Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

4 lições para aumentar a produtividade nos estudos

4 lições para aumentar a produtividade nos estudos

Aumentar a produtividade nos estudos é o desejo de muito aluno. O psicanalista Marcelino Viana explica como melhorar seu rendimento.

Aumentar a produtividade nos estudos é o desejo de muitos alunos, seja para concursos públicos ou mesmo para o vestibular e Enem. Para candidatos que precisam conciliar com outras atividades diárias, qualquer dica para otimizar o tempo é válida.

Estudar para concurso é difícil, mas se você tem um percurso bem definido, consegue tirar de letra. Seguir firme no seu propósito é essencial para isso. 

Psicanalista e psicomotricista relacional, além de coach e professor de concursos, Marcelino Viana fala sobre a dificuldade em criar seu processo. O desafio é manter-se motivado e continuar na rotina com o seu propósito.

Isso envolve todo um preparo emocional e de autoconhecimento. Mas aí é que mora o problema. Muitas pessoas não acreditam que devem, ou que precisam, cuidar de sua saúde emocional. Assim, demoram mais para encontrar o caminho da aprovação.

Marcelino Viana
Marcelino Viana é coach, 
psicanalista e professor

Marcelino conta que iniciou sua vida profissional jovem, em torno dos 19 anos de idade. Enquanto ainda estava na faculdade, começou a lecionar em cursinhos preparatórios. Mas algo ainda o deixava inquieto.

Foi aí que buscou o preparo emocional para desenvolver seu autoconhecimento. Segundo ele, o “autoconhecimento é necessário para todas as pessoas”. É um processo de descobrir que algumas de suas dificuldades podem ser superadas se seguir um propósito consistente.

“Conheci, desenvolvi e trabalhei incansavelmente em mim mesmo e posso te garantir que isso potencializou meus resultados. Tanto naquilo que eu já fazia como também para estudar para concursos”, conta Marcelino.


enlightenedPara você começar, deve seguir esse passo a passo:

Trabalhar o autoconhecimento
Fazer seu panorama pessoal
Negociar com as pessoas
Superar conceitos pré-definidos


Se a sua meta para 2019 é ser aprovado, então você deve ler atentamente as quatro lições com dicas de produtividade nos estudos.

Como fazer o autoconhecimento?

Segundo Marcelino Viana, terapias e atividades de desenvolvimento humano são necessárias para qualquer perfil. Com isso, o autoconhecimento é necessário para todas as pessoas. Como fazer um autoconhecimento

“Pessoas que têm um grande desenvolvimento em suas áreas pessoais e profissionais investem nessa temática. Investem em si mesmas.”

O psicanalista conta que, ao começar esse investimento em sua parte emocional, iniciou também seu caminho nos concursos públicos. E esse trabalho só ajudou no processo.

“Me propus a fazer alguns concursos nesse percurso, e além da parte cognitiva, trabalhei bastante também essa parte emocional. Porque não é fácil manter a disciplina, ainda mais tendo que conciliar estudo e trabalho.”

O que é o autoconhecimento? É você entender a sua visão particular e o que o paralisa nesse percurso, quais são seus medos e ansiedades. Para então, de forma consciente, buscar ferramentas em si mesmo que potencializam o que você tem de bom para superar esses desafios. 

“O autoconhecimento é necessário, fundamental, e você precisa dele para construir o seu percurso.”

Como trabalhar seu panorama pessoal?

Qual é um dos maiores problemas de quem estuda para concursos públicos? Saber se organizar e otimizar seu tempo. Por isso que, para trabalhar efetivamente esse lado, você precisa desenvolver seu panorama de vida.Trabalhando o seu panorama pessoal

Marcelino explica que essa desorganização externa é reflexo de uma desorganização interna. Ou seja, se você não estiver tranquilo e com os objetivos bem traçados, isso vai refletir no seu modo de agir.

Por isso é importante fazer um autoconhecimento e depois traçar seu panorama pessoal. É importante definir bem as suas perspectivas individuais de hoje. E pensar no que você pode fazer da sua rotina diária para potencializar o seu resultado no estudo para concurso.


enlightenedPara definir isso, você pode seguir um pequeno passo a passo:

1. Trace a sua rotina dia a dia.
2. Defina nesse dia a dia os seus horários.
3. Cumpra os horários  com disciplina e foco.
4. É fundamental que tenha um lugar adequado para estudar.
5. Não abra mão dessa sua rotina.


O último item é de suma importância, pois é comum surgirem imprevistos ou mesmo desculpas para mudar essa rotina. Imprevistos acontecem e sua rotina deve ser adaptada a eles. O que não pode acontecer, segundo o psicanalista, é transformar isso em uma desculpa constante. 

“Depois desse processo, suas emoções vão estar mais organizadas, você estará mais satisfeito e com a sensação de dever cumprido.”

Como negociar com as pessoas?

Quem está estudando para concursos ainda precisa aprender a lidar com a pressão e aquelas famosas perguntas: “Mas você só estuda?”, “Quando vai passar em um concurso?”, “É só uma festa, não vai te atrapalhar”, entre tantas outras que acabam vindo de quem está ao seu redor.É preciso negociar com as pessoas

Por isso, depois do panorama pessoal traçado, o que significa organização nos seus estudos, você deve negociar corretamente com as pessoas da sua vida. E não deixar que as expectativas criadas por familiares e amigos acabem atrapalhando seu percurso.

É preciso negociar não só com aqueles ao seu redor, mas também com você mesmo. Se você trabalha no mercado privado ou mesmo já passou em um concurso e está se preparando para um melhor, precisa negociar diariamente consigo.

Essa negociação é importante, principalmente, se você vai estudar em casa. É importante criar um ambiente de estudos, ter o seu espaço, e avisar que você estará focado. Ou poderá ser solicitado diversas vezes, o que acaba atrapalhando o seu rendimento. 

“Você precisa se manter firme”, diz Marcelino, completando: “Tenha organização, estudo, ação e uma boa negociação.”

Como superar conceitos pré-definidos?

Algumas pessoas não entendem porque algumas coisas acontecem para outros e não para si. E, ao fazer uma análise de sua própria produtividade, começa a perceber que não está do jeito que planejou.Enganar-se faz parte

“Há uma tendência muito natural de você se enganar ao longo do percurso. Com o passar do tempo, começa a achar que o problema está vinculado ao externo e não ao interno. Só que sua emoção e sentimento estão refletindo diretamente no seu exterior”, explica Marcelino.

Você não deve criar perspectivas de outras pessoas, achando que conseguiram ser aprovadas por terem tido mais tempo para estudar ou por terem pagado mais por um cursinho mais caro. Esse é o processo de enganar-se.

“Você coloca no outro características que você não tem e acha que, por isso, o outro é aprovado e você não é. Isso começa a diminuir seu foco, sua disciplina e sua produtividade, sem nem perceber muitas vezes.”

Mas, para alívio de todos, Marcelino Viana explica que enganar-se faz parte. Você só não pode deixar que isso o tire dos seus sonhos. 

“Não lance seu foco no outro, lance seu foco em si mesmo.”

É importante se policiar para não ficar se enganando o tempo todo e acabar deixando de fazer aquilo que realmente deveria. É preciso se manter firme no seu propósito para aumentar a produtividade nos estudos e, consequentemente, conseguir a sua aprovação.


Comentários


NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações