Concurso Betim-MG: sai lista final de pedidos de isenção indeferidos

A Prefeitura de Betim, em Minas Gerais, divulgou a lista pedidos de isenção indeferidas no concurso para níveis médio e superior.

A Prefeitura de Betim, em Minas Gerais , divulgou a lista final de inscrições com pedidos de isenção indeferidas. Os candidatos que tiveram suas solicitações recusadas terão até o dia  de janeiro para realizar uma nova inscrição.

Para formalizar a candidatura, os interessados deverão realizar o pagamento da taxa de inscrição, que é de R$80, para o nível médio e R$100 para o nível superior. Os resultados dos pedidos de isenção estão disponíveis no site do Instituto AOCP, organizador.

O concurso Betim-MG oferta 392 vagas, para cargos de níveis médio e superior. As oportunidades estão distribuídas por cargos de auxiliar administrativo, educador social, oficial de administração, técnico de biblioteca, técnico de informática, analista de sistemas, analista jurídico, assistente social, entre outras.

A prefeitura oferece salários que podem chegar a R$4.952, dependendo do cargo. O regime de contratação é estatutário, que garante estabilidade empregatícia ao servidor.

+ Você sabe estudar sozinho para concursos?

Prefeitura de Betim-MG
Prefeitura de Betim-MG oferece vagas de níveis médio e superior
(Foto: Reprodução/Facebook)

Inscrições do concurso Betim-MG ainda estão abertas

As inscrições ainda estão abertas no site do Instituto AOCP, organizador, até o dia 16 de janeiro de 2020. Quem não tem acesso à internet poderá se candidatar diretamente no Centro Administrativo da Prefeitura (Rua Pará de Minas, nº 640, Bairro: Brasiléia, Betim/MG). As candidaturas devem ser feitas até o dia 17 de janeiro, das 10h às 16h. 

De acordo com o comunicado publicado no site do Instituto AOCP, não haverá atendimento no posto de atendimento presencial entre os dias 23 e 25 de dezembro e 30 de dezembro e 1º de janeiro. A paralisação nesses dias ocorrerá por conta do recesso de fim de ano.

As provas objetivas serão aplicadas no dia 1° de março de 2020. O local da prova ainda será confirmado no cartão de confirmação de inscrição, que sairá no dia 6 de fevereiro.

A prova objetiva terá 50 questões, divididas pelas disciplinas de Língua Portuguesa (10), Legislações Municipais (10) e Conhecimentos Específicos (30). Para professores de Língua Portuguesa a prova trará itens de Legislações Municipais (10) e Conhecimentos Específicos (40).

enlightenedFique por dentro de todas as novidades sobre concursos públicos

Candidatos de nível superior passarão por prova de títulos

Na mesma data da avaliação objetiva (1º de março), os candidatos realizarão uma prova dissertativa. Só serão corrigidas as provas dos que forem aprovados no exame objetivo. Para garantir a classificação é preciso acertar, no mínimo, 60% da avaliação. Para cargos de nível superior também será realizada uma avaliação de títulos.

De acordo com o secretário adjunto de Administração de Betim, Ronivon Martins, a seleção visa a atender uma recomendação do Ministério Público:

“As oportunidades serão para preencher as vagas disponibilizadas nos últimos Processos Seletivos Simplificados (PSS), conforme orientações do Ministério Público, suprindo as contratações temporárias”, explicou. 

O concurso Betim-MG terá validade de dois anos, contados a partir de sua data de homologação. O prazo ainda poderá ser prorrogado, uma vez, por igual período.

Comentários