Concurso Banco Central 2017/2018: defasagem de analista é a que mais preocupa categoria

Apesar do Banco Central ter carência de pessoal nos três cargos de sua estrutura, o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do BC (Sinal), Jordan Alisson, demonstrou maior preocupação com a defasagem no quadro de analista.

Apesar do Banco Central (BC), que já enviou pedido de concurso ao Ministério do Planejamento (concurso Banco Central 2017/2018), ter carência de pessoal nos três cargos de sua estrutura, o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do BC (Sinal), Jordan Alisson, demonstrou maior preocupação com a defasagem no quadro de analista.
 
“O quantitativo está muito abaixo da dotação legal que nós temos, em vista, inclusive, do não atendimento das demandas no último concurso, da não nomeação de todos os aprovados, o que fez aumentar a defasagem”, afirmou. Das 5.039 vagas existentes de analista, apenas 3.259 estão preenchidas.

Reforma da previdência deverá acelerar evasão

 

Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários