Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Confira dicas de Português para a prova do concurso Detran-SP

Confira dicas de Português para a prova do concurso Detran-SP

A professora Tatiane Felix, da Central de Concursos passou algumas recomendações de Português para os candidatos do concurso Detran-SP.

O edital do concurso para o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) foi publicado no último sábado, dia 30. Os interessados devem intensificar ainda mais sua preparação para as provas objetivas, marcadas para o dia 7 de julho. 

Por isso, FOLHA DIRIGIDA, com a ajuda da professora Tatiane Felix, da Central de Concursos, separou algumas dicas importantes para a disciplina de Português. Confira!

Tatiane explicou que não há diferença entre as matérias cobradas para os cargos de agente e oficial, que exigem os níveis superior e médio, respectivamente. Os editais estão iguais, mas a forma de cobrança pode diferenciar um pouco.

A prova de nível médio — destinada aos candidatos para o cargo de oficial —, por exemplo, terá 20 questões. Segundo a professora, ao menos 15 delas devem abordar muitos conteúdos gramaticais.

“As provas de nível superior da FCC costumam apresentar textos com temas mais complexos e  com um vocabulário mais formal, o que pode trazer certa dificuldade na interpretação”, alertou. 

Nesse caso a principal dica da professora é conhecer as nomenclaturas usadas nos enunciados. Além disso, Tatiane considera que estudar por meio de questões de provas anteriores é a melhor estratégia.

“A FCC é bem criteriosa, mas é clara em suas solicitações, ou seja, se o enunciado exigir a análise da concordância (combinação de gênero e número), não é necessário que o candidato se preocupe com outro tema, como crase. Cada enunciado direciona para um raciocínio específico”, orientou.

A professora separou, ainda, quais tópicos não devem ficar de fora na hora dos estudos:

  • Pronomes - principalmente os de tratamento e os relativos;
  • Concordância verbal e nominal - combinação de gênero e número entre os termos;
  • Regência verbal e nominal - análise da complementação dos termos e a necessidade de preposição; 
  • Crase.

 Concurso Detran-SP: professor faz análise do programa do edital

Professora destaca que a maior dificuldade dos candidatos é a objetividade

Tatiane chamou atenção para o fato de que muitos concorrentes querem aplicar todos os conhecimentos ao mesmo tempo em uma única questão. No entanto, a professora da Central de Concursos explicou que cada enunciado direciona para um tema específico e conhecê-lo faz com que o candidato resolva as questões mais facilmente.

“Ratifico que o melhor é estudar por meio de resolução de provas anteriores para que o candidato se acostume com o estilo FCC.”

A professora afirmou que mesmo com pouco tempo é possível se preparar bem para o concurso. Para quem está começando a estudar agora, a orientação é organizar os materiais de estudo a partir dos temas expostos no edital. 

Segundo Tatiane, uma boa estratégia a ser adotada pelo concurseiro é ler uma gramática e tentar assistir aulas dos conteúdos exigidos. “Não adianta estudar a Língua Portuguesa aleatoriamente. Ler, assistir aulas, fazer resumos e resolver questões de provas anteriores é o conjunto de ações que levará à aprovação”, recomendou.

As palavras de ordem para quem quer garantir a aprovação no concurso Detran-SP são: dedicação e organização. Pensando nisso, a professora Tatiane Felix resumiu em um 4 passos dicas práticas de estudo:

  1. É importante que os temas principais - pronomes, concordância, regência, crase - estejam bem internalizados e a melhor forma de se fazer isso é resolvendo questões;
  2. Vale ainda lembrar que haverá produção de redação, então é bom estar atento à atualidade, às notícias, aos temas sociais porque eles podem servir de base para a argumentação;
  3. Leiam muito! Leiam as teorias das matérias exigidas, mas também dediquem um tempo aos jornais e às revistas. Além de adquirir mais repertório para escrever, há a possibilidade de se reforçar os tópicos gramaticais lendo;
  4. Sigam o roteiro: leitura, resumo, resolução de questões e revisão. Essa é a chave para o sucesso.

Prepare-se para o concurso Detran-SP

Curso preparatório Detran-SP

Prova objetiva do concurso Detran-SP será composta por mais cinco disciplinas

Além das questões de Português, a prova objetiva do concurso, que terá 60 questões, trará itens de outras disciplinas.  Veja como será composta a avaliação:

Agente de trânsito

  • Conhecimentos Gerais: Língua Portuguesa (oito), Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático (três), Noções de informática (três), Direito Constitucional (três) e Direito Administrativo (três);
  • Conhecimentos Específicos: Código de Trânsito Brasileiro completo (25) e Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (15)

Oficial de trânsito

  • Conhecimentos Gerais: Língua Portuguesa (20), Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático (cinco), Noções de informática (cinco), Direito Constitucional (cinco) e Direito Administrativo (cinco);
  • Conhecimentos Específicos:  Código de Trânsito Brasileiro completo (12) e Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (oito)

As provas serão realizadas no dia 7 de julho, em dois turnos. Pela manhã serão aplicados os exames para o cargo de oficial e à tarde para agente.

Os exames serão realizados nas 19 cidades-sedes. São elas: Araçatuba; Araraquara; Barretos; Bauru; Botucatu; Campinas; Fernandópolis; Franca; Itapeva; Marília; Mogi Guaçu; Presidente Prudente; Registro; Ribeirão Preto; Santos; São José do Rio Preto; São José dos Campos; São Paulo e Sorocaba.

No mesmo dia da prova objetiva os candidatos farão uma prova de Redação. Serão corrigidas apenas as avaliações dos aprovados na prova objetiva. Serão aprovados os que obtiverem nota igual ou superior a seis e não zerarem nenhuma disciplina.

Fachada Detran-SP
Inscrições para o concurso iniciam no próximo dia 5 (Foto: Governo de São Paulo)

Concurso oferta 400 vagas para níveis médio e superior

A oferta do concurso Detran-SP é de 400 vagas, sendo 200 para agente estadual de trânsito I (nível superior em qualquer área) e 200 para oficial estadual de trânsito I (nível médio).  Para concorrer às vagas de agente é preciso, ainda, carteira de habilitação na categoria B.

A remuneração inicial de agente é de R$4.657, 50, podendo chegar a R$8.488,29 em final de carreira. Já para oficial o salário inicial é de R$1.853, chegando a R$3.395,32, na categoria oficial III.

O Detran de São Paulo é formado por 20 superintendências regionais. Cada uma tem sua cidade-sede. No momento da inscrição os concorrentes ao cargo de agente poderão escolher a superintendência onde pretendem atuar, conforme a lista de cidades indicadas. A cidade de atuação será definida por ordem de classificação no concurso.

Já os candidatos aos cargos de oficial poderão se inscrever para apenas uma região. A lista de cidades nas quais poderão alocados está disponível, com seus respectivos quantitativos, no edital do concurso. 

Os interessados no concurso poderão se inscrever a partir das 10 horas do dia 5 de abril até as 14h do dia 6 de maio para se inscrever, no site da Fundação Carlos Chagas (FCC). As taxas de inscrição custam R$45 para oficial e R$75 para agente.

Doadores de sangue poderão solicitar a isenção total do valor. Já estudantes ou pessoas de baixa renda poderão solicitar a redução em 50%. Os pedidos deverão ser feitos entre os dias 5 e 9 de abril, também no site da FCC.

Como planejar estudos para concurso? 




Comentários