Folha Dirigida Entrar Assine

Começou o Coaching Day! Primeira palestra foi sobre Liderança de si mesmo

Foi dada a largada do "Coaching Day - Um treinamento intensivo para alancar seus resultados"! O primeiro a assumir o comando do evento foi o coach Jorge Washington. Na palestra, Jorge fala sobre "Liderança de si mesmo".

Foi dada a largada do "Coaching Day - Um treinamento intensivo para alancar seus resultados"! O primeiro a assumir o comando do evento foi o coach Jorge Washington. Na palestra, Jorge fala sobre "Liderança de si mesmo". Antes de entender o que significa se liderar, é necessário ter em mente o conceito de liderança. Usando exemplos famosos como W. Mitchell, Donald Trump, João Doria e James C. Hunter, o especialista faz com que os presentes pensem sobre como têm feito sua preparação para o concurso público.
 
Lideranca é a "habilidade de influenciar as pessoas a agirem entusiasticamente, visando atingir objetivos comuns, inspirando confiança por meio da força do caráter" (James C. Hunter - Como se tornar um lider servidor). Para Jorge, quando se tem capacidade de influenciar e entusiasmar a pessoa mais importante da vida, essa pessoa é nós mesmos.
 
Primeira palestra do Coaching Day, com Jorge Washington, no auditório da FOLHA DIRIGIDA
 
Jorge é coach de pessoas no Mais Excelência e no Criar-se, e atua em diversas empresas como Petrobras, Porto Seguro, Sonobello e outras. Sua formação é admirável: formado em Letras e com especialização em Gestão de Recursos Humanos, é MBA Executivo em Coaching, pratictioner em PNL e formado nos institutos Provider TC e Net Profit.

"Seja o melhor que você pode ser para ser melhor para o outro!"

A liderança pessoal é associada à consciência. "É para termos um pouco mais de consciência do papel que nossas escolhas têm em nossa vida. É muito mais do que liderar terceiros", conta. É importante cada pessoa saber três coisas: onde quero chegar, quando quero chegar e por que quero chegar.  "Os porquês são importantes porque refletem seus valores pessoais, suas crenças, suas metas, seus objetivos. Tenha clareza."

Pilares básicos e as quatro faces da Janela Johari:

Autoconhecimento, autoresponsabilização e autocriação

O que é ser autônomo? Para o coach, uma pessoa que é autônoma consegue atingir diversos objetivos, pois ele sabe onde quer chegar. "É aquele que faz o que quer da sua vida e chega onde quer chegar", diz.

Autoconhecimento:

"Você é muito mais podereso, rico e capaz do que pode imaginar." O poder de se reinventar é o lema neste pilar. Nas faces da Janela Johari podemos analisar as seguintes características: conhecidas pelo eu, não conhecidas pelo eu, conhecidas pelos outros e não conhecidas pelos outros.
 
Janela Johari
Pelo eu: eu aberto (eu sei e os outros sabem de tal característica pessoal), eu cego (os outros percebem, mas que estão no meu ponto-cego), eu secreto (conhecido por mim, mas não pelos outros; podem ser nossos segredos ou coisas relacionadas às nossas limitações), eu desconhecido (reflexo da riqueza do ser humano, nós não conhecemos e nem os outros conhecem porque ainda não foi manifestado).
 
Esta janela, segundo Jorge, ajuda no processo de autoconhecimento. "É importante ter a capacidade de olhar para dentro de si e se reconhecer, o que te move? Perceba o que você dá valor, o que você valoriza, quais são suas crenças mais fortes, o que é inegociável e seus valores." Diversos instrumentos podem colaborar neste processo, sendo o coach um destes.

Autoresponsabilização:

"A grande maior parte dos resultados que você tem na vida são frutos de decisões insconscientes que você toma." Neste item, Jorge fala sobre a terceirização da culpa e que esse é um dos maiores enganos que podemos cometer contra nós mesmos. "Se voce fizer uma análise fria da sua vida, vai perceber que os resultados passaram pelas suas escolhas, conscientes ou não. Quando você terceriza a culpa, você se priva de sua responsabilidade, mas somente você é responsável por seus atos."

Autocriação:

"Não é o que acontece com você e sim o que você faz com o que acontece, isso é o que importa." - W. Mitchell. Contruir o destino. O especialista diz que só faz isso quem toma consciência de seu poder de fazer e faz. Usando o exemplo de W. Mitchell, contou experiências pessoais e a do próprio Mitchell.
 
Para encerrar, Jorge comenta que ser líder de si mesmo é fazer o que ninguém fará por você. "Só você é responsáel pelos seus resultados. Quer passar no concurso público? Estude, se comprometa, não espere o outro, o ganho é seu e o resultado também."
 
O Coaching Day acontece neste sábado, no Auditório da FOLHA DIRIGIDA, no Rio de Janeiro. Acompanhe a cobertura real aqui, na FOLHA DIRIGIDA Online, e nas nossas redes sociais!

Comentários