Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Até segunda, 2.534 vagas em Belford Roxo

A Prefeitura de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, está com inscrições abertas no concurso que visa a selecionar 2.534 novos servidores para várias secretarias, além da Procuradoria Geral. As vagas englobam os níveis fundamental, médio, medio/técnico e superior. Entre as oportunidades, destacam-se as da Educação e Saúde, que correspondem a 779 e 1.222 vagas, respectivamente. Saiba como participar!

A Prefeitura de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, está com inscrições abertas no concurso que visa a selecionar 2.534 novos servidores para várias secretarias, além da Procuradoria Geral. As vagas englobam os níveis fundamental, médio, medio/técnico e superior. Entre as oportunidades, destacam-se as da Educação e Saúde, que correspondem a 779 e 1.222 vagas, respectivamente, inclusas as cotas de pessoas com deficiência. Os vencimentos iniciais variam de R$880 a R$7.700 mensais.
 
Os cadastros são aceitos apenas até a próxima segunda-feira, dia 8, no site da Consulpam, organizadora. Os valores das taxas são de R$55 para o nível fundamental, R$80 para o médio e de R$120 para o superior. Não há mais prazo para solicitar isenção, estando o resultado preliminar das análises previsto para esta quinta, 4, e os recursos para os dias 5 e 6 deste mês. Quem não conseguir o benefício, caso tenha interesse em seguir na disputa, deverá quitar a taxa até o fim do prazo de inscrição.
 
Das 2.534 vagas disponibilizadas, 1.156 são destinadas a cargos de nível fundamental, o antigo 1º grau. Entre as funções, destacam-se agente de combate a endemias (218), agente comunitário de saúde (267), inspetor de disciplina (100), zelador (100), merendeira (150), gari (100) e auxiliar administrativo (40). Para o nível médio (471), as vagas em destaque são de agente administrativo, auxiliar de desenvolvimento infantil e agente de apoio à educação inclusiva, carreiras que contam com 100 vagas cada.
 
As outras 907 vagas são para funções dos níveis médio/técnico (125) e superior (782). Quem tem o ensino médio/técnico encontrará chances nas áreas de enfermagem (40), raios-x (20), laboratório (cinco) e segurança do trabalho (seis), entre outras. Já os graduados têm como destaque as chances de médico (376, em várias especialidades), enfermeiro (40), assistente social (39), orientador educacional (20), supervisor escolar (20), biólogo (13), procurador (dez) e de analista administrativo (dez).
 
Na área educacional, são oferecidas 74 vagas de professor II e 36 para professor I, em várias matérias. As contratações ocorrerão pelo regime estatutário, que assegura estabilidade no emprego. As provas objetivas serão aplicadas no período de 28 de agosto a 4 de setembro, em data ainda a ser informada pela organizadora, com 40 (1º e 2º graus) ou 50 questões (3º grau) de Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. Os critérios de aprovação dessa etapa constam nas normas do concurso.
 
Haverá também uma prova dissertativa, para o cargo de procurador, ainda em data a ser informada, além de contagem de títulos. O exame escrito consistirá em uma questão sobre as disciplinas presentes no programa (anexo III do edital). Além das pastas de Saúde e Educação, as vagas são para as secretarias de Administração e Serviços Públicos, Meio Ambiente, Assistência Social e Direitos Humanos, Habitação e Urbanismo, Fazenda, Obras e Controle. O prazo de validade é de seis meses, podendo dobrar.
 
Prefeitura vê legalidade

Na última quarta-feira, 27, a Câmara dos Vereadores de Belford Roxo aprovou um projeto de lei proibindo a realização de concursos por um ano. Porém, a prefeitura e a banca (Consulpam) mantiveram a seleção aberta, para 2.534 vagas, com inscrições seguindo normalmente. De acordo com a nota divulgada pela Assessoria de Imprensa da prefeitura, o município deu prosseguimento ao concurso contando com o que estabelecem a Constituição Federal, o Ministério Público e os tribunais de Contas do Estado e da União.
 
A Prefeitura de Belford Roxo informa ainda que não recebeu o autógrafo do projeto de Lei votado na Câmara de Vereadores e que somente depois disso poderá pronunciar-se oficialmente". Na última segunda, dia 1º, a FOLHA DIRIGIDA tentou contato com a prefeitura, a fim de saber se alguma notificação foi repassada. No entanto, até o momento, nem a administração direta, nem a Procuradoria Geral e nem Secretaria de Administração do município responderam ao nosso contato.
 
Além disso, a prefeitura de Belford Roxo alega que terá ainda 15 dias úteis para analisar o projeto. Caberá então ao prefeito Dennis Dauttman sancionar ou não o texto aprovado pelo Legislativo. Fonte da prefeitura informou que esse projeto tem grandes chances de ser rejeitado pelo prefeito, sobre o argumento de "vício de iniciativa", ou seja, de que não cabe à Câmara dos Vereadores criar o projeto suspendendo concursos. Ou seja, essa matéria só poderia ser proposta pelo Poder Executivo.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações