Com a Reforma da Previdência, o que muda para o servidor público?

O professor Vinicius Rodrigues detalhou as mudanças com a Reforma da Previdência para os servidores públicos. Confira!

A Reforma da Previdência, promulgada pelo Congresso nesta terça-feira, 12, muda os parâmetros para a aposentadoria no país. O serviço público não saiu ileso a essas transformações.

Mas, quais são as novas regras? O que muda para os servidores? Elas serão aplicadas aos novos aprovados em concursos públicos? FOLHA DIRIGIDA conversou com o professor de Direito, Vinicius Rodrigues, para descobrir essas e outras respostas sobre o assunto.

De acordo com ele, a grande desvantagem para o servidor é o aumento de idade mínima para se aposentar. Em regra geral, para dar entrada na aposentadoria os homens precisam ter, pelo menos, 65 anos. Já as mulheres, 62.

No serviço público, o tempo mínimo de contribuição à Previdência passou para 25 anos. Os profissionais devem contar ainda com 20 anos de serviço, dez na carreira e cinco no mesmo cargo em que o servidor irá se aposentar. As regras para professores e policiais federais e rodoviários são distintas.

ASSINANTES SABEM MAIS SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA PARA SERVIDORES FEDERAIS.
(Você precisa estar logado para conferir)

 

Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários