Folha Dirigida Entrar Assine

Ministro Sergio Moro revela ampliação dos concursos PF e PRF em 2020

O ministro Sergio Moro comentou sobre o trabalho das corporações pelo Twitter e falou que, em 2020, os concursos serão ampliados.

A Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal têm conseguido combater o crime organizado com eficiência. No entanto, o déficit na Segurança Pública ainda é grande. Com isso, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, confirmou a ampliação dos concursos PF e PRF em 2020, o que pode resultar em novas contratações.

Por meio de sua conta oficial do Twitter, o ministro elogiou o trabalho das corporações e, em seguida, comentou sobre os concursos.

PF e PRF estão trabalhando a todo vapor. Nunca se apreendeu tanta cocaína ou se combateu tão duramente o crime organizado. No próximo ano, com os concursos ampliados por decisão do PR @jairbolsonaro , serão fortalecidas e farão ainda mais e melhor.

Quando o chefe da pasta fala sobre ampliação por decisão do novo presidente, não se sabe ainda se ele está falando sobre a autorização na chamada dos excedentes ou de algum projeto que envolve, de fato, a realização de futuros concursos.

Vale lembrar que tanto PF quanto PRF tiveram o aval de Bolsonaro para chamar além das 500 vagas previstas em edital. A portaria que autorizou a chamada de 1.047 policiais federais para o curso - sendo 547 a mais, foi publicada em maio e a formação dos aprovados já está em andamento.

Quer saber como ser aprovado em concursos públicos?
Prepare-se para concursos

Embora tivesse ficado uma expectativa para que as duas corporações tivessem um aval simultâneo, a autorização da Polícia Rodoviária Federal foi anunciada somente em junho. Bolsonaro permitiu a chamada de mil PRFs aprovados, sendo 500 a mais do que o quantitativo do edital. O curso tem início previsto para setembro.

No entanto, sabe-se que para ambas as corporações esses quantitativo a mais autorizado pelo presidente não será suficiente para amenizar o déficit. Por isso, a ampliação dos concursos mencionada por Moro pode ser um indício de que novas seleções serão abertas. As carências de PF e PRF são grandes e ambas confirmaram envio de pedido ao Governo.

A reportagem de FOLHA DIRIGIDA tentou procurar o Ministério da Justiça e Segurança Pública, além das respectivas corporações. No entanto, ainda não teve retorno sobre possíveis intenções de autorização para futuros editais.

Moro confirma ampliação de concursos da PF e PRF (Foto: Divulgação)
Moro confirma ampliação de concursos da PF e PRF (Foto: Divulgação)

PF confirma pedido para níveis médio e superior

Em junho, a Polícia Federal confirmou à FOLHA DIRIGIDA que enviou, dentro do prazo de 31 de maio, um pedido ao Ministério da Economia para poder publicar o próximo edital. No entanto, não havia revelado mais informações.

No início desse mês, veio a confirmação de mais detalhes. FOLHA DIRIGIDA teve acesso a uma resposta da diretora de Gestão de Pessoal substituta, Vanessa Gonçalves Leite Souza, no Portal de Acesso à Informação. Ela confirma dois protocolos, que contemplam cargos de níveis médio e superior, nas áreas Administrativa e Policial.

De acordo com a Polícia Federal, um dos protocolos enviado ao Ministério da Economia visa preencher 600 vagas de agente policial. Este cargo exige o nível superior em qualquer área e carteira de habilitação, com ganhos iniciais de R$12.441,26.

No entanto, há a possibilidade desse quantitativo ser dividido também com os cargos de escrivão, papiloscopista, perito e delegado. Isso porque a PF se refere a todos os cargos policiais como "agentes de polícia", tradicionalmente

Curso PF

O outro pedido enviado pela PF é destinado aos cargos da área de apoio. As chances serão para o cargo de agente administrativo, de nível médio que proporciona ganhos de R$4.710,76, além das demais carreiras das área administrativa, de nível superior. Para estes, o número de vagas ainda não foi revelado.

Tanto para a área policial, quanto para a área administrativa o déficit da PF é grande. De acordo com o sindicato, na área policial são mais de 4 mil cargos vagos e foram registradas mais de 500 aposentadorias em dois anos. Já na área adminisitrativa, desde a validade do último concurso foram mais de 100 saídas e mais ainda poderão acontecer.

Carreira Requisitos Remuneração
Agente administrativo Nível médio completo R$4.710,76
Agente policial Nível superior em qualquer + CNH R$12.441,26
Escrivão Nível superior em qualquer + CNH R$12.441,26
Papiloscopista Nível superior em qualquer + CNH R$12.441,26
Perito Nível superior em áreas específicas R$23.130,48
Delegado Nível superior em Direito, experiência de três anos + CNH R$23.130,48


PRF pede mais de 4 mil vagas para novos concursos

Assim como a PF, a Polícia Rodoviária Federal também confirmou o envio de pedido para abertura de mais de 4 mil vagas. A confirmação foi dada de forma exclusiva à FOLHA DIRIGIDA, no dia 4 de junho, pela própria Assessoria de Imprensa da corporação.

O quantitativo exato do pedido de concurso PRF é de 4.435 vagas, também para os níveis médio e superior. Dessas, 4.360 vagas são para o cargo de policial rodoviário federal, cuja exigência é graduação em qualquer área e os ganhos são de R$10.357,88. 

Já para o nível médio, foram pedidas 75 oportunidades para o cargo de agente administrativo. A remuneração é de R$4.022,77. A PRF contrata pelo regime estatutário, que assegura a tão sonhada estabilidade empregatícia.

PEDIDO DE CONCURSO PRF 2019

CARGO VAGAS REMUNERAÇÃO REQUISITOS
Policial 4.360 R$10.357,88 Nível superior em qualquer área, de 18 a 65 anos e CNH
Agente administrativo 75 R$4.022,77 Nível médio completo


Na PRF, o déficit é de mais de 8 mil policiais. O próprio diretor-geral da corporação, Adriano Furtado, já reconheceu a necessidade de novas contratações e disse que pretende ter o efetivo completo até o fim do governo de Jair Bolsonaro. 

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Comentários