Concurso AL-RN: escolha da banca começa nos próximos dias

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte irá dar início ao processo de escolha da banca organizadora do seu concurso.

Nos próximos dias, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte irá dar início ao processo de escolha da banca organizadora do concurso AL-RN que oferecerá 135 vagas para os cargos de agente de polícia legislativa, técnico legislativo e analista legislativo.

A informação foi divulgada pela equipe de Gestão de Pessoas da Assembleia Legislativa. A previsão é que o edital seja publicado neste semestre. 

A remuneração para o cargo de técnico legislativo, que exige nível médio, é de R$2.609,48, podendo chegar a R$5.781,58. Para o cargo de analista legislativo, com exigência de nível superior, o salário inicial é de R$6.215,20 podendo chegar até R$13.770,66.

AL-RN inicia os preparativos para novo concurso para servidores efetivos
(Foto: Divulgação AL-RN)

TCE-RN determina redimensionamento do quadro da Casa

Em 2018, o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE-RN) determinou que a AL-RN realizasse um redimensionamento do seu quadro de pessoal. O objetivo é que exista uma proporção na qual o número de efetivos seja maior que o de comissionados.

A Assembleia Legislativa do RN possui, hoje, 1.667 profissionais comissionados e 544 efetivos, o que implica em 75,4% de comissionados e apenas 24,6% de efetivos.

O diretor geral da Casa, Augusto Viveiros, afirmou que esse panorama será modificado com a realização de um novo concurso.

“Nós temos hoje 12 policiais militares cedidos à AL-RN. Há cinco anos nós tínhamos 121. Ou seja, já conseguimos reduzir consideravelmente esse número. E a ideia é zerar a quantidade de cedidos, pois iremos realizar o segundo concurso público da história do Legislativo Potiguar”, informou.

Viveiros disse também que na AL-RN existe uma política eficiente de gestão dos Recursos Humanos e que “o importante é encontrar uma solução adequada para ambas as partes, Poder Público e servidores”.

Último concurso Assembleia-RN foi em 2013

Em 2013, foi realizado o último concurso Assembleia-RN. O edital, na época, contou com 85 vagas para os cargos de técnico legislativo (nível médio e médio/técnico), assessor técnico de controle interno (nível superior) e analista legislativo (nível superior).

As remunerações variaram entre R$2.609,48 e R$17.025 para jornada de 40 horas. Os contratos foram pelo regime estatutário, garantindo a estabilidade dos servidores. 

Com organização da Fundação Carlos Chagas (FCC), os candidatos foram avaliados por meio de uma prova objetiva. A etapa contou com 60 questões entre Língua Portuguesa, Matemática, Raciocínio Lógico, História do Rio Grande do Norte, Constituição do estado, Legislação da Assembleia e Conhecimentos Específicos.

Prepare-se para concursos

Os concorrentes ao cargo de analista ainda tiveram que elaborar uma redação. Para o técnico na especialidade de programador, operador de som e de hardware foi cobrado um estudo de caso. Já para o técnico legislativo, na especialidade de taquigrafia, houve uma prova prática.

Para ser aprovado, era necessário atingir, no mínimo, 240 pontos na parte de Conhecimentos Gerais e 180 na de Conhecimentos Específicos. O concurso teve prazo de validade de dois anos, cabendo prorrogação pelo mesmo período.