácil entender determinados conceitos.

Estude já por questões de concursos!

Caderno de erros. Você conhece essa técnica?

O coach Bruno Possas ressaltou que o ponto chave do estudo por questões é a prática constante. "É indispensável separar um tempo para resolver questões todos os dias. É nesse momento que o concurseiro vai entender o que ele realmente sabe de tudo aquilo que foi estudado."

Tendo essa ideia por base, Bruno Possas, que também é servidor público federal, indicou a elaboração de um caderno de erros. A ideia é os concurseiros separarem neste caderno todas as questões que erraram durante os estudos. Posteriormente, eles podem refazer as questões e avaliar seu aprendizado em relação àquele conteúdo.

• Tudo sobre técnicas de estudos para concursos

Os concurseiros também podem montar grupos de estudos para compartilhar suas experiências com a resolução das questões. Outra dica é montar simulados a partir

das disciplinas cobradas no edital. Possas alertou, ainda,  que é importante saber escolher quais questões podem ser selecionadas para o estudo. 

"O ideal é buscar questões da própria banca organizadora do concurso ou aquelas que se assemelham ao estilo da banca. Outro ponto é sempre buscar questões atualizadas", destacou.

As questões podem ser ainda uma boa saída para revisar aqueles conteúdos que não são estudados com tanta frequência. "Através da resolução de questões os concurseiros podem manter um estudo contínuo de certos conteúdos que não são revisados constantemente."

Por fim, Bruno Possas deixou uma recomendação para os concurseiros que recorrem a estratégia de estudar por meio da resolução de questões.

"Separe um tempo só para resolver as questões. Não estipule números de questões para resolver por dia porque tudo vai depender da complexidade das questões escolhidas e também de como você estará naquele momento. Tem dias em que você estará melhor para resolver questões e em outros não. Respeite sua rotina."

Comentários