Concurso Comlurb depende do limite de gastos da Prefeitura do Rio

Ainda em análise, o Limite Prudencial de gastos da Prefeitura do Rio de Janeiro trava a abertura do novo concurso Comlurb para garis.

Prometido para o primeiro semestre deste ano, o edital do concurso para garis da Comlurb, no Rio de Janeiro, ainda encontra um obstáculo. A análise dos limites de gastos com os servidores do município impede que a seleção seja aberta, no momento.

Em maio, o presidente da Companhia de Limpeza Urbana do Rio, Tarquínio Almeida, revelou que a previsão era que o edital saísse até junho.

Questionada por FOLHA DIRIGIDA nesta quarta-feira, 26, a Assessoria de Imprensa da Comlurb disse que reúne todas as expectativas para abrir o próximo concurso para garis. Porém, a questão do Limite Prudencial está em análise.

“A Comlurb está com todas as expectativas para implementar o concurso dos garis, mas ainda em análise quanto ao Limite Prudencial. Assim que a Companhia tiver informações mais consistentes, tornará público”, consta em nota enviada à reportagem.

Em entrevista exclusiva no dia 16 de maio, o presidente Tarquínio Almeida já tinha adiantado que o concurso não foi aberto em decorrência desse limite de gastos. De acordo com ele, quando essa questão for resolvida, o novo edital poderá ser publicado.

“O concurso ainda não foi para rua pelo Limite Prudencial da Prefeitura inteira. Assim que essa questão for resolvida, vamos soltar o edital para contratar mais garis para nossa cidade”, afirmou.

+ Como fazer concurso Comlurb: 8 dicas valiosas de estudo

Desde 2017, a Prefeitura do Rio de Janeiro ultrapassa o limite prudencial de despesas com pessoal, que é estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Por esse motivo, o município fica proibido de promover ajustes salariais e novos concursos (com exceção da reposição de servidores na Segurança, Saúde e Educação).

De acordo com presidente da Comlurb, o prefeito Marcelo Crivella já
autorizou o novo concurso para garis (Foto: Divulgação)

 

Enquanto não tem uma definição sobre a questão orçamentária, a Comlurb adianta os preparativos de uma nova seleção para garis:

“Nós precisamos oxigenar a equipe com mão de obra nova. O processo está aberto e o edital está desenvolvido”, destacou o representante da Companhia.

A companhia não realiza novos concursos para categoria desde 2014, quando ofereceu 100 vagas para homens e mulheres. Tal concurso foi composto por provas objetivas com 20 questões de Língua Portuguesa e prova de capacidade física.

Oferta do concurso Comlurb será para nível fundamental

Para participar do concurso Comlurb é preciso ter concluído o ensino fundamental até o 5º ano (antiga 4ª série primária). Com o reajuste de 4,7% anunciado recentemente, a remuneração deverá ser de R$2.795,02.

Esse valor será composto por salário base de R$1.489,30; auxílio-alimentação de R$710 e gratificação de insalubridade de R$595,72. A empresa pública oferecerá ainda aos garis um pacote de benefícios:

  • seguro de vida, plano odontológico; 
  • café da manhã, cesta natalina; 
  • auxílio-creche; 
  • auxílio para filhos com deficiência;
  • plano de saúde; 
  • auxílio-funeral; 
  • parcerias com óticas e convênios com livrarias, papelarias, farmácias e drogarias.

Prepare-se para o concurso Comlurb com simulado exclusivo 

O diretor de Gente e Conectividade da Comlurb, André Magalhães, reforçou à FOLHA DIRIGIDA a importância do novo concurso para gari. 

“A gente tem muita necessidade de fazer esse concurso. Existe uma grande expectativa para isso, porque precisamos desses profissionais”.

Quer passar no concurso da Comlurb?
Comece os estudos já!

Até mil vagas para garis poderão ser abertas no concurso

A intenção da companhia é formar, com o novo concurso, um banco de até mil garis. Eles serão chamados para posse conforme a necessidade. 

“O nosso pleito é de formação de um banco de mil garis. A reposição vai sendo feita de acordo com a necessidade de cada área da cidade”, disse o presidente da Comlurb. 

Segundo Tarquinio Almeida, a reposição deve ser maior em algumas áreas, principalmente Zona Oeste, em bairros como Campo Grande e Sepetiba. “Na Zona Norte, também temos algumas gerências que já têm déficit em função das pessoas que vão se aposentando e saindo da empresa”.

+ Diretor reforça importância do concurso Comlurb 2019
No dia do gari, Renato Sorriso conta sua história na Comlurb

O que poderia ser um obstáculo para abertura do concurso já foi resolvido. O prefeito Marcelo Crivella autorizou a publicação do edital. A prefeitura, no entanto, ainda não confirmou a informação.

“A seleção já tem autorização do município e o único entrave, no momento, é o Limite Prudencial e que afeta toda prefeitura”, destacou o presidente da Comlurb.

Os garis não apenas varrem as ruas. Esses profissionais têm funções bem diversas, tais como capina e roçada. Além da limpeza de praias, túneis e viadutos, de encostas (garis alpinistas), de feiras livres, ralos e valas, e a manutenção de mobiliário. Conheça como e onde os garis podem atuar!



Comentários