Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso do Conselho Federal de Psicologia tem banca contratada

O Instituto Quadrix será a banca do concurso do Conselho Federal de Psicologia, que ofertará o título de especialistas para psicólogos.

O Instituto Quadrix foi contratado como banca organizadora do próximo concurso do Conselho Federal de Psicologia (CFP). A seleção, que será composta por provas e exame de títulos, tem por objetivo oferecer o título profissional de especialista em Psicologia.

O contrato com o Instituto Quadrix foi publicado nesta segunda-feira, 16, no Diário Oficial da União. De acordo com o documento, o contrato terá o valor referente ao pagamento das taxas de inscrição, que serão de R$148 (por candidato).

Além disso, o contrato com a banca organizadora terá duração de 12 meses, ficando válido até setembro de 2020. Desta forma, o concurso do Conselho Federal de Psicologia deverá ser concluído neste prazo. Com a contratação da empresa, o edital deve ser divulgado até o final deste ano.

Conselho Federal de Psicologia prepara novo concurso (Foto: Pixabay)
Conselho Federal de Psicologia contrata banca
para o próximo concurso (Foto: Pixabay)

Último concurso CFP ocorreu em 2017

O último concurso do Conselho Federal de Psicologia ocorreu em 2017. Na época, a seleção também foi organizada pelo Instituto Quadrix e teve provas objetivas, discursivas e discursivas. Desta forma, o último edital pode ser usado como base para os estudos.

Na ocasião, foram oferecidas vagas para psicólogos das áreas de: Neuropsicologia; Psicologia Hospitalar; Clínica; Jurídica; do Esporte; Organizacional e do Trabalho; do Trânsito; Social; em Saúde; Psicomotricidade; Psicologia Escolar/Educacional; e Psicopedagogia.

Para se inscrever, era necessário ter mais de 2 anos de inscrição no Conselho Regional de Psicologia, ter inscrição ativa e prática profissional, na especialidade requerida, de, no mínimo, dois anos, além de outros requisitos.

enlightenedPrepare-se para concursos em 2019enlightened

As provas objetivas e discursivas foram realizadas nas seguintes cidades: Aracaju-SE; Belém-PA; Belo Horizonte-MG; Brasília-DF; Campo Grande-MS; Cuiabá-MT; Curitiba-PR; Fortaleza-CE; Goiânia-GO; João Pessoa-PB; Maceió-AL; Manaus-AM; Natal-RN; Palmas-TO; Porto Alegre-RS; Recife-PE; Rio de Janeiro-RJ; Salvador-BA; Florianópolis-SC; São Luis-MA; São Paulo-SP; Teresina-PI; e Vitória-ES.

A prova objetiva contou com 40 questões de Conhecimentos Específicos, valendo até 60 pontos. Já a etapa discursiva também foi específica e teve quatro perguntas abertas sobre temas constantes do conteúdo programático. Este exame teve 40 pontos no total.

Para ser aprovado no concurso do Conselho Federal de Psicologia de 2017, foi preciso obter, no mínimo, 70 pontos, sendo, pelo menos, 30 pontos da prova objetiva, e 20 pontos na discursiva. Os aprovados tiveram seus títulos avaliados.

Após a divulgação do resultado final, a seleção ficou válida por um ano, não podendo ser prorrogada.

Comentários