Conforme prometido, CNMP retoma estudos para realização de concurso

A assessoria de imprensa do CNMP informou a retomada dos estudos orçamentários para realização de um novo concurso no órgão.

Os estudos orçamentários para realização do concurso CNMP foram retomados, de acordo com a assessoria de imprensa do órgão. O departamento informou que ainda não há previsão para a conclusão deste levantamento.

O Conselho Nacional do Ministério Público tem quatro cargos vagos para analistas atualmente. Os dados, disponíveis no Portal de Transparência do Órgão, foram atualizados no mês de janeiro.

Do total de vacâncias, três são para o cargo de analista jurídico (sem especialidade) e uma para analista de suporte e infraestrutura. As funções exigem o nível superior e contam com uma remuneração, em início de carreira, de R$12.455,30. 

Estão somados ao valor o vencimento básico, de R$5.189,71 e a gratificação por atividades do Ministério Público, de R$7.265,59. O regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade empregatícia ao servidor.

enlightenedQuer sair à frente na sua preparação para concursos? Confira!

Órgão contabiliza quatro cargos vagos para analistas

No Portal da Transparência não constam cargos vagos para a carreira de técnico. Mas, os estudos realizados pelo CNMP podem identificar necessidade de oferta para essa função, considerando possíveis aposentadorias futuras. Neste caso, as vagas podem ser oferecidas em cadastro de reserva.

As vagas oferecidas em cadastro poderão ser preenchidas ao longo do prazo de validade do concurso, que deverá ser de dois anos. O período ainda poderá ser prorrogado por mais dois anos, a critério do CNMP.

O Conselho não conta com concurso válido para nenhuma das duas funções (técnicos e analistas). A validade do último concurso, realizado em 2014, encerrou em maio de 2019.

Concurso CNMP 2020

  • Órgão: Conselho Nacional do Ministério Público
  • Banca: a definir
  • Cargos: a definir (previsão para vagas de analista)
  • Vagas: a definir
  • Remuneração: R$12.455,30 
CNMP
Órgão não conta com concurso em validade para chamada de novos
servidores (Foto: Reprodução/CNMP)


CNMP atua na fiscalização do Ministério Público

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) atua na fiscalização administrativa, financeira e disciplinar do Ministério Público, porém respeitando a autonomia da instituição. A sede da instituição fica localizada em Brasília, no Distrito Federal.

A instituição é aberta ao recebimento de reclamações contra membros ou órgãos do MP, inclusive contra seus serviços auxiliares encaminhada por cidadão ou entidades brasileiras. Dentre as atribuições do CNMP estão:

  • Zelar pela autonomia funcional e administrativa do Ministério Público, podendo expedir atos regulamentares ou recomendar providências;
  • Apreciar a legalidade dos atos administrativos praticados por membros ou órgãos do Ministério Público da União e dos Estados;
  • Rever os processos disciplinares de membros do Ministério Público julgados há menos de um ano;
  • Elaborar relatório anual, propondo as providências que julgar necessárias sobre a situação do Ministério Público no país e as atividades do Conselho.
     

+ À espera de novo concurso, MPU tem mais de 2 mil cargos vagos

Último concurso CNMP foi realizado em 2014 

Uma boa maneira dos interessados na nova seleção iniciarem seus preparativos, é usar como referência o edital da seleção anterior. O concurso CNMP 2014 foi organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC).

Na época, foram oferecidas 87 vagas para técnicos e analistas. As oportunidades para técnicos foram distribuídas pelas especialidades de Administração (45) e Segurança Institucional (4).

Para analistas  foram oferecidas chances para as áreas de: Direito (18), Desenvolvimento de Sistemas (6), Gestão Pública (5), Comunicação Social (2), Arquivologia (1), Estatística (1), Contabilidade (1); Controle Interno (1), e Suporte e Infraestrutura (1).

Os candidatos foram avaliados por meio de uma prova objetiva. O exame foi composto por itens de Língua Portuguesa, Legislação de Interesse Institucional, Raciocínio Lógico-Matemático e Conhecimentos Específicos. Além disso, foi aplicada uma prova discursiva, que consistia em uma Redação.