CAU-MT publica resultado final do concurso para agente e assistente

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Mato Grosso divulgou a relação final de candidatos classificados no concurso CAU-MT.

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Mato Grosso tornou público o resultado final do concurso CAU-MT. A seleção ofertou vagas para os níveis médio e superior. O documento publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 4.

» Confira o resultado final «

A listagem traz a relação de candidatos aprovados, organizada por número de inscrição, nome completo (em ordem alfabética), pontuação final, ordem de classificação na listagem geral, ordem de classificação nas listagens específicas para PCD e pessoas negras ou pardas (se for o caso).

O concurso CAU-MT obteve um quantitativo de classificados equivalente ao oferecido pelo edital de abertura, sendo 104 aprovados na seleção. Para o cargo de agente de fiscalização foram 52, sendo dois para vagas imediatas e o restante para formação de cadastro.

No caso do cargo de assistente administrativo, o concurso CAU-MT teve a mesma quantidade de candidatos aprovados, tanto para vagas imeditas quanto para cadastro reserva.

Os candidatos em reserva poderão ser convocados durante todo o prazo de validade do concurso, que será de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período. 

Contratados terão ganhos de até R$6 mil
(Foto: Divulgação)

Concurso CAU-MT teve oferta de vagas para os níveis médio e superior

Com o edital publicado em maio deste ano, o concurso CAU-MT trouxe uma oferta de 104 vagas, distribuídas entre cargos de níveis médio e superior.

O primeiro nível trouxe o cargo de assistente administrativo e exigiu-se formação completa mais carteira de habilitação na categoria B. O quantitativo de vagas ofertadas foi de 52, sendo duas imediatas e 50 para a formação de cadastro. O salário é de R$2.087,52.

 Estuda e trabalha? Saiba como superar esse desafio

No nível superior, foi a mesma quantidade, também sendo duas em provimento imediato e 50 para formar cadastro. Os classificados precisavam tem graduação em Arquitetura e Urbanismo, registro profissional no conselho, além da carteira de habilitação na categoria B. Para estes, o vencimento será de R$6.083,13.

Seleção contou com duas etapas de avaliação

Todos os concorrentes foram avaliados por meio provas objetiva e discursiva. Os exames tiveram caráter eliminatório e classificatório, com duração de quatro horas.

A prova foi constituída por 50 questões de múltipla escolha, sendo 25 de Conhecimentos Específicos e 25 de Conhecimentos Gerais, divididas em:

  • Língua Portuguesa;
  • Matemática;
  • Informática Básica; e
  • Atualidades.

Todas as questões de Conhecimentos Gerais tiveram peso 1, enquanto que as de Específicos terão peso 3, totalizando 100 pontos na prova.

Para ser aprovado, foi preciso atingir 50% de aproveitamento e garantir, no mínimo, metade dos acertos em Lingua Portuguesa e Conhecimentos Específicos.

Comentários