Concurso Core-RJ: contrato com banca é assinado e edital se aproxima

A Dédalus foi contratada como banca organizadora do novo concurso para o Core-RJ com nove vagas para todos os níveis.

O Conselho Regional dos Representantes Comerciais no Estado do Rio de Janeiro (Core-RJ) assinou o contrato com a Dédalus Concursos como banca organizadora do sua nova seleção. O extrato contratual foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 19.

A vigência do contrato será de um ano, até junho de 2020. Por isso, a conclusão das etapas do concurso Core-RJ não deve ultrapassar esse prazo. A contratação da banca organizadora é a última etapa antes da publicação do edital.

Então, o documento com as regras da seleção poderá sair já nos próximos dias. FOLHA DIRIGIDA entrou em contato com a banca para questionar uma previsão para o edital. A Dédalus Concursos, por sua vez, disse que ainda não data definida.

A expectativa, porém, é que isso não demore a acontecer. No site da banca, já consta um link para o Core-RJ na seção de ‘editais futuros’. O pregão para escolha da organizadora foi aberto em junho deste ano.

Concurso Core-RJ terá provas objetivas para todos os candidatos
(Foto: Divulgação)

 

A seleção terá oportunidades para todos os níveis de escolaridade, em que são esperados mais de 15 mil candidatos. A reportagem teve acesso ao projeto básico do concurso. Tal documento é basilar para o edital e composto de dados importantes, como vagas, cargos, escolaridades e estrutura de provas.

Segundo o projeto básico, também conhecido como termo de referência, a seleção para o Core-RJ terá nove vagas imediatas. O Conselho, porém, também formará cadastro de reserva para ser usado na validade do concurso, conforme a necessidade e orçamento disponível.

+ Core-RJ define banca de concurso para todos os níveis de escolaridade

Concurso Core-RJ terá ganhos de até R$2,9 mil

A distribuição das vagas por carreira e nível de escolaridade ocorrerá da seguinte forma:

  • Nível fundamental: office-boy (uma vaga mais cadastro de reserva) e copeiro (uma vaga + CR);
  • Nível médio: assistente administrativo (duas vagas + CR); fiscal (uma vaga + CR); técnico de TI (uma vaga + CR); e telefonista (uma vaga + CR);
  • Nível superior: assistente jurídico (uma vaga + CR); e contador (uma vaga + CR).

Os salários serão de R$1.200 (fundamental); R$1.736 (médio) e R$2.900 (superior). Os candidatos serão submetidos a provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório. A aplicação, de acordo com o projeto básico, será feita da cidade do Rio de Janeiro.

Somente os participantes aos cargos de nível superior também serão avaliados por provas discursivas, de caráter eliminatório e classificatório.

As provas serão compostas por 40 questões objetivas para nível médio.Os exames serão compostos pelas disciplinas de Língua Portuguesa, Informática e Conhecimentos Específicos, além de Raciocínio Lógico.

Acesse curso de preparação para o concurso:

Já para os graduados, serão 50 perguntas mais a parte dissertativa. O projeto básico do concurso só traz o programa de provas para os cargos dos níveis médio e superior, faltando detalhes sobre as avaliações para os postos de nível fundamental. 

Para ser aprovado será necessário acertar, no mínimo, 50% dos pontos do exame. O concurso Core-RJ terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período. Nesse tempo, os aprovados poderão ser convocados. 

Saiba como estudar quando o concurso tem banca definida: