Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Veja orientações para a prova de domingo, dia 3

Neste domingo, dia 3, candidatos a analista legislativo da Câmara dos Deputados realizarão as provas objetivas e discursivas do concurso. Os exames serão divididos em dois turnos, manhã e tarde, com início às 9h e às 14h, respectivamente. O primeiro terá duração de três horas e o segundo, de cinco ou três horas e 30 minutos, dependendo da área. A consulta aos locais deve ser feita individualmente, no site do Cespe/UnB, organizador, informando os dados cadastrais.  

Neste domingo, dia 3, candidatos a analista legislativo da Câmara dos Deputados realizarão as provas objetivas e discursivas do concurso. Os exames serão divididos em dois turnos, manhã e tarde, com início às 9h e às 14h, respectivamente. O primeiro terá duração de três horas e o segundo, de cinco ou três horas e 30 minutos, dependendo da área. A consulta aos locais deve ser feita individualmente, no site do Cespe/UnB, organizador, informando os dados cadastrais.
 
Foi divulgada a relação de candidatos por vaga no concurso. Um total de 8.527 pessoas se inscreveram para concorrer às 34 oportunidades. A área de atuação que recebeu maior número de participantes foi técnico em material e patrimônio, com 5.141. Em seguida, estão arquiteto (942 inscritos) e engenheiro civil (892).
 
Recomenda-se que os candidatos compareçam ao local de realização das provas com antecedência de uma hora, tendo consigo caneta de tinta preta, comprovante de inscrição e documento de identidade original. Será eliminado do concurso o candidato que, durante as provas, portar aparelhos eletrônicos, relógio de qualquer tipo, óculos escuros, protetor auricular, chapéus, bonés, lápis, lapiseira, marca-texto ou borracha.
 
Haverá 180 questões, exceto para o cargo de técnico em material e patrimônio, que responde a 190. Os itens serão do tipo "certo" ou "errado" e divididos entre Conhecimentos Básicos e Específicos. Para engenheiros, a prova discursiva consistirá na elaboração de três estudos de caso, cada um com 30 linhas, e para técnico em material e patrimônio, em um parecer com até 120 linhas. Para ser aprovado, é preciso fazer 20 pontos em Conhecimentos Básicos, 48 em Específicos e 78 no total. Candidatos a técnico em material e patrimônio terão de alcançar 22 pontos na primeira seção e
81 na soma da prova.
 
A avaliação prática para os que concorrem à função de arquiteto está prevista para o dia 22 de julho. Já os títulos deverão ser entregues por todas as áreas da função de engenheiro, nos dias 19 e 20 de julho, e por arquitetos, em 29 e 30 de agosto. A validade do concurso será de dois anos, podendo ser prorrogada por igual período.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações