Concurso DPE-RJ: divulgado o resultado definitivo da prova objetiva

Fundação Getulio Vargas divulga o resultado definitivo da prova objetiva do concurso DPE-RJ.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgou na noite de terça-feira, 28, o resultado definitivo das provas objetivas do concurso para a Defensoria Pública do Rio de Janeiro (DPE-RJ). Os candidatos que entraram com recursos contra as notas preliminares podem consultar as respostas no site da banca. 

Os exames de múltipla escolha da DPE-RJ foram aplicados em abril para mais de 43 mil pessoas. Os candidatos a técnico médio da defensoria tiveram quatro horas para responder a 70 questões de Conhecimentos Gerais e Específicos.

Para ser aprovado, é necessário ter acertado ao menos 40% em cada uma das partes. O concurseiro também não deve ter zerado nenhuma das disciplinas. 

Já os que concorrem a cargos de nível superior tiveram quatro horas e meia de aplicação. Foram cobradas 80 questões no exame de técnico superior especializado e 90 no de técnico superior jurídico. 

No primeiro cargo, a aprovação exige 40% de acertos em Conhecimentos Específicos e 50% no total de questões. Para técnico jurídico é preciso 40% das questões de Conhecimentos Básicos e 40% de Conhecimentos Específicos. Em ambos os casos não se pode zerar nenhuma das disciplinas. 

Fui reprovado no concurso que fiz. E agora?
Lembre nota de corte da DPE-RJ do último concurso

Sala de prova (Foto: Reprodução)
Provas do concurso DPE-RJ foram aplicadas em abril
(Foto: Reprodução)

Mais de 43 mil pessoas fizeram a prova da DPE-RJ

O concurso DPE-RJ registrou mais de 54 mil inscrições homologadas. No entanto, apenas 43.032 realizaram as provas objetivas, foram 11.842 faltosos, o que representa um índice de abstenção de 21,58%. As informações foram transmitidas à FOLHA DIRIGIDA pela FGV.

Candidatos do concurso DPE-RJ contam como foi a prova de técnico

A oferta é de 27 vagas divididas pelos cargos de técnico médio, técnico superior jurídico e superior especializado. As vagas estão distribuídas entre 12 regiões de lotação. A maior parte das inscrições, mais de 30 mil, foram para o município do Rio de Janeiro. 

Cargo Requisito Nº de vagas
Técnico médio Nível médio 12 + CR
Técnico superior Jurídico Nível superior em Direito 12 + CR
Técnico superior especializado Nível superior em várias áreas três + CR

 

A remuneração para nível médio é de R$4.093,47. Já para o nível superior é de R$4.836,47. Os valores já contam com o auxílio-alimentação de R$535 e o auxílio-transporte de R$352. O regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade ao servidor.

Você sabe quais são as diferenças entre os regimes estatutário e celetista? 

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Comentários