Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso Comlurb: saiba onde e como os garis podem atuar

Você está interessado no concurso Comlurb 2018 para gari? Um dos destaques é que os aprovados poderão atuar em mais de 20 áreas. Confira!

Os concursos Comlurb têm o histórico de atrair muitos candidatos. Somente na última seleção foram registradas 79 mil inscrições. Previsto para este ano, o novo concurso da Companhia de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro não deve ser diferente. Mas, o que atrai tantas pessoas? Um desses atrativos é que, além de exigir nível fundamental e ter remuneração de R$2,6 mil, os garis podem atuar em diferentes áreas e não apenas na varrição ou coleta de lixo no caminhão. 
 
Para identificar as mais de 20 especialidades que os garis da Comlurb podem trabalhar, FOLHA DIRIGIDA preparou um especial, dividido em três partes. Esta primeira falará sobre a limpeza, a próxima sobre a coleta e a terceira sobre atividades pouco conhecidas desenvolvidas pelos garis. 
 
Ao final, você perceberá que varrer as ruas do Rio de Janeiro é apenas uma das possibilidades que os aprovados no concurso Comlurb 2018 poderão atuar. Tem até gari alpinista. Não deixe de acompanhar!

Garis recebem treinamentos após aprovação no concurso

De acordo com a Assessoria de Imprensa da Comlurb, os aprovados no concurso, tão logo convocados, passam por um período de integração e por treinamentos nas funções operacionais. Todos os garis devem estar preparados para desempenhar diferentes tarefas dentro da Companhia. Por isso, são treinados periodicamente em cada uma das atividades que podem ser executadas. 
 
Garis do concurso Comlurb tem mais de 20 especialidades
Concurso Comlurb: garis podem atuar em 
mais de 20 especialidades (Foto: Divulgação)
 
A distribuição dos profissionais é feita pelas Superintendências da Comlurb de acordo com a necessidade de cada área. Regularmente, os garis são avaliados para que possam desempenhar sempre a função na qual demonstrem mais aptidões e possam se adequar às atividades de forma mais eficiente.
 
Para os garis designados à Gerência de Serviços Extraordinários, especializada em serviços emergenciais, como atuação em casos de chuvas fortes, calamidades, limpeza de encosta (equipe de garis alpinistas que usam equipamentos de rapel), remoção de árvores tombadas em logradouro público, remoção de peixes mortos recebem treinamentos específicos.
 
Na primeira matéria deste especial iremos falar dos tipos de limpeza que os garis realizam. Confira!
 

Capina e roçada 

A Comlurb realiza a capina e roçada da vegetação nos canteiros em toda a cidade. Cada Gerência tem seu próprio plano elaborado de acordo com a quantidade de metros quadrados de áreas verdes pela qual é responsável. O plano define a quantidade de garis e frequência do serviço na área.

Essa especialidade exige que os garis sejam treinados no uso da ceifadeira mecânica, enxada e reco-reco para garantir a segurança do trabalhador no manuseio dos equipamentos.

Varrição 

Diariamente, a Comlurb faz a limpeza na cidade com varrição. As principais ruas e vias mais movimentadas recebem o serviço diariamente. As ruas residenciais e secundárias têm programação de acordo com a área.

Essa área de atuação dos garis exige o treinamento específico, como o manuseio correto da vassoura para melhor limpeza e sem causar danos à saúde. Além do aprendizado no uso de equipamentos de proteção, que garantem a segurança do empregado.

Limpeza das praias

Lançado no início de cada ano, o programa Praia Limpa tem o objetivo de intensificar a limpeza nas praias e as campanhas de conscientização para o descarte correto do lixo. Durante o verão, as operações de limpeza na praia são intensificadas com o auxílio de garis, esvaziando lixeiras e contêineres, e 2.400 papeleiras na faixa de areia para facilitar o descarte correto, além das que existem no calçadão.

Para garantir uma maior qualidade sanitária da areia, após a remoção dos resíduos, ela é revolvida e higienizada no processo de aeração feito por trator especial, reduzindo o risco de contaminação por bactérias.

Para atuar nessa área, os garis fazem treinamento específico para o manuseio dos diversos equipamentos na limpeza da areia, cesto, ancinho, "pega-pega" e contêiner.

Limpeza dos túneis e viadutos

A limpeza e manutenção dos túneis, viadutos e vias expressas da cidade também é responsabilidade dos garis da Comlurb. Para não atrapalhar o fluxo do trânsito, esse trabalho é realizado durante a madrugada, com início sempre à meia-noite e término até às 5h. O serviço consiste na limpeza das sarjetas, caixas de ralo e paredes.  

Essa área de atuação exige o treinamento específico para o manuseio dos equipamentos, garantindo a segurança e a saúde do empregado. Para essas operações, a Comlurb utiliza varredeiras mecânicas (com vidros fechados), carros-pipa e jateadeiras. Os garis utilizam equipamentos de proteção individual, máscara, avental, luvas, macacão impermeável especial, capacete, óculos de ampla visão e botas de cano alto.

Limpeza de encostas (garis alpinistas)

Você já pensou que os garis da Comlurb pudessem trabalhar com alpinismo? O trabalho de limpeza de encosta começou na Floresta da Tijuca, com garis treinados e munidos de equipamentos de rapel. O resultado foi tão eficiente que a Companhia adotou essa atividade operacional e hoje o município do Rio de Janeiro conta com garis especializados na coleta desses resíduos.
 

 



Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários