Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

SEE-SP nomeia mais de 22,8 mil professores

A Secretaria Estadual de Educação de São Paulo (SEE-SP) nomeou nesta terça-feira, dia 3, mais de 22,8 mil professores de educação básica II (PEB II), aprovados no concurso realizado no ano passado. A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado.

A Secretaria Estadual de Educação de São Paulo (SEE-SP) nomeou nesta terça-feira, dia 3, mais de 22,8 mil professores de educação básica II (PEB II), aprovados no concurso realizado no ano passado. A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado.
 
No total, o concurso oferta 59 mil vagas. Com o novo anúncio, já são cerca de 38 mil professores nomeados desde o início deste ano. A primeira chamada foi feita em janeiro, com 15 mil docentes. A rede estadual paulista é a maior do País, com 5 mil escolas, e atende 4 milhões de alunos.
 
Atualmente, o salário de um professor que leciona para classes de anos finais do ensino fundamental e do ensino médio, com jornada de 40 horas semanais, é de R$2.257,84, podendo chegar a R$6.390,78 de acordo com a evolução funcional. A partir de julho, porém, todos os 400 mil professores e servidores da rede estadual de ensino, ativos e aposentados, receberão um novo aumento de 7%. Com isso, um educador que leciona do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e no ensino médio terá a remuneração reajustada para R$2.415,89.
 
Perícias
Juntamente com a nomeação, a SEE-SP também anunciou mudanças no processo de perícias. A novidade é que os professores poderão agendar a data através da internet, por meio de um novo sistema informatizado do Departamento de Perícias Médicas do Estado (DPME).
Para o processo, o docente deve enviar duas fotos 3x4 e o RG original com fotografia recente. Além disso, são exigidos alguns exames médicos. O agendamento deve ser feito em até 10 dias úteis após a nomeação.
 
 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações