Folha Dirigida Entrar Assine

Dataprev: reunião para tratar de suspeita de irregularidade

Cetro ainda não se posicionou a respeito do ocorrido. Segundo a denúncia de candidatos, pacote com cadernos de questões chegou à sala com o lacre violado. Caso foi registrado na Polícia Federal.

Uma semana e meia após candidatos denunciarem suspeita de irregularidade após a aplicação das provas do concurso da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev), em Belém, a Cetro (organizadora) ainda não se posicionou a respeito do ocorrido. Segundo a denúncia, o pacote com os cadernos de questões chegou à sala com o lacre violado.
 
Reportagem do site Diário Online apontou que a denúncia foi feita por candidatos que fariam a prova na escola Paulo Maranhão, no bairro do Guamá. Ainda segundo a reportagem, além de não assinarem o termo de comprovação da não violação do lacre, os candidatos registraram a ocorrência na Polícia Federal. No último dia 22, a Dataprev informou ter cobrado da Cetro as informações acerca do ocorrido.
 

Organizadora informará eventuais providências

 


Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários