ANTT encaminhará novo pedido de concurso ao Planejamento até maio

Até o final de maio, a Agência Nacional de Transportes Terrestres solicitará ao Ministério do Planejamento um novo pedido de concurso.

22/05/2018 11:23 | Atualizado: 22/05/2018 11:25

22/05/2018 11:23 | Atualizado: 22/05/2018 11:25
Um novo pedido para abertura do concurso ANTT será enviado ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão até final de maio. A informação foi confirmada à FOLHA DIRIGIDA na segunda-feira, 30 de maio, pela Assessoria de Imprensa da Agência Nacional de Transportes Terrestres. Quanto ao número de vagas que será solicitado, o órgão disse que “ainda está sob análise”. Caso seja autorizado, a intenção é contratar novos servidores em 2019.
 
Mesmo com a grande carência de pessoal, o último pedido de concurso feito pela ANTT, em 2017, foi indeferido pelo Ministério do Planejamento . Na ocasião, foram solicitadas 720 vagas para cargos dos níveis médio e superior.
 
“Apesar da necessidade de provimento das vagas previstas em lei e não ocupadas, a solicitação foi indeferida pelo Ministério do Planejamento ainda no ano de 2017. Portanto, não há previsão para realização de concurso em 2018”, disse a agência.
 
Confira abaixo a distribuição das vagas solicitadas ao Planejamento no ano passado:
 
CargoVagas solicitadas em 2017
Analista administrativo45 vagas
Técnico administrativo52 vagas
Especialista em regulação de serviços de transportes terrestres316 vagas
Técnico em regulação de serviços de transportes terrestres307 vagas
 
Os cargos de técnico administrativo e técnico em regulação de serviços de transportes terrestres exigem nível médio. As remunerações são de R$7.474,67 e R$7.846,37, respectivamente. Já as funções de analista e especialista requerem nível superior em qualquer área. Esses profissionais recebem R$14.265,57 e R$15.516,12 por mês, nesta ordem. Os valores já contam com o auxílio-alimentação de R$458.

ANTT apresenta carência de 731 servidores 

De acordo com a Lei 10.871/2014, a Agência Nacional de Transportes Terrestres deveria contar com 1.705 servidores. No entanto, a Assessoria de Imprensa do órgão informou que, atualmente, apenas 57,1 % dos cargos previstos estão preenchidos. Isso representa que a ANTT opera com carência de 731 novos servidores.
 
ANTT sofre com carência de 731 servidores 
(Foto: Banco de Imagens/ ANTT)

 

Esse foi justamente o quantitativo que a agência informou, em fevereiro, à FOLHA DIRIGIDA que seria solicitado ao Planejamento . Das vagas, 150 seriam para técnico administrativo, 314 para técnico em regulação de serviços de transportes terrestres, 46 para analista administrativo e 317 para especialista em regulação de serviços de transportes terrestres. 
 

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...