Concurso DP-DF: divulgado gabarito preliminar das provas objetivas

O gabarito preliminar das provas objetivas do concurso DP-DF foi publicado, nesta quarta-feira, 10, pelo site do Cebraspe.

A organização do concurso para defensor público do Distrito Federal publicou na quarta-feira, 10, os gabaritos das provas objetivas. As respostas preliminares estão disponíveis para consulta pelo site do Cebraspe, banca organizadora.

Mais de 10 mil candidatos a ingresso na Defensoria Pública do DF foram convocados para as provas, aplicadas no domingo, 10. O órgão e a banca ainda não informaram o número de faltosos na avaliação.

Quem for contra as respostas publicadas pela organizadora do concurso poderá recorrer. Para isso, será necessário preencher formulário específico entre os dias 11 e 24 de julho, pelo portal do Cebraspe.

De acordo com o edital, os recursos serão analisados e, em caso de anulação das questões, haverá ajuste na pontuação dos candidatos. O resultado provisório das provas objetivas do concurso DP-DF será divulgado em 12 de agosto.

DP-DF realiza concurso com vagas para defensor público 
(Foto: Divulgação)

 

A primeira etapa da seleção, de caráter eliminatório e classificatório, foi composta por 200 questões objetivas. As perguntas foram distribuídas entre as seguintes disciplinas:

  • Direito Administrativo;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Civil;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Penal e Criminologia;
  • Direito Processual Penal;
  • Direito da Criança e do Adolescente;
  • Direito do Consumidor;
  • Direitos Difusos e Coletivos;
  • Direito Empresarial;
  • Direitos Humanos;
  • História, Organização, Princípios e Normas Institucionais da Defensoria Pública e da Defensoria Pública do Distrito Federal;
  • Filosofia Jurídica;
  • Sociologia Jurídica;
  • Conhecimentos sobre o Distrito Federal.

Concurso DP-DF terá provas discursivas em setembro

Os classificados na objetiva ainda serão submetidos a provas discursivas, cuja aplicação está marcada para os dias 14 e 15 de setembro, com cinco horas de duração cada.

Na primeira data, serão cobradas disciplinas de Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direitos Humanos, Direito Penal e Direito Processual Penal.

Já no segundo dia, o exame trará itens de Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direitos Humanos, Direito Penal e Direito Processual Penal.

A avaliação contará com uma peça processual e quatro questões, cobradas conforme as disciplinas.

Os aprovados terão ainda uma prova oral, na qual a data não foi definida. O exame será dividido em três grupos distintos, com cada um valendo 20,00 pontos, sendo eles:

Grupo I: Direito Administrativo, Direito Constitucional e Direitos Difusos e Coletivos;
Grupo II: Direito Civil, Direito Processual Civil e Direito do Consumidor; e
Grupo III: Direito Penal, Direito Processual Penal e Direitos Humanos

A seleção contará ainda com prova de títulos, de caráter classificatório. O concurso tem oferta de 12 vagas de defensor, cuja remuneração inicial é de R$24.668,75. Para se inscrever foi necessário ter nível superior em Direito, registro na Ordem dos Advogados do Brasil e, pelo menos, dois anos de prática forense.

Saiba o que fazer no período pós-prova do concurso: 

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Comentários