Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso Câmara de Palmas: número de vagas não é suficiente

Concurso Câmara de Palmas: número de vagas não é suficiente

A Câmara de Palmas, por decisão de Justiça, deverá diminuir a quantidade de cargos comissionados e aumentar efetivos do quadro.

A expectativa dos candidatos do concurso para a Câmara de Palmas tem aumentado, devido a uma decisão da Justiça que determina que a Casa reduza o número de comissionados do quadro de pessoal. Acontece que, de acordo com o Ministério Público do Estado, atualmente a proporção de servidores comissionados ultrapassa 85% do total. 

Mesmo com o concurso recente para 42 vagas imediatas, a Ação Civil Pública ressalta que a posse dos aprovados não será suficiente para reverter a situação. São 328 cargos em comissão, dos quais 192 são de assessores parlamentares, e apenas 49 cargos efetivos providos.

FOLHA DIRIGIDA entrou em contato com a Câmara de Palmas para saber se esta situação pode afetar o concurso, resultando na convocação de mais pessoas, ou se já existe a intenção de realizar um novo concurso futuramente, a fim de atender a demanda da justiça e diminuir comissionados. No entanto, não houve retorno até a publicação desta matéria. 

Em nota, o MPE informa que na Ação Civil Pública que requer a readequação, o "Promotor de Justiça Edson Azambuja, da área de defesa do patrimônio público, considera que a Câmara Municipal vem descumprindo a norma constitucional que estabelece o concurso público como regra para o ingresso no serviço público".

Como estudar Português para concursos públicos? Baixe o e-book!

Concurso já tem resultado da avaliação psicológica

O concurso da Câmara de Palmas, cujo edital foi publicado em janeiro deste ano, está em andamento. No site da organizadora, Copese, os candidatos já podem conferir os resultados das três primeiras etapas e a convocação para quarta, que será Investigação Social Documental. 

Candidatos fizeram prova objetiva em abril (Foto: Divulgação)

Além da oferta de vagas imediatas, o edital ainda traz 151 para formação de cadastro de reserva. Foram divulgados dois editais, sendo um para o cargo de procurador da câmara e o outro para o quadro geral, com diversas carreiras.

No caso do primeiro, o requisito é nível superior. São três vagas para formação de cadastro. Para concorrer é necessário possuir graduação em Direito e registro na OAB. O salário inicial é de R$3.129,69 para carga horária de 40 horas semanais. Já o segundo edital traz 192 vagas em diversos cargos, sendo 42 imediatas e 148 em formação de cadastro de reserva. 

Concurso Público x Eleições 2018: veja o que pode e o que não pode

O que fazer depois das provas de concurso público? Confira as dicas para os aprovados e não aprovados nos processos seletivos e como passar por mais uma etapa rumo a aprovação. 

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE



Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações