Concurso Degase-RJ está previsto no Plano Plurianual do Rio

Concurso Degase está previsto no projeto do Plano Plurianual (PPA) para o Rio de Janeiro de 2020 a 2023.

Na terça-feira, 17, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro aprovou o projeto do Plano Plurianual (PPA) para o Rio de Janeiro de 2020 a 2023, que é mais um indicativo favorável à realização do concurso Degase. 

Acontece que o texto, que define as diretrizes orçamentárias para o Estado nos próximos quatro anos, prevê orçamento para a próxima seleção do Departamento Geral de Ações Socioeducativas do Rio. 

O PPA também prevê outros concursos estaduais, como TCE-RJ, Polícia Civil, Seeduc, Faetec e outros. Para entrar em vigor ainda precisa ser sancionado pelo governador Wilson Witzel. 

A aprovação do projeto em si não significa a confirmação da abertura do concurso. Porém, se os editais foram autorizados pelo governo estadual, já possuem a verba prevista e podem ocorrer até o ano de 2023. 

No caso do Degase os futuros candidatos não precisarão esperar tanto tempo. Os preparativos estão avançados e o edital está previsto para ser publicado no início do próximo ano

Assine a Folha Dirigida e turbine os estudos

Concurso Degase pode sair até fevereiro de 2020

Os trâmites preparativos para o concurso Degase estão em andamento. Uma comissão organizadora já foi formada e banca será a Fundação Ceperj. 

Em novembro, em audiência de conciliação com representantes do sindicato da categoria (Sind Degase), procuradores do Estado divulgaram a previsão de publicar o edital até janeiro de 2020.

Porém, o presidente do sindicato, João Rodrigues, informou que o órgão deve apresentar um cronograma no próximo dia 14, em audiência na presidência do TJ-RJ. Por isso, o edital poderá sair em fevereiro. 

(Foto: Reprodução/ PGE-RJ)
Concurso Degase deverá ter vagas nos níveis médio e superior
(Foto: Reprodução/ PGE-RJ)

O número de vagas que serão concorridas ainda não foi confirmado pela instituições. Porém, segundo reportagem do jornal O Globo, há um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que prevê a oferta de mais de 600 vagas. 

Dessas, estima-se que mais da metade seja para a carreira de agente socioeducativo, que possui um dos maiores déficits. Além disso, no início do ano foram realizados os trâmites para criação de 332 cargos de agente e espera-se que elas sejam preenchidos com o novo concurso. 

A carreira exige o nível médio e tem remuneração inicial de R$2.822,57, valor composto por R$2.572,57 de salário base e R$250 de auxílio-transporte. Os profissionais também têm direito a auxílio-alimentação.

Outros cargos ainda não foram confirmados. No concurso anterior anterior foram contemplados cargos como agente administrativo (nível médio), técnico de segurança do trabalho, técnico em enfermagem, assistente social, pedagogo, contador e outros.

Inicialmente, as vagas do novo concurso Degase seriam para lotação na cidade do Rio de Janeiro. Porém, há possibilidade de outras unidades serem contempladas, devido ao anúncio de novas instalações. 

Concurso Degase-RJ: abertura de novas unidades vai exigir pessoal

Último concurso Degase foi há oito anos

Publicado em 2011, o edital do último concurso do Degase foi aberto em 2011 e ofereceu 500 vagas efetivas distribuídas entre cargos de níveis médio, médio/técnico e superior. A organizadora também foi Fundação Ceperj. 

Das oportunidades, 337 eram de nível médio, sendo 13 para agentes administrativos e 324 para agentes socioeducativos (16 feminino e 308 masculino). Outra 33 vagas contemplaram cargos de nível técnico e superior.

Concurso Degase-RJ: saiba como foram as provas da seleção anterior

Os vencimentos iniciais, na época, eram de R$2.091,22 para os níveis médio e médio/técnico, R$2.420 para musicoterapeuta e R$2.555,94 para os demais cargos de nível superior. 

As lotações foram distribuídas por unidades do departamento nos municípios Araruama, Campos dos Goytacazes, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Rio de Janeiro (capital), São Gonçalo e Volta Redonda.

No exame de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, os candidatos tiveram quatro horas para responder a 50 ou 40 questões abrangendo Português, Raciocínio Lógico, Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos.

Comentários