Versão nova do site ativada

Concurso DPDF para analista tem comissão organizadora formada

Foi formada nesta segunda-feira, 27, a comissão organizadora do novo concurso DPDF, que conta com 60 vagas autorizadas para analista.

27/01/2020 10:40 | Atualizado: 27/01/2020 13:19

27/01/2020 10:40 | Atualizado: 27/01/2020 13:19

A Defensoria Pública do Distrito Federal formou a comissão organizadora do seu novo concurso DPDF. A portaria, com o nome dos integrantes, foi publicada nesta segunda-feira, 27, no Diário Oficial do DF.

De acordo com a portaria, a comissão ficará responsável pela organização e fiscalização do concurso para provimento de vagas para o cargo de analista de apoio à Assistência Judiciária. O cargo tem o nível superior como exigência. 

A comissão é formada por defensores públicos e analistas, sendo eles: Guilherme Lúcia de Moraes (presidente); Gabriel Morgado da Fonseca; e Luís Henrique Neves Gonzaga Marques (membros).

Com a comissão formada, o próximo passo será a elaboração do projeto básico do edital e a contratação da banca organizadora. Somente com o contrato assinado entre a empresa e a Defensoria Pública do Distrito Federal é que o edital do concurso DPDF poderá ser publicado.

Concurso DPDF para analista está autorizado (Foto: Ascom)
Formada a comissão do novo concurso DPDF para analista
(Foto: Ascom)

Concurso DPDF terá 60 vagas mais cadastro

A comissão organizadora do novo concurso DPDF foi formada apenas três dias após o aval para a seleção. A autorização foi publicada no último dia 21 e a portaria desta segunda, 27, data do último dia 24.

Conforme o documento publicado no último dia 21, a Defensoria Pública do Distrito Federal tem

60 vagas autorizadas para a área de Apoio, no cargo de analista, que exige o nível superior em Direito.

De acordo com o último edital, a remuneração é de R$5.241,22, composta pelo vencimento de R$4.641,22 mais R$600 de gratificação judiciária. Além disso, o concurso DPDF para o cargo de analista está previsto no Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020 do Distrito Federal.

Último concurso para analista ocorreu em 2014

Organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), o último concurso da Defensoria Pública do Distrito Federal, com vagas para analista, foi realizado em 2014. O edital foi publicado em janeiro e homologado em julho daquele ano.

Naquela época, também foram oferecidas 60 oportunidades, sendo 15 para provimento imediato e 45 para a formação de um cadastro de reserva. Cabe lembrar que a autorização do novo concurso não distribui o quantitativo de 60 vagas entre imediatas e reserva, apenas informa que será formado um cadastro.

Prepare-se para concursos

No último concurso, todas as etapas foram realizadas no Distrito Federal. Os candidatos foram selecionados por meio de provas objetiva e discursiva, sendo a primeira composta por 80 questões.

Dessas 80 perguntas, dez foram de Língua Portuguesa, quatro para Organização e Princípios Institucionais da Defensoria Pública do Distrito Federal e as demais distribuídas por várias modalidades do Direito, sendo eles:

  • Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Direito Civil;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito do Consumidor; e
  • Direito da Criança e do Adolescente.

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!

Sobre o concurso

Novo

Defensoria Pública-DF - 2020 - analista

DF
Até R$5241,22
Fund...
60 vagas