Concurso Bombeiros-RJ para oficiais tem comissão formada

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro formou a comissão do seu próximo concurso de oficiais, que terá 50 vagas para a carreira.

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro vai realizar novo concurso para oficiais, com 50 vagas. A comissão organizadora já foi formada, conforme publicação no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira 12. A primeira etapa da seleção ocorrerá por meio do vestibular da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj).

As inscrições para o concurso de oficiais dos Bombeiros-RJ deverão ser feitas por meio do vestibular da Uerj. Segundo a universidade, os interessados podem utilizar o conceito obtido no 1º exame de qualificação do Vestibular Estadual 2020 ou se inscrever no 2º exame de qualificação, no período de 16 de julho a 12 de agosto.

As inscrições serão aceitas por meio do site da Uerj. O concurso para ingresso no Curso de Formação de Oficiais da Academia Dom Pedro II do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro não terá limite de idade. Além disso, os interessados deverão ter concluído o nível médio.

A taxa de inscrição no vestibular da Uerj é de R$60. Esta primeira etapa será a prova objetiva do vestubular. O exame ocorrerá no dia 15 de setembro. Os candidatos terão quatro horas para responderem a questões de Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas.

Prepare-se para concursos em 2019!

Acesse o documento

Comissão será responsável pela segunda etapa

A segunda etapa do concurso de oficial dos Bombeiros-RJ será realizada pela própria corporação. A comissão organizadora foi anunciada nesta sexta-feira, 12. Confira abaixo os membros da equipe. 

Reprodução Diário Oficial do Estado em 12/07/2019
Reprodução Diário Oficial do Estado em 12/07/2019

 

A segunda etapa do concurso dos Bombeiros-RJ terá exames físicos, de saúde e pesquisas documental e social. Os aprovados em todas as etapas são convocados para o curso de formação. A seleção costuma ter validade de 20 dias, após a homologação.

De acordo com a corporação, o efetivo atual é de, aproximadamente, 13 mil militares, sendo 10 mil praças e 3 mil oficiais.

"O atendimento à população mantém o  tradicional nível de excelência. Em uma pesquisa de 2017, traduzida no chamado Projeto Avalie, em que milhares de pessoas atendidas pela corporação foram consultadas, o grau de satisfação com o serviço atingiu nota 9,52", concluiu a instituição.

Acesse o grupo no Telegram



ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR


Comentários