Concursos 2020 RJ: confira os editais previstos em todo o estado

Confira os editais de concursos 2020 RJ previstos nas prefeituras do estado e na Administração Estadual.

Na última quarta-feira, 18, a Assembleia Legislativa do Estado (Alerj) aprovou o texto final da Lei Orçamentária Anual (PLOA) do próximo ano. O documento reserva um orçamento para diversos concursos no Estado do Rio de Janeiro, além de confirmar editais já previstos.

Para quem deseja se tornar um servidor público, FOLHA DIRIGIDA preparou um guia com os principais concursos 2020 RJ. São oportunidades para todo o estado, incluindo a capital, mas, principalmente, para a Administração Estadual. Confira!

 enlightenedFOLHA DIRIGIDA realiza o primeiro Palestrão Futuro Servidor - Carreiras da Segurança (Edição RJ)
Saiba mais e inscreva-se!

Concursos 2020 RJ (Foto: Reprodução/Prefeitura Barra do Piraí)
Estado do Rio tem diversos concursos previstos para 2020
(foto: Reprodução/Prefeitura Barra do Piraí)

Estado do Rio tem 13 editais previstos para 2020

Alerj

Em dezembro de 2019, a Assembleia Legislativa do Estado votou a favor da Lei Orçamentária Anual 2020 (PLOA 2020). O documento prevê um novo concurso Alerj em 2020.

De acordo com a PLOA 2020, será reservado um orçamento para a realização de concursos públicos para os cargos do quadro de pessoal da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. A seleção, no entanto, ainda precisará ser autorizada.

Além do orçamento, outra ação que pode favorecer uma nova seleção foi feita pelo Ministério Público neste mês de dezembro. O órgão exige que a Assembleia regularize o seu quadro de servidores. Para isso, a Casa deverá realizar um concurso em 180 dias. Desta forma, um novo edital se confirma aos poucos para 2020.

Degase

Os trâmites para o novo concurso Degase-RJ estão em andamento. Uma comissão organizadora já foi formada e a banca será a Fundação Ceperj. Em novembro, em audiência de conciliação com representantes do sindicato da categoria, procuradores do estado divulgaram a previsão de publicar o edital até janeiro de 2020.

Porém, o presidente do Sind Degase, João Rodrigues, informou que o órgão deve apresentar um cronograma. Por isso, o edital poderá sair em fevereiro. O número de vagas ainda não foi confirmado. Porém, segundo reportagem do jornal O Globo, há um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que prevê mais de 600 oportunidades.

Desse total, estima-se que mais da metade seja para a carreira de agente socioeducativo, que possui um dos maiores déficits. Além disso, no início do ano foram realizados os trâmites para criação de 332 cargos de agente e espera-se que eles sejam preenchidos com o novo concurso. 

A carreira exige o nível médio e tem remuneração inicial de R$2.822,57, valor composto por R$2.572,57 de salário base e R$250 de auxílio-transporte. Os profissionais também têm direito a auxílio-alimentação.

Polícia Civil-RJ

Os interessados no novo concurso Polícia Civil-RJ devem prestar atenção no andamento da seleção. Isso porque houve avanço nos preparativos na segunda-feira, 13, ao chegarem à Divisão de Recrutamento e Seleção.

Tal setor concederá deliberações importantes para escolha da banca organizadora. Como por exemplo, se as participantes têm os requisitos básicos para aplicação das etapas de ingresso.

A Assessoria de Imprensa da corporação informou à FOLHA DIRIGIDA que sete bancas enviaram suas propostas de preço. Os nomes das instituições não foram informados, uma vez que são tratados com o maior sigilo possível.

Serão abertas duas licitações, sendo uma para o cargo de delegado e outra para definir a banca das carreiras de auxiliar de necropsia, técnico de necropsia, inspetor, perito criminal, perito legista e investigador. 

Em novembro, o governador Wilson Witzel autorizou um novo concurso PC-RJ com 864 vagas para sete carreiras. Desse total, 12 oportunidades serão para auxiliar de necropsia (nível fundamental) e 16 para técnico de necropsia (nível médio).

Além disso, haverá 54 vagas para perito legista e 20 para perito criminal (nível superior em áreas específicas), 47 para delegado (nível superior em Direito), 597 para inspetor (nível superior em qualquer área) e 118 para investigador (nível médio). 

PGE-RJ

O novo concurso PGE-RJ está nas previsões orçamentárias do Estado do Rio de Janeiro pelos próximos quatro anos, conforme o Plano Plurianual (PPA) com as diretrizes entre os anos de 2020 a 2023.

Em 2018, a Assessoria de Imprensa da PGE-RJ confirmou à FOLHA DIRIGIDA que os preparativos de um novo concurso para área de apoio foram iniciados. Em seguida, o órgão disse que o edital seria divulgado “o mais rápido possível”. Os demais detalhes não foram revelados.

Fontes ligadas à reportagem afirmam, porém, que as provas do concurso podem ser aplicadas até março de 2020. Em entrevista concedida em maio, o presidente da Associação dos Servidores da Procuradoria (Asproerj), Rodrigo Lélis, destacou que um novo concurso se faz necessário para suprir a carência atual.

A expectativa é que as vagas sejam para técnico processual, cargo de nível médio e salário inicial de R$5.510. Esse é o mesmo valor pago a funções de nível médio técnico, como técnico de sistemas e métodos e técnico contábil. Já no nível superior, são esperadas oportunidades de analista, com ganho inicial de R$6.990.

PMERJ

concurso PMERJ para a área de Saúde deve definir a organizadora já na primeira quinzena de janeiro. A previsão foi passada pela Diretoria-Geral de Saúde da corporação. Caso o planejamento não tenha interferências, a tendência é de que o edital seja divulgado em fevereiro de 2020.

seleção foi autorizada, no dia 16 de dezembro, pelo governador Wilson Witzel. Ao todo, serão oferecidas 67 vagas imediatas, sendo 42 para oficial médico (nível superior) e 25 para técnicos de enfermagem (nível médio/técnico). As remunerações serão de R$6.014,19 e R$3.246,42, respectivamente.

Além do concurso para a Saúde, o governador Wilson Witzel já anunciou um novo concurso para o cargo de soldado da PMERJ. A previsão é que o edital, com 2 mil vagas, seja publicado ainda no primeiro semestre de 2020.

Para concorrer,  será preciso ter concluído o nível médio completo e idade entre 18 e 35 anos (idade máxima foi alterada pela Alerj), até a data da matrícula no curso de formação. Além de altura mínima de 1.60m para mulheres e 1.65m para homens. Ainda é exigida a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Os ganhos oferecidos aos soldados, durante o curso de formação, são de R$2.213,62. Após a formatura, o valor passa para R$3.452,55.

Inicie seus estudos

Rioprevidência

Os preparativos para o concurso Rioprevidência seguem em andamento. A autarquia informou à FOLHA DIRIGIDA, no início de dezembro, que a seleção está em trâmite. O processo ocorre internamente e já foi confirmado, em agosto, pelo presidente Sérgio Aureliano.

Em agosto, o Fundo Único de Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro afirmou que há a determinação para um novo concurso ainda este ano. No entanto, é possível que a seleção seja realizada somente em 2020. Isso porque, nos últimos meses, a autorização oficial não foi concedida.

A autarquia ainda aguarda o aval da Procuradoria Geral do Estado. Segundo o Rioprevidência: 

"Os primeiros passos legais para a liberação do concurso, como o parecer da PGE quanto às regras do Regime de Recuperação Fiscal, estão adiantados".

Segundo o presidente, 50 vagas estão previstas no concurso Rioprevidência. As oportunidades deverão incluir as carreiras de assistente previdenciário, de nível médio, e especialista em previdência social, de nível superior, nos cargos de advogado, economista, atuário e administrativo.

Seeduc-RJ

Plano Plurianual (PPA) para o Estado do Rio de Janeiro prevê ainda um novo concurso Seeduc-RJ. Ao todo, mais de mil psicólogos devem ser contratados para atuação em 2020.

O governador Wilson Witzel e o secretário de Educação, Pedro Fernandes, decidiram que a rede de ensino contará com um profissional da área por escola. Como a Secretaria apresenta 1.222 unidades públicas de ensino, a expectativa é que esse seja o número de vagas abertas.

Além disso, um novo concurso Seeduc-RJ para o magistério segue previsto. A seleção tem edital confirmado até o final deste ano, mas o documento pode ficar para 2020. O prazo inicial foi passado pelo secretário Pedro Fernandes, em setembro, e confirmado à FOLHA DIRIGIDA pela Assessoria de Imprensa da pasta.

De acordo com a Assessoria de Imprensa, o concurso Seeduc-RJ será para professores de todas as disciplinas, conforme as necessidades de cada uma das regionais.

Seap-RJ

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro (Seap-RJ) voltou a fazer contato com a Fundação Ceperj, possível organizadora, para discutir detalhes da seleção que visará o preenchimento inicial de 93 vagas temporárias em cargos das áreas de Apoio e Saúde, todas de nível superior.

De acordo com uma fonte da Seap-RJ, a abertura da seleção ainda depende de algumas questões administrativas, para que ocorra a publicação do edital. Por isso, a expectativa é de que o edital seja divulgado a partir de fevereiro de 2020.

TCE-RJ

O Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) anunciou o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) como organizador do concurso para analista de controle externo. Com a banca escolhida, os preparativos da seleção devem se intensificar.

O concurso pode ter seu edital divulgado ainda este ano. Mas, caso não ocorra, a seleção não deve demorar a ocorrer em 2020. As 40 vagas para analista de controle externo estarão distribuídas pelas seguintes áreas: Ciências Contábeis (nove); Controle Externo (16); Direito (oito); e Tecnologia da Informação (sete).

O cargo tem como pré-requisito nível superior completo na especialidade que deseja concorrer. A exceção é a área de Controle Externo, que aceita graduação em qualquer curso. Além disso, será preciso ter dois anos de prática profissional. A remuneração inicial é de R$13.708,81.

TJ-RJ

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro confirmou com exclusividade à FOLHA DIRIGIDA que a oferta do novo concurso TJ RJ será de 160 vagas. Em resposta, a Assessoria de Imprensa do órgão anunciou que 85 oportunidades serão para técnico judiciário (nível médio) e 75 para analista judiciário (nível superior).

+ Confira a distribuição das vaga do concurso TJ RJ

Questionado sobre um prazo para o edital, o setor disse que o documento está em elaboração pela equipe técnica, sem datas definidas para publicação. 

Por outro lado, o presidente do tribunal, desembargador Claudio de Mello Tavares, adiantou que o edital será divulgado até janeiro. Em entrevista concedida em agosto, ele indicou que as provas do concurso serão realizadas no primeiro semestre de 2020. 

Para cumprir essas previsões, o TJ do Rio agiliza os trâmites internos. O Cebraspe (antigo Cespe/UnB), por exemplo, já foi contratado como banca organizadora. Ele será o responsável por receber as inscrições do concurso e aplicar as etapas de seleção, como provas objetivas. 

Municípios do Rio têm concursos previstos

Fora da capital, prefeituras e órgãos municipais têm concursos previstos para o próximo ano. No mês de dezembro de 2019, por exemplo, a Prefeitura de Teresópolis retomou o processo de escolha da organizadora para o seu novo concurso do magistério.

A seleção contará com 301 vagas, sendo 219 para professor II e 82 para professor I. Haverá ainda cadastro de reserva. Já o salário inicial será de R$1.751,96 e R$2.483,26, respectivamente.

Também com vagas na Educação, a Prefeitura de Nova Iguaçu prepara diversos concursos. Até então, conforme o projeto básico, a seleção contará com 4.381 vagas, sendo 3.565 para a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e 816 para a Secretaria de Educação (Semed). No entanto, este quantitativo será refeito. 

A informação foi passada, com exclusividade, à equipe da FOLHA DIRIGIDA, pela Prefeitura de Nova Iguaçu. De acordo com o município, o processo de escolha da banca foi adiado novamente, no último dia 3 de janeiro, após um pedido da Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo a Prefeitura de Nova Iguaçu, a Semus pede que seja refeito o quantitativo de cargos do concurso. Desta forma, a oferta de vagas pode aumentar ou diminuir. Há ainda mais um concurso para a Guarda Municipal, com 200 vagas.

Além destes, é muito esperado o próximo concurso da Comlurb, que deverá formar um banco com até mil vagas de garis. Para o edital ser publicado, o município do Rio de Janeiro deve sair do limite prudencial de gastos com pessoal. Desta forma, é possível que a seleção ocorra em 2020.

Em entrevista recente à FOLHA DIRIGIDA, o novo presidente da Comlurb, Paulo Mangueira, afirmou que o edital só poderá sair quando o orçamento estiver equilibrado.

"O edital só poderá ser publicado quando a prefeitura resolver a questão do limite prudencial de despesas, quando o orçamento estiver equilibrado e permitir a abertura de concursos. Depois que o novo relatório das contas do município for divulgado, e se houver recursos para isso, poderemos abrir o concurso Comlurb em 2020", disse Mangueira. 

Os garis da Comlurb têm como pré-requisito a conclusão do ensino fundamental até o 5º ano (antiga 4ª série). Com o reajuste de 4,7% anunciado, a remuneração desses profissionais deve subir para R$2.795,02.

Outro órgão com concurso aguardado é o TCM-Rio. O Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (TCM-RIO) confirmou, com exclusividade à reportagem da FOLHA DIRIGIDA, que o concurso para auditor terá uma oferta de 28 vagas. As oportunidades são de nível superior.

Desse total, 23 serão para a função de auditor de controle externo sem especialidade, que exige graduação em qualquer área. As outras cinco oportunidades serão para auditor com especialidade em Tecnologia da Informação.

A remuneração para os auditores do TCM-Rio em início de carreira é de R$15.226,81. No momento, a comissão organizadora trabalha no projeto básico do edital. Com isso, a seleção deverá ocorrer em 2020.

enlightenedConcursos Rio de Janeiro: confira os editais previstos em prefeiturasenlightened

Comentários