Folha Dirigida Entrar Assine

Deborah Cal destaca gatilhos para você alcançar seus resultados nos concursos

A terceira palestra do Coaching Day - Um treinamento intensivo para alcançar seus resultados - foi ministrada pela renomada coach Deborah Cal

A terceira palestra do Coaching Day - Um treinamento intensivo para alavancar seus resultados na FOLHA DIRIGIDA foi ministrada no final da manhã deste sábado (8), pela coach Deborah Cal, que também é advogada, responsável pelo Blog da Concurseira Dedicada, sócia e co-fundadora do Aprimora Coaching, pós-graduada pela Ucam em Direito e Processo do Trabalho, pós-graduanda em Psicologia Positiva e Coaching. Deborah analisa as atitudes de um concurseiro de sucesso e desenvolve as estratégias necessárias para uma boa elaboração de estudo. 
 
 

Dicas para ser um concurseiro de sucesso 

A coach afirma que o concurseiro precisa ter certeza dos motivos pelos quais quer fazer determinado concurso, se está se inscrevendo para um cargo que gosta. Se a resposta for positiva, o candidato precisa focar o máximo possível no concurso e cargo almejados, e não desistir de um concurso para escolher outro por pensar na dificuldade de passar na prova, ou por ter data de início distante. Deve pensar também em sua vocação, por exemplo, não escolhendo um cargo que lide com público, se não gostar de lidar com pessoas. 
 
Leia Mais

Um bom planejamento de estudo

Ainda segundo Deborah, é essencial ter um bom planejamento de estudo, não estudar somente as matérias que sentir vontade, ou pelas quais tem afinidade, em um dia e deixar as outras em segundo plano. "O estudante precisa organizar horários específicos para cada disciplina, para eliminar a sensação de que tem muito o que estudar e não tem tempo suficiente. Um conselho para montar o planejamento é criar uma tabela com seus horários do dia, incluindo os horários reservados para dormir e comer. Assim, estabelece um cronograma com horários livres e equilibra o tempo para estudo das matérias. Verifique sempre as matérias em que tem dificuldade dando enfoque ao mesmo tempo nas matérias que tem maior relevância em seu concurso", aconselha. 
 
Lembre-se que não adianta colocar um horário muito grande de estudo para um matéria, pois este horário não é fixo, mudando de acordo com avanço nos estudos. Veja quantas horas pode e consegue estudar, com equilíbrio e administrando as atividades importantes no dia, selecionando o que está de acordo com a rotina de estudos e o que não está. "O maior e melhor planejamento do mundo é aquele que você cumpre", garante a especialista. "Valem mais três horas estudadas do que dez horas enroladas."
 

Realizar um estudo completo 

Outra dica é fazer um estudo completo pois, depois do planejamento, este é o pior problema. A teoria sozinha não é o suficiente, o estudo de questões ajuda compreender suas limitação e a revisão é o complemento essencial. A coach compara que estudar é como decorar músicas; não se lembra a letra inteira se não houver repetição, assim como ocorre no estudo das questões.
 
Mas deve lembrar que não se acerta tudo de primeira. Deborah comenta que "a hora de acertar é na prova". Então, é normal errar nos estudos. Mas deve-se aprender como não errar novamente e obter sucesso na próxima tentativa. "Não deixe o medo de errar dominá-lo, impedindo de fazer as questões. Faça um plano em que contenha mais dos exercícios em que possui maior dificuldade. Sobre a revisão, só seria aceitável o candidato revisar a mesma quantidade de vezes os conteúdos se soubesse igualmente tudo, mas a realidade não é assim. O ideal seria criar uma tabela e marcar datas para as revisões das disciplinas, pois o estudo é fixado com continuidade. Tenha em mente que não é aprovado aquale que estuda 100% do edital e fica dez horas estudando mesma materia, pois a média de concentração nos estudos é de quatro horas com pausas".
 

Dicas finais de estudo

Assim, as dicas finais são simples: resolva simulados contantes para identificar suas dificuldades para fazer o planejamento. Pegue provas antigas, veja as questões e temas que errou. Você saberá por onde começar os estudos. Se já estudou uma matéria para outro concurso, não é necessário voltar no item 1 do edital. Organize os simulados em seu cronograma, uma vez ao mês, no mínimo. Na primeira vez, para ver o panorama geral. Nos próximos meses, faça as questões de temas em dificuldade. É bom ver o que aprendeu. é indicado fazer o simulado como se fosse a prova oficial apenas quando estiver próximo de chegar à prova, para testar tempo, nervosismo... Assim, você vai adequando seus estudos à sua realidade", concluiu Deborah. 
 

Comentários