Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso Detran-SP: professor faz análise do programa do edital

Concurso Detran-SP: professor faz análise do programa do edital

Professor Lucas Andrade, do Monster Concursos, faz análise do programa do edital do concurso Detran-SP, que oferta 400 vagas.

Três meses é o tempo que os candidatos do concurso Detran-SP - Departamento de Trânsito de São Paulo - têm para se preparar para as provas objetivas e discursivas. Os exames estão marcados para o dia 7 de julho, com aplicação em 19 cidades.

Professor Lucas Andrade (Foto: Divulgação)
Lucas Andrade é professor e mentor para concursos públicos
(Foto: Divulgação)

Para ajudar os interessados, FOLHA DIRIGIDA conversou com Lucas Andrade, professor e mentor no Monster Concursos.

Ele faz uma análise de programa do edital e do perfil de prova da Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora. 

Aberta no último domingo, 30, a seleção do Dentran-SP oferta 400 vagas, sendo 200 de nível médio e 200 de nível superior.

As oportunidades são para os cargos de oficial (R$1.853) e agente (R$4.657, 50), respectivamente. 

As inscrições começarão às 10h do dia 5 de abril e vão até as 14h do dia 6 de maio, no site da FCC. As taxas custarão R$45 para oficial, de nível médio, e R$75 para agente, de nível superior.

Saiba mais sobre o concurso Detran-SP 

 

Acesse curso preparatório!

Curso preparatório

Professor comenta surpresas do edital Detran-SP

Aqueles que já vinham se preparando para o concurso Detran-SP têm a vantagem de acumular mais conhecimento. No entanto, já que a principal base de estudos era o edital anterior, de 2013, é preciso estar atento a algumas mudanças, como alerta o professor Lucas Andrade. 

As surpresas incluem os programas dos dois cargos, que passaram por alterações. Também mudou a distribuição e peso das questões na nota final e foi acrescentada a prova discursiva (redação) para ambos os cargos.

Outro ponto destacado pelo professor é que o último concurso foi organizado pela Fundação Vunesp. Por isso, os candidatos devem ficar atentos e buscar conhecer o perfil da FCC. 

“É uma banca tradicional, com provas de bom nível e com algumas peculiaridades que devem ser levadas em consideração.”

Confira análise do perfil da FCC no final desta matéria

Apesar das mudanças que merecem atenção especial, muitas disciplinas permanecem iguais, de acordo com Lucas Andrade. Por isso, tem vantagem quem já vinha acumulando conhecimento. 

 

Como estudar com as mudanças do edital

Curso preparatório Detran-SPO que mudou no programa do edital Detran-SP pode ser inserido aos poucos na rotina de estudos, de acordo com o planejamento de cada candidato. No entanto, é importante considerar a relevância de cada tópico na pontuação: o que tem mais peso precisa ser priorizado.

“Lembrando sempre que o equilíbrio no estudo das disciplinas é essencial na preparação.”

Uma dica importante do professor é não deixar de praticar a escrita da redação. Essa etapa, ele lembra, tem um peso considerável na pontuação final. Além disso, é uma das novidades do edital Detran-SP de 2019. 

Para organizar todas essas informações e ter uma rotina de preparação eficiente, Andrade indica o ciclo de estudos difundido por Alexandre Meirelles, fiscal do ICM-SP. O método, de acordo com ele, permite flexibilidade e controle efetivo das matérias estudadas dentro de metas diárias.

Como estudar depois que o edital do concurso é publicado

Quais tópicos priorizar para o concurso Detran-SP

Para o cargo de agente estadual de trânsito (nível superior), os candidatos devem priorizar o estudo de Conhecimentos Específicos, que possui peso três. O enfoque maior, de acordo com o professor, deve estar nas legislações de trânsito:

  • Código de Trânsito Brasileiro
  • Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito, somente as previstas no edital

Nessa parte, a “lei seca” (itens legais na íntegra) deve prevalecer.

No caso do cargo de oficial estadual de trânsito (nível médio) os candidatos devem, da mesma maneira, dar ênfase ao conteúdo específico. Porém, é preciso um cuidado maior nas disciplinas básicas, que têm mais questões se comparadas às que vieram para o cargo de agente. 

O professor salienta também que a redação será um critério de grande importância para deixar o candidato bem classificado na listagem final. Por isso, não pode ser negligenciada, assim como as matérias básicas.

Dúvidas sobre Redação?
Redação para concurso? Veja dicas para tirar uma boa nota!

Dentre os tópicos do programa do edital, o professor Lucas conta que os candidatos costumam apresentar mais dificuldades em disciplinas como Português e Matemática/Raciocínio Lógico, por exemplo. 

Muitos subestimam as matérias, já que elas possuem peso menor (um) no concurso Detran-SP. É bem verdade que as disciplinas de maior peso precisam de atenção, mas as outras podem ser um diferencial para a aprovação. 

Para superar essas dificuldades, o professor aconselha aos candidatos que se preparem resolvendo muitas questões da FCC nas duas matérias. De acordo com ele, é uma banca um tanto quanto previsível nas disciplinas, adotando um padrão recorrente nas avaliações que realiza.

Provas Discursivas: dicas para a banca FCC

Confira análise do perfil da banca FCC

A banca do concurso Detran-SP, de acordo com Lucas Andrade, tem um perfil peculiar de cobrança. Costuma ter certa previsibilidade dos itens que aparecem nas provas, mas faz questões inteligentes, com grandes enunciados e utiliza uma linguagem diferenciada.

Por isso, é fundamental resolver muitos exercícios para entender a linha de pensamento da organizadora. “Nada melhor que uma boa bateria de questões para ajudar”, garante.

Além das provas do concurso anterior, outros exames da FCC para cargos de níveis médio e superior dos últimos três anos podem ser utilizados, como por exemplo: TRT da 15ª Região (Cargo de Técnico Judiciário - Área de Segurança) 2018 e concurso do Detran-MA 2018, dentre outras provas da banca.

Apesar do programa extenso, na visão do professor, os conteúdos não costumam ser muito abrangentes nos exames. A FCC, em geral, aborda alguns assuntos em cada uma das disciplinas. E é possível selecionar quais são os que têm maior chance de aparecer no dia da prova. Confira:

Nas matérias de Direito, por exemplo, a FCC exige bastante o texto legal, com a cobrança de algumas súmulas e posicionamentos. Um bom material didático, como do Monster Concurso, pode ajudar. 

Em Português é muito cobrada a parte de verbos, interpretação de texto e sintaxe. Quanto a Matemática e Raciocínio Lógico possui exercícios “padrões”. “Sabendo quais são você cria uma receita de bolo para resolvê-los.”

Na parte de Informática, Lucas conta que a FCC prioriza atalhos, segurança da informação, suítes de aplicativos e navegação na internet. 

Conhecimentos Específicos são um diferencial. “Por isso tenha cuidado aqui com a FCC, ela pode exigir muita memorização das exceções.” Já redação será na base do treino, ela preza pela estruturação e consistência nos argumentos.


Comentários