Concurso Belo Horizonte-MG será aberto na área da Educação

Um novo concurso para a Educação de Belo Horizonte-MG foi anunciado pela prefeitura na quarta-feira, 7. Previstas 3 mil chamadas.

*Matéria atualizada em 08/08/2019 às 16h39

A Prefeitura de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, realizará novo concurso para a Secretaria de Educação. O anúncio foi feito pela titular da pasta, Ângela Dalben, em entrevista coletiva na quarta-feira, 7. De acordo com ela, a oferta será nos cargos de porteiro, cantineiro, faxineiro, entre outros.

A abertura do novo concurso Belo Horizonte-MG é uma exigência do Ministério Público do Trabalho (MPT) para substituir os profissionais terceirizados. O edital, segundo a prefeitura, está previsto para ser divulgado em 2021.

Até essa data, o município convocará 3 mil aprovados no concurso em andamento pela Minas Gerais Administração e Serviços S.A (MGS). Tal seleção teve edital publicado, em maio deste ano, com vagas para cantineiro, campineiro, oficial de manutenção escolar, porteiro escolar e servente escolar, por exemplo. 

A Assessoria de Imprensa da MGS explicou à FOLHA DIRIGIDA que um novo concurso será aberto daqui a dois anos para que os atuais terceirzados nas funções, e que não foram aprovados no concurso de 2019, possam ter mais tempo de estudo. 

Questionado sobre o número de vagas do novo edital, o setor disse que ainda não tem a informação. 

Belo Horizonte-MG prepara novo concurso para porteiro,
​​​​​cantineiro, faxineiro, entre outros (Foto: Divulgação/PBH)

 

Na segunda-feira, 5, foi realizada uma audiência na 21ª Vara do Trabalho da cidade. Na ocasião, ficou decidido que o concurso será aberto e que o prazo final para substituir todos os terceirizados será até o dia 31 de julho.

“Na última segunda-feira, tivemos um avanço muito grande, um acordo vitorioso que definiu que haverá novo concurso em 2021, e também tivemos a ampliação do prazo para a substituição em um acordo exitoso assinado pela Prefeitura, o Ministério Público e o sindicato dos trabalhadores”, destacou a secretária.

 

A distribuição das vagas por cargo no novo concurso, assim como as escolaridades e salários, não foram informados. Os aprovados atuarão nas escolas da rede de ensino de BH. 

+ Tenha a assinatura ilimitada Folha Dirigida!
Estuda e trabalha? Saiba como superar esse desafio

Educação de Belo Horizonte-MG tem outro concurso previsto

A Prefeitura de Belo Horizonte tem outro concurso previsto para a Secretaria de Educação. Dessa vez, a oferta será para professores de Educação Infantil e bibliotecários. O número de vagas, no entanto, não foi divulgado.

Em junho, o município informou à FOLHA DIRIGIDA que os preparativos estavam na fase de planejamento para a contratação da banca organizadora. A instituição escolhida será responsável por receber as inscrições e aplicar as provas. 

A seleção teve comissão organizadora formada em janeiro. Desde então, o grupo com nove servidores começou a elaborar o edital, planejar, acompanhar e fiscalizar os documentos do concurso Belo Horizonte-MG.

Quer materiais de preparação para concursos?

Esses trâmites, entretanto, foram revogados em função da mudança no nível de escolaridade do cargo. Antes, o pré-requisito para professor de Educação Infantil era ter apenas o ensino médio completo na modalidade Normal.

Porém, essa exigência gerava diferenciação nos salários comparado aos docentes de ensino fundamental, cujo requisito é nível superior. Em meio a reivindicações, o prefeito Alexandre Kalil concordou que os vencimentos dos professores de Ensino Infantil fossem equiparados aos outros colegas da classe.

Por esse motivo, houve a necessidade de aumentar o nível de escolaridade exigido para trabalhar com as turmas iniciais. A legislação passou a adotar o nível superior em Pedagogia ou Normal Superior como requisito também para os docentes de Educação Infantil.

Saiba como manter estudos antecipados para concursos:



Comentários