Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Provas objetivas terão 70 questões

As provas do concurso do BNDES estão marcadas para o dia 3 de março, mas o horário e locais ainda serão informados pela Fundação Cesgranrio. Para alcançar todas as vantagens oferecidas pelo banco, os candidatos a técnico administrativo terão que passar, em uma primeira fase, por uma prova objetiva composta por 70 questões, sendo 25 de Língua Portuguesa, 25 de Matemática, oito de Língua Estrangeira, seis de Conhecimentos Específicos sobre o BNDES e seis sobre Conhecimentos Gerais. Haverá ainda um exame discursivo, uma redação. Só terá a redação corrigida o candidato que estiver entre os 660 primeiros colocados e obtiver 50% do total de pontos no exame de múltipla escolha.

As provas do concurso do BNDES estão marcadas para o dia 3 de março, mas o horário e locais ainda serão informados pela Fundação Cesgranrio. Para alcançar todas as vantagens oferecidas pelo banco, os candidatos a técnico administrativo terão que passar, em uma primeira fase, por uma prova objetiva composta por 70 questões, sendo 25 de Língua Portuguesa, 25 de Matemática, oito de Língua Estrangeira, seis de Conhecimentos Específicos sobre o BNDES e seis sobre Conhecimentos Gerais. Haverá ainda um exame discursivo, uma redação. Só terá a redação corrigida o candidato que estiver entre os 660 primeiros colocados e obtiver 50% do total de pontos no exame de múltipla escolha.
 
Já os que concorrerem a profissional básico passarão por uma prova objetiva que constará de 70 questões, sendo 30 de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa e Língua Estrangeira) e 40 questões de Conhecimentos Específicos. Terão as avaliações discursivas (composta por cinco questões de Conhecimentos Específicos) corrigidas os candidatos que estiverem classificados entre os 660 primeiros colocados e obtiverem 60% do total de pontos no exame de múltipla escolha. Os exames serão aplicados no Rio de Janeiro, São Paulo, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife e Salvador. Os aprovados serão contratados pelo regime celetista.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações