Prefeitura de Cristalina-GO recebe inscrição até 9 de setembro

A Prefeitura de Cristalina oferta mais de 500 vagas para cargos de diversos níveis de escolaridade. Remuneração de até R$3.992

A Prefeitura de Cristalina, localizada a 387Km de Goiás, está com inscrições abertas para cargos de níveis fundamental (incompleto e completo), médio, médio/técnico e superior. Ao todo, são oferecidas 552 vagas efetivas. A seleção também conta com formação de cadastro de reserva.

Os cargos são distribuídos para a Secretaria Municipal de Administração, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Secretaria Municipal de Saúde. Para o nível fundamental há oportunidade de auxiliar de serviços gerais, contínuo, recepcionista e vigia.

No nível médio e médio/técnico as chances são para auxiliar administrativo, motorista, técnico de segurança do trabalho, fiscal ambiental, agente comunitário de saúde e agente de combate às endemias. Já para o nível superior as vagas são para engenheiro agrônomo, engenheiro ambiental, engenheiro florestal e assistente social.

Confira notícias sobre o concurso da Prefeitura de Cristalina-GO

As remunerações variam de acordo com o cargo e vão de R$969,54 a R$3.992, com cargas de 20 e 40 horas semanais. 

Para concorrer ao cargo de agente comunitário o candidato deverá residir na área da comunidade em que deseja atuar desde a data da publicação do edital. A comprovação do endereço da residência deverá ser comprovada no ato da contratação. 

As avaliações do concurso da prefeitura estão marcadas para outubro
(foto: Divulgação)

Prefeitura de Cristalina recebe cadastro até setembro

Os interessados devem se inscrever exclusivamente pela internet, no site do Instituto Quadrix, até o dia 9 de setembro. Após o cadastro, é preciso quitar a taxa de inscrição no valor de R$40 (nível fundamental incompleto), R$50 (nível fundamental completo), R$60 (nível médio e médio técnico) e R$80 (nível superior). A taxa deverá ser paga até o dia 10 de setembro.

⇔ FOLHA DIRIGIDA + Degrau Cultural ⇔

O concurso oferece vagas candidatos com deficiência. Nesses casos, o candidato deverá se declarar com deficiência no ato da inscrição. Após deverá enviar anexar a documentação comprobatória até às 18 horas do dia 10 de setembro. O resultado preliminar da solicitação está marcado para o dia 25 de novembro.  

Agentes comunitário e agentes de combates às endemias farão curso de formação

Os inscritos para os cargos de nível fundamental serão submetidos a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com 30 questões de conhecimentos básicos, marcada para o dia 13 de outubro.

Na avaliação dos cargos de nível médio e médio/técnico, marcada para 20 de outubro, os candidatos responderão 40 questões, sendo 25 de conhecimentos básicos e 15 de conhecimentos específico. Além disso, os futuros agentes comunitário de saúde e agentes de combate às endemias passarão por curso introdutório de formação inicial. 

A classificação para este curso será feita da seguinte forma:

• Agente comunitário de saúde - até a quinta posição da lista de ampla concorrência e a primeira posição da listagem de pessoas com deficiência
• Agente de combate às endemias - até a 96° posição da lista de ampla concorrência e até a sexta posição da listagem de pessoas com deficiência

Concurso PF: conheça os cargos de nível superior da área de apoio

O curso de formação será de 40 horas-aula, com duração prevista de até 10 dias. Ao final do curso os candidatos serão convocados para a realização de uma nova prova com 20 questões. Serão considerados aprovados os candidatos que alcançarem rendimento igual ou superior a 10 pontos nesta etapa.

O prova para os cargos de nível superior, marcada para 13 de outubro, também será composta por 40 questões, sendo 25 de conhecimentos básicos e 15 de conhecimentos específicos. Estes candidatos também serão avaliados por meio de prova discursiva, que será uma redação de texto dissertativo. 

Concurso TCU: presidente anuncia seleção com 30 vagas para 2020

Os classificados até a 25° posição na ampla concorrência, e até a quinta posição na lista de pessoas com deficiência terão sua prova discursiva corrigida.

O resultado definitivo da prova objetiva e o resultado final do concurso está marcado para o dia 11 de novembro. A nomeação dos aprovados acorrerá no prazo de dois anos após a homologação do resultado final. 

A importância do domínio da Língua Portuguesa para os servidores 



Comentários