Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Brigada Militar: 2.100 vagas para 2º e 3º graus

O ano de 2012 já começa com uma boa notícia para quem deseja ingressar na Brigada Militar do Estado do Rio Grande do Sul: estão abertas a partir desta segunda, dia 2, prosseguindo até o dia 31 de janeiro, as inscrições do concurso que visa ao preenchimento de 2.100 vagas. Desse total, 100 são para oficial da Polícia Militar (nível superior), 600 para soldado de 1ª classe de Bombeiro Militar (nível médio) e 1.400 para soldado de 1ª classe da Polícia Ostensiva (nível médio).

O ano de 2012 já começa com uma boa notícia para quem deseja ingressar na Brigada Militar do Estado do Rio Grande do Sul: estão abertas a partir desta segunda, dia 2, prosseguindo até o dia 31 de janeiro, as inscrições do concurso que visa ao preenchimento de 2.100 vagas. Desse total, 100 são para oficial da Polícia Militar (nível superior), 600 para soldado de 1ª classe de Bombeiro Militar (nível médio) e 1.400 para soldado de 1ª classe da Polícia Ostensiva (nível médio).

Para ingressar como oficial, é necessário ser bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, ter idade máxima de 29 anos até o último dia de inscrição. Já para investidura no cargo de soldado, é necessário idade mínima de 18 e máxima de 25 anos. Para ambos os cargos, os candidatos devem possuir altura mínima de 1,65m para os homens e 1,60 para as mulheres.

O salários variam entre R$1.375,71 e 4.780,83, para carga de trabalho de 40 horas semanais. A validade do concurso é de dois anos, podendo ser prorrogada por igual período, permitindo a chamada de mais aprovados do banco de concursados.

Os interessados deverão se inscrever até o dia 31 de janeiro, no site da organizadora, a Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH). Na ocasião, será necessário preencher o requerimento e imprimir o boleto para efetuar o pagamento da taxa, que varia de R$53,38 a R$121,70, em qualquer agência bancária, preferencialmente no Banrisul.

Para o cargo de oficial, a avaliação constará de cinco fases: provas objetiva e discursiva; avaliação de títulos; exames de saúde, físico, psicológico composto por testagem coletiva, entrevista de grupo e individual; e prova oral. A prova objetiva constará de 80 questões, contendo as disciplinas de Língua Portuguesa, Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Constitucional, Direito da Criança e do
Adolescente, Legislação Aplicada e Função, Direito Internacional e Direitos Humanos, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Penal Militar e Direito Processual Penal Militar.

Já a prova discursiva será constituída de 10 questões, sendo duas de Direito Constitucional, duas de Direito Administrativo, duas de Direito Penal ou Processual Penal, duas de Direito Penal Militar e duas de Legislação Aplicada a Função e terá duração de 4 horas.

Para o cargo de soldado, a avaliação constará de quatro fases: exames intelectuais (provas objetivas), de saúde, físicos e psicológicos (testagem coletiva e entrevista individual). O exame objetivo será composto de 50 questões distribuídas entre as disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, Direitos Humanos e Cidadania, Legislação Aplicada e Função, Conhecimentos Gerais e Informática. Todas as fases dos concursos terão datas, locais e horários divulgados oportunamente.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações