Versão nova do site ativada

Concurso Bacen: pedido é ampliado e inclui vagas para nível médio

O Banco Central confirmou que solicitou ao Ministério da Economia autorização para abrir concurso com 260 vagas, incluindo nível médio.

21/06/2019 14:16 | Atualizado: 21/06/2019 15:55

21/06/2019 14:16 | Atualizado: 21/06/2019 15:55

O concurso Bacen foi ampliado e conta agora com vagas de nível médio. O Banco Central enviou ao Ministério da Economia solicitação para abrir novo concurso com 260 vagas, sendo 30 de técnico (nível médio), 200 de analista (nível superior) e 30 de procurador (nível superior em Direito).

Esta foi uma complementação ao pedido feito em 2018 pelo BC, porém com a inclusão das oportunidades de técnico.

Os dados foram confirmados pela instituição, via Acesso à Informação , no dia 19 de junho. As vagas solicitadas são para preenchimento em 2020. Por regra, os órgãos federais tinham até 31 de maio para enviar os pedidos de autorização de novos concursos públicos.

O Bacen já tinha adiantado à FOLHA DIRIGIDA que o pedido protocolado em 2018 pelo Banco seguiria em análise pelo governo este ano. O órgão ainda informou que mantém interações frequentes com o Ministério da Economia nas tratativas para um novo edital.

Confira a resposta do Banco Central sobre a solicitação de um novo concurso público e detalhes de cada cargo:

“Informamos que o Aviso nº 42/2018-BCB, de 30 de maio de 2018, por meio do qual o Banco Central solicitou autorização para realizar concurso público, foi complementado, em 31 de maio de 2019, pelo Ofício 11030/2019-BCB/Depes, ao Ministério da Economia, com solicitação de prosseguimento do processo nº 03000001115201847, para realização de concurso público para provimento de 260 cargos vagos, sendo 200 de Analista, 30 de Técnico e 30 de Procurador do Banco Central do Brasil, a serem preenchidos em 2020”.

Técnicos

Para concorrer ao cargo de técnico do Banco Central é preciso ter o ensino médio completo. As remunerações iniciais são de R$7.741,31, incluindo o auxílio-alimentação de R$458.

Entre as atribuições de um técnico, estão o desenvolvimento de atividades técnicas e administrativas complementares às atribuições dos analistas e procuradores do BC; apoio técnico-administrativo aos analistas e procuradores do órgão. Além da supervisão da execução de atividades de suporte e apoio técnico terceirizadas.

Bacen solicita autorização para novo concurso de técnicos, analistas
e procuradores (Foto: Divulgação)

 

Analistas

Já os analistas do BC são profissionais de nível superior. Podem participar do concurso graduados em qualquer área de formação. Os ganhos mensais são de R$19.655,06.

Entre as atribuições desse cargo estão: formulação, execução, acompanhamento e controle de planos, programas e projetos relativos à gestão das reservas internacionais; políticas monetária, cambial e creditícia.

Assim como a emissão de moeda e papel moeda; gestão de instituições financeiras sob regime especiais; desenvolvimento organizacional; e gestão da informação e do conhecimento.

Procuradores

A carreira de procurador do Banco Central é destinada a profissionais bacharéis em direito. Para concorrer ao posto, é preciso comprovar o exercício de dois anos de prática forense. Inicialmente, os aprovados no concurso recebem R$21,472,49 por mês.

Algumas de suas atribuições dos procuradores são: a representação judicial e extrajudicial da autarquia; atividades de consultoria e assessoramento jurídicos ao BC.

Além da apuração da liquidez e certeza dos créditos, de qualquer natureza, inerentes às suas atividades, inscrevendo-os em dívida ativa, para fins de cobrança amigável ou judicial; e assistência aos administradores da autarquia no controle interno da legalidade dos atos a serem praticados por eles ou já efetivados. 

+ Bacen diz que pedido de concurso segue em análise no Governo
Concurso Bacen: Paulo Guedes defende autonomia do banco

Sem concurso, cresce déficit de servidores no Bacen

Ainda com pedido de concurso em análise pelo governo federal, o Bacen vê seu número de cargos vagos aumentarem. Segundo dados da Lei de Acesso à Informação, até junho, existiam 2.768 cargos vagos no órgão. Desse quantitativo, 2.248 são de analista, 384 de técnico e 136 de procurador do Banco Central do Brasil.

Em 2018, o órgão solicitou autorização para um novo concurso com 230 vagas , sendo 200 de analista e 30 de procurador. Como não teve o aval da Economia, manteve a oferta para os cargos de nível superior e incluiu oportunidades de nível médio, na carreira de técnico.

Acesse cursos de preparação para concursos: 

Com o elevado número de vacâncias, caso o concurso Bacen seja autorizado, o número de chamadas no decorrer do prazo de validade poderá ser grande. Isso porque o órgão poderá convocar aprovados para preencher o déficit por aposentadorias, mortes ou exonerações.   

Em pauta, autonomia do Bacen pode acelerar concurso

Em abril deste ano, o presidente Jair Bolsonaro assinou o projeto de lei complementar que prevê a autonomia do Banco Central. Caso seja aprovado pelo Congresso Nacional, o Bacen não dependeria mais do aval do Ministério da Economia, ao qual é vinculado, para realizar concurso público. 

+ Concurso Bacen: Bolsonaro assina PL para autonomia do banco

Já existe um projeto no Senado Federal, proposta (PLP 19/2019) de autoria do senador Plínio Valério (PSDB-AM), que está em tramitação. Atualmente, o Banco Central é uma instituição vinculada ao Ministério da Economia.

O atual presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, também defende a independência. No dia 1º de abril, quando o assunto foi pauta no Congresso Federal, ele destacou a importância da ação para a economia.

“A independência nos coloca junto aos pares, no sentido de melhores práticas. Isso vai baratear o curso de crédito, facilitar a entrada do Brasil em níveis internacionais”, destacou o presidente do Banco Central.

No vídeo abaixo, saiba como a autonomia do Bacen pode ajudar no novo concurso:

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!

Sobre o concurso

Previsto

Banco Central - 2020 - técnico, analista e procurador

Nacional
Não informado
Fund...
230 vagas