Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Organizador será definido até junho

A estimativa é que até o final de junho, os interessados no concurso para o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBM-DF) saibam qual será a organizadora da seleção. De acordo com a Comissão de Concurso, o edital, que deve sair logo em seguida, contemplará mesmo as 779 vagas previstas, sendo 620 destinadas à soldados, 115 no curso de formação de oficiais e 44 para os oficiais-médicos e demais categorias do quadro complementar (arquivologistas, assistentes sociais, biblioteconomistas, dentistas, engenheiros, psicólogos, entre outras).

A estimativa é que até o final de junho, os interessados no concurso para o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBM-DF) saibam qual será a organizadora da seleção. De acordo com a Comissão de Concurso, o edital, que deve sair logo em seguida, contemplará mesmo as 779 vagas previstas, sendo 620 destinadas à soldados, 115 no curso de formação de oficiais e 44 para os oficiais-médicos e demais categorias do quadro complementar (arquivologistas, assistentes sociais, biblioteconomistas, dentistas, engenheiros, psicólogos, entre outras).

O preenchimento das vagas para praças, cuja progressão na carreira vai até a patente de major, será realizado nos próximos dois anos, sendo 310 convocações em cada um. Neste quadro, a distribuição se dará da seguinte forma: 448 para bombeiro militar de combate a incêndios e salvamento, 112 aos motoristas e 60 na área de manutenção. O chamamento dos 115 para o curso de formação de oficiais ocorrerá entre 2015, 2016 e 2017, em cinco turmas, uma por semestre. Estes, entrarão na corporação como cadetes, mas com possibilidade de avançar até coronel.

Diferente dos concursos para o Corpo de Bombeiros em outros estados, todos os cargos exigem nível superior completo, inclusive o de soldado. Os critérios desta nova seleção serão como os da anterior, realizada em 2011. Realizada pelo Cespe/UnB, houve vagas definidas e cadastro. Para concorrer, foi preciso no mínimo 18, e no máximo 28 anos de idade. Os vencimentos dos praças giram em torno de R$4,1 mil durante o Curso de Formação e R$4,6 mil ao final. Para os oficiais, o valor está na faixa dos R$7 mil. Conforme determina o Art. 65 da Leiº 12.086/2009, o CBMDF deve chegar até 9.703 funcionários. No momento, são 6.600 servidores. Os militares são contratados no regime estatutário, ou seja, com garantia de estabilidade.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações