Folha Dirigida Entrar Assine

Governador autoriza concursos PM, BM, Polícia Civil e Depen-PR

Governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, anunciou nesta quarta, 4, a autorização dos concursos PM, BM, Polícia Civil e Depen-PR.

O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, anunciou na manhã desta quarta-feira, 4, a contratação, por meio de concurso público, para a Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiros e Departamento Penitenciário (Depen-PR). Ao todo, mais de 2.800 vagas estão previstas.

O anúncio ocorreu durante um evento sobre Segurança Pública, no Quartel do Comando-Geral da Polícia Militar, no bairro Rebouças, em Curitiba. De acordo com o governador, existe uma média de aposentadoria, em especial na PM-PR, de 800 policiais todos os anos.

Por isso, é preciso reequilibrar estas saídas com novas contratações. Para a Polícia Militar foram autorizadas 2 mil vagas. Já para o Corpo de Bombeiros são 400 oportunidades autorizadas.

Por fim, a Polícia Civil recebeu o aval para 400 contratações, sendo 300 investigadores, 50 papiloscopistas e 50 delegados.  Segundo a assessoria de imprensa do governo, o edital do concurso PC-PR deve ser publicado ainda nesta quarta, 4.

Além disso, o governador autorizou ainda o novo concurso Depen-PR. Segundo a Agência de Notícias do Paraná, 238 vagas serão abertas no cargo de agente de cadeia, de nível médio. O número está bem abaixo das 1.269 oportunidades anúnciadas por Ratinho Junior, no dia 3 de julho.

Os novos agentes de cadeia serão contratos por meio do Processo Seletivo Simplificado (PSS) e atuarão nas unidades que serão concluídas até o fim deste ano ou até meados de 2020. Eles serão responsáveis pela segurança interna e na condução da rotina dos presos.

 

 

Atualmente, para investigador da Polícia Civil-PR, é preciso ter nível superior em qualquer área. Os ganhos iniciais são de R$5.478,49. Já o delegado da PC-PR tem como pré-requisito o bacharelado em Direito. A remuneração inicial é maior que R$13 mil. Os policiais ainda têm direito a diversos benefícios e gratificações.

O cargo de papiloscopista também exige nível superior. O ingresso ocorre na 5ª classe com ganhos de R$5.752,41, após aprovação no concurso público.

No Depen-PR, o agente de cadeia tem como exigência o nível médio completo e idade mínima de 18 anos. Os ganhos iniciais para o cargo, em 2018, eram de R$3.023,51, somando o salário base de R$1.447,65 mais a Gratificação Intramuros (Graim) no valor de R$1.576,51.

Durante o anúncio, o governador Ratinho Junior ressaltou que segurança pública se faz com inteligência e tecnologia, mas principalmente com presença física e recursos humanos para atender todas as demandas da sociedade.

"Nós estamos cortando em diversas áreas e passamos a investir no que é realmente essencial para melhorar a vida das pessoas. Segurança é prioridade número 1 e para isso precisamos de novos contingentes e equipamentos", afirmou o governador.

Ainda segundo ele, os novos contratados vão reforçar a segurança em pontos estratégicos do Estado. "Acima de tudo, esses concursos públicos vão trazer mais segurança para a população", destacou.

Concursos PM e BM-PR devem ter vagas para soldados

O processo para o novo concurso da Polícia Militar do Paraná tramita há mais de um ano. A previsão inicial era para que o edital fosse autorizado em 2018. Em março deste ano, no entanto, o deputado estadual, Mauro Moraes, antecipou o anúncio do governador.

PM-PR prepara novo concurso (Foto: Secretaria de Segurança do Paraná)
Governador autoriza contratações para os concursos
PM e BM-PR (Foto: Secretaria de Segurança do Paraná)

 

A previsão é que todas as oportunidades sejam para a carreira de soldado. Com o anúncio do governador, o concurso PM-PR deve ter sua banca organizadora escolhida por meio de uma dispensa de licitação.

Como o protocolo para a contratação da organizadora está em andamento, desde março, estima-se que, com a autorização desta quarta-feira, 4, o edital seja publicado em breve, podendo sair ainda nesta quarta. Além da PM-PR, o concurso do Corpo de Bombeiros deverá ser publicado ao mesmo tempo, com vagas para soldados.

A exigência para o cargo é o nível médio completo. O último concurso, para soldados, da PM e dos Bombeiros-PR foi realizado entre 2012 e 2013. Ao todo, foram oferecidas 4.445 vagas para a Polícia e ainda 819 oportunidades para o BM-PR.

A remuneração inicial do cargo de soldado de 2ª Classe é de R$ 1.895,72. Após a conclusão do Curso de Formação e o término do estágio probatório, os ganhos chegam a R$4.180,07, conforme tabela de vencimentos de 2015.

Atualmente, tanto o Corpo de Bombeiros quanto a Polícia Militar-PR realizam concursos com 110 vagas para oficiais. As inscrições seguem abertas até as 17h do dia 10 de setembro, por meio do site do Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (NC/UFPR), banca organizadora.

Estude para concursos em 2019!

Estude para concursos!

Confira como foram os últimos concursos PC-PR

Para escrivão, o último concurso foi aberto em 2018 com oferta de 100 vagas. Já para investigador, escrivão e papiloscopista, a seleção anterior foi realizada em 2009. A Coordenadoria de Processos Seletivos da Universidade Estadual de Londrina (Cops), ficou responsável pela seleção, que contou com 550 vagas.

Os candidatos, na época, foram avaliados por provas objetivas, contendo 50 questões entre: Língua Portuguesa, Economia, Demografia Paranaense, Noções de Informática, Raciocínio Lógico, Estatuto da Polícia Civil, Legislação Específica e Direitos (Penal, Constitucional, Administrativo e Processual Penal).

Além disso, foram aplicadas provas de higidez e aptidão físicas e investigação de conduta. Vale lembrar que todas as etapas do concurso foram realizadas na cidade de Curitiba, no Paraná.

Último concurso Depen-PR ocorreu em 2013

último concurso Depen-PR, para efetivos, ocorreu em 2013. Ao todo, foram oferecidas 423 vagas para o cargo de agente penitenciário, que tem o nível médio como exigência. A remuneração, naquele ano, era de R$3.568,45.

A Cops/UEL também organizou o concurso Depen-PR 2013. Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas, Teste de Aptidão Física (TAF), avaliação psicológica e investigação social, além de curso de formação e avaliação médica.

A primeira etapa contou com 50 questões objetivas entre Matemática, Informática, Atualidades, Língua Portuguesa e Conhecimentos Específicos. A seleção ficou válida até 2 de julho de 2017.

Comentários