Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Provas transcorrem com tranquilidade

Na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e no Centro Universitário Augusto Motta (Unisuam), locais em que foi concentrado o maior número de concorrentes (10.124), os candidatos se apresentaram desde o início da manhã, que foi tranquila e chuvosa.

Na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e no Centro Universitário Augusto Motta (Unisuam), locais em que foi concentrado o maior número de concorrentes (10.124), os candidatos se apresentaram desde o início da manhã, que foi tranquila e chuvosa.

Após o fechamento dos portões, às 9h em ponto, alguns poucos concorrentes chegaram atrasados, como Rosangela Sodré, segurança, de 38 anos. "Me dediquei durante um ano e meio para este concurso. Saí de casa às 6h40, mas tive problemas no trem. A locomotiva trocou de maquinista por três vezes no trecho Saracuruna/Bonsucesso", contou.

Já quem fez a prova, saiu sorrindo, visto que, além de a aplicação ter sido tranquila, os candidatos acharam as questões fáceis e rápidas de se resolver. "Este foi o primeiro concurso que fiz e levei a sério. Achei a prova muito fácil, principalmente as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Já Informática, senti dificuldade, pois estava cheia de pegadinhas. De qualquer forma, de modo geral, foi uma avaliação tranquila, por isso que saí tão rápido, eu esperava mais dificuldade. Acredito e espero que eu seja aprovada", disse a jovem Débora Sanches, de 24 anos, primeira a terminar a prova na Uerj.

A manhã foi de pura felicidade para Moisés Barbosa, comerciante, de 41 anos, que monta, todo fim de semana, sua barraquinha de cachorro-quente e outros quitutes na Uerj. "Todo fim de semana estamos com a barraquinha aqui. Vendemos muito já hoje, e vamos vender ainda mais, tenho certeza. Sempre que tem prova aqui, a gente vende bastante. É bom porque todos saem ganhando, tanto os candidatos que chegam ou saem da prova famintos quanto a gente, que ganha dinheiro por proporcionarmos algo para alimentá-los. Vale muito a pena."

De acordo com os coordenadores de prova da Cesgranrio, não houve casos de cola ou fraude em nenhuma das salas reservadas para o concurso. Apenas duas mulheres tiveram atendimento médico, mas de pequeno porte.
 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações