Sai edital do concurso CRT SP com 108 vagas. Até R$5,7 mil

Saiu o edital do concurso CRT SP, com 108 vagas em cargos dos níveis médio, técnico e superior. Ganhos chegam a R$5,7 mil mais benefícios.

Saiu o edital do novo concurso CRT-SP. Como antecipado por FOLHA DIRIGIDA, o documento foi publicado nesta segunda-feira, 23, com oportunidades para cargos dos níveis médio, técnico e superior. Ao todo, são oferecidas 108 vagas, sendo 25 imediatas e 83 em cadastro de reserva. 

Quem tem o nível médio conta com 38 vagas, sendo 28 em cadastro e dez imediatas, no cargo de técnico administrativo. Neste caso, os aprovados receberão um salário de R$2.700 mais benefícios. 

Para o nível médio técnico há 38 oportunidades, sendo dez imediatas e 28 em cadastro de reserva, no cargo de fiscal. Para concorrer, é preciso ter curso profissionalizante em Técnico Industrial e carteira de habilitação tipo "B". Os aprovados receberão um salário de R$3.700 mais benefícios.

Já para o nível superior são 32 vagas nas funções de: advogado (uma imediata e quatro CR), analista administrativo (cinco imediatas e 17 CR) e contador (uma imediata e quatro CR). 

No caso do advogado, o candidato precisa ter curso em Direito e registro na OAB. Os ganhos para a carreira são de R$5.748,10. Para o posto de contador, será preciso ter graduação e registro no conselho da área. Por fim, o analista requer apenas nível superior em qualquer área. Nos últimos dois casos, os ganhos são de R$4.200. 

Confira o edital do concurso CRT SP

Acesse o edital

 

Todos os contratados irão atuar com uma jornada de 40 horas, em São Paulo, na sede administrativa do Conselho Regional dos Técnicos Industriais da 4ª Região. Os aprovados terão direito ao vale-transporte e aos seguintes benefícios: vale-refeição, no valor de R$726, e plano de cargos e salários.

Inscrições ficam abertas por 78 dias

As inscrições para o concurso CRT-SP foram abertas nesta segunda-feira, 23, por meio do Instituto Quadrix, banca organizadora. Os interessados poderão se inscrever até as 23h59 do dia 8 de junho, mediante o pagamento da taxa até o dia 9 do mesmo mês.

  • R$54 (médio e técnico);
  • R$64 (superior).

 

Candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e membros de família de baixa renda ou doadores de medula óssea poderão solicitar a isenção da taxa. Os pedidos serão aceitos até as 18h do dia 27 de março, no site da banca.

Concurso CRT-SP é realizado (Foto: CRT-SP/Divulgação)
Sai edital do concurso CRT SP (Foto: Divulgação)

 

Saiba tudo sobre o concurso CRT SP

  • Órgão: Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado de São Paulo (CRT SP)
  • Cargo: técnico administrativo, fiscal, advogado, contador e analista administrativo
  • Vagas: 108
  • Requisito: médio, técnico e superior
  • Remuneração: entre R$2.700 e R$5.748,10
  • Banca: Instituto Quadrix
  • Inscrições: de 23 de março a 8 de junho
  • Provas: 26 de julho

 

Concurso CRT SP terá provas em julho

Os candidatos do concurso CRT-SP serão avaliados por meio de provas objetivas. Os exames serão aplicados no dia 26 de julho, no turno da tarde, com duração máxima de três horas e meia. 

Os locais de prova serão divulgados no dia 21 de julho, no site da banca. A avaliação contará com 120 questões, no modelo "certo ou errado". Do total de itens, 40 serão de Conhecimentos Básicos, 30 Complementares e 50 Específicos.

O exame terá perguntas de disciplinas como: Língua Portuguesa; Noções de Informática; Raciocínio Lógico e Matemático; Legislação e Ética na Administração; Direito Constitucional; e Conhecimentos Específicos do cargo. 

Assine a Folha Dirigida e turbine os estudos

 

Será aprovado o candidato que obtiver, cumulativamente, no mínimo, nota igual ou superior a 16 pontos em Conhecimentos Básicos, dez pontos na área Complementar, e 17 pontos na parte Específica.

O resultado final das provas do concurso CRT-SP está previsto para o dia 31 de agosto. Após a homologação, a seleção ficará válida por dois anos, podendo ser prorrogada por igual período. Os aprovados serão convocados durante este tempo e contratados conforme o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).