Folha Dirigida Entrar Assine

Câmara de Campina Grande-PB inicia chamada de aprovados no concurso

Câmara de Campina Grande, na Paraíba, inicia a convocação dos aprovados em seu último concurso público.

A Câmara de Campina Grande, na Paraíba, iniciou a convocação dos aprovados em seu último concurso público, cujo resultado foi homologado em maio. A primeira chamada foi divulgada no Semanário Oficial do Município e na página do concurso.

Em um primeiro momento, a Casa chama 11 candidatos para preencher cargos de vigia, agente de apoio geral, agente legislativo, assessor técnico, recepcionista, técnico em manutenção de computadores e técnico legislativo. 

Os selecionados devem se apresentar entre os dias 11 de julho, quando termina o recesso parlamentar na Câmara, e 9 de agosto, no próprio órgão (Rua Santa Clara, S/N, Centro). O atendimento será em dias úteis no horários de 7h às 13h,  no setor de Recursos Humanos (RH).

Os interessados na vaga deverão levar os documentos listados no edital de convocação. Na ocasião serão solicitados exames médicos, cujos resultados deverão ser apresentados SESMT - Serviço Especializado de Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho.

Entenda como funciona a ordem de convocação em concursos
Passou no concurso e não foi convocado? Saiba seus direitos

A Câmara pede que aqueles que foram convocados, mas não possuem mais interesse na vagas expressem a desistência formalmente. Neste caso, é preciso dirigir um requerimento à Presidência da Câmara de Vereadores, datado e assinado, com firma reconhecida em cartório.

Em caso de desistências, a Câmara Municipal poderá convocar o candidato imediatamente posterior na lista de classificação final.

(Foto: Divulgação/ Câmara de Campina Grande)
Câmara contrata pelo regime estatutário, que garante estabilidade
(Foto: Divulgação/ Câmara de Campina Grande)

Concurso visa preencher 37 vagas efetivas

Aberto em outubro de 2018, o concurso da Câmara de Campina Grande visa preencher um total de 37 vagas. Os demais selecionados serão chamados durante o período de validade da seleção.

O prazo é de dois anos, contados a partir da homologação final, e poderá ser prorrogado uma vez por mais dois. Os aprovados no concurso serão contratados pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade. Os novos servidores terão jornada de trabalho de 40 horas por semana.

Como funciona o prazo de validade do concurso
Você sabe quais são as diferenças entre os regimes estatutário e celetista?

No nível fundamental são oferecidas oportunidades para agente de apoio geral legislativo (cinco vagas) e vigia (quatro). Ambos possuem inicial de R$954.

Já no nível médio as chances são para agente legislativo (oito), recepcionista (cinco), técnico legislativo I (oito). Ainda há seis vagas de assessor técnico legislativo I, que exige curso de digitação, e uma de técnico em manutenção de computador, que requer curso técnico na área. Os vencimentos chegam a R$1.483,40. 



Comentários