Folha Dirigida Entrar Assine

Governo confirma que chamará mil aprovados no concurso PF

Em evento dos 100 dias de governo, o ministro Onyx Lorenzoni confirmou que serão chamados mil aprovados no concurso da Polícia Federal.

Conforme antecipado por FOLHA DIRIGIDA, o Governo Federal anunciou nesta quinta-feira, 11, que chamará mil aprovados no concurso da Polícia Federal, aberto em 2018.

Governo chamará mais aprovados na PF e PRF (Foto: Divulgação/PF)
Governo chamará mais aprovados nos concursos PF e PRF
(Foto: Divulgação/PF) 

O anúncio foi feito pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, durante coletiva em comemoração aos 100 dias de governo.

"Está aí ajustado o aproveitamento de mil novos policiais federais que foram aprovados em concurso público", garantiu o ministro.

• Governo chamará todos os aprovados nos concursos PF e PRF
• Escritório de inteligência de Sérgio Moro deve exigir concursos PF

A informação já havia sido confirmada pelo presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luis Boudens, de forma exclusiva à FOLHA DIRIGIDA.

Com o anúncio, o governo convocará 100% a mais do que o quantitativo de vagas imediatas do concurso.

Segundo integrantes do governo, a convocação dos mil policiais já foi assinada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e está no ministério da Economia para análise do orçamento.

Cabe a Paulo Guedes dar andamento à autorização, que deverá sair no Diário Oficial da União nos próximos dias.

O presidente da Fenapef, Luís Boudens, informou que a Polícia Federal definiu junto ao Governo Federal a chamada de duas turmas de aprovados na Academia Nacional de Polícia, sendo a segunda composta praticamente por excedentes. O representante da federação lutou veemente pela chamada de excedentes da PF.

A federação, junto com a corporação e demais entidades, bem como grupos de aprovados, sabiam da real necessidade. Isso porque o déficit de servidores não seria suprido apenas com as 500 vagas imediatas ofertadas em edital.

• PF quer chamar mil policiais aprovados e pode abrir novo concurso
• Concurso PF: excedentes querem mudanças no edital e convocações
• Concurso PF vai ter mais uma turma de aprovados, sinaliza ADPF

O evento foi realizado no Palácio do Planalto para um balanço das ações governo e pelo cumprimento das 35 metas iniciais. O ministro também falou sobre o lançamento do pacote anticrime.

Sobre a Polícia Rodoviária Federal, segue a expectativa pelo anúncio do aproveitamento de mais aprovados, assim como na PF. Até o momento, não foi feito comunicado sobre a convocação dos aprovados no concurso da PRF.

Já pensou em fazer parte do grupo de desafio da FOLHA DIRIGIDA?

O Especialista fala sobre o tema AO VIVO nesta quinta, 11



Moro anuncia escritório de inteligência na PF

A Polícia Federal terá mais um motivo para realizar um novo concurso público, independentemente da chamada de mil aprovados do concurso do ano passado. 

Isso porque na última terça-feira, 9, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, anunciou o projeto que cria um escritório de inteligência integrado, nos principais pontos de trânsito das fronteiras. O escritório reunirá agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Receita Federal e até das Forças Armadas, além de representantes das polícias locais.

Segundo informações da Agência O Globo, o ministro Sérgio Moro apresentará até o fim do ano o novo projeto, que visa segurar as froteiras. além de fortalecer o combate ao tráfico de entorpecentes e armamentos.

"Se o projeto piloto der certo, vai ser reproduzido em outras fronteiras e poderemos potencializar o uso de recursos nessa área", disse Moro à Agência O Globo, afirmando ainda que o projeto não precisará, necessariamente, passar pelo Congresso, já que a maior parte das medidas estão no âmbito do Executivo.

PF tem mais de 4 mil cargos vagos

Segundo dados obtidos junto a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), a Polícia Federal sofre com a falta 4.330 servidores. Desse total, a maior carência é no cargo de agente, carreira que tem maior demanda.

Confira abaixo o número de cargos vagos e a quantidade de vagas do último concurso:

Carreira Cargos vagos Vagas do edital 2018
Agente 2.425 180
Escrivão 970 80
Delegado 680 150
Perito 130 60
Papiloscopista 125 30


Durante entrevista exclusiva à FOLHA DIRIGIDA, em fevereiro, o vice-presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Luciano Leiro, comentou sobre a chamada de mais aprovados. Na época, ele informou que tratativas junto ao Governo Federal estariam caminhando em passos largos.

A indecisão para confirmar essa medida era quanto à melhor alternativa: se seria chamar mais aprovados do concurso em validade - com a formação de duas turmas com 500 candidatos cada -, ou realizar um novo concurso de imediato.

Acesse o grupo no Telegram

Luciano Leiro disse que a própria Polícia Federal havia garantido, e o governo e o Ministério da Justiça chegaram a um consenso pela convocação dos excedentes para mais uma turma no curso de formação. Além de mais rápida, a solução seria econômica. Isso deve se confirmar com o anúncio nesta quinta-feira, 11.

Mesmo com as tratativas entre o governo e as corporações em estágio avançado, havia o impedimento da aprovação de um orçamento. Como não houve uma previsão de orçamento para este ano, ele explicou que seria preciso um rearranjo orçamentário.

A decisão pela abertura de mais uma turma, e não um concurso de imediato, foi tomada tendo em vista o impacto orçamentário, uma vez que os aprovados já passaram por todo o processo do concurso.

"Essas pessoas já passaram pelo processo e não seria um início de tudo. O que falta é a última fase, que é o curso de formação. Esse é o grande ponto, pois você está otimizando os recursos. Recursos estes financeiros, pois, em vez de se gastar com um novo concurso e todo o procedimento, estaria aproveitando aqueles que já passaram em todas as etapas."

A intenção é abrir uma turma de curso de formação em junho deste ano e a outra no primeiro semestre de 2020. 



Comentários