Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Agência recebe 51.903 inscritos. Provas em março

A Agência Nacional de Aviação Civil divulgou o número de inscritos na seleção que visa ao preenchimento de 150 vagas. Ao total, o concurso recebeu 51.903 candidatos, sendo 28.831 para as funções de nível médio.

Os interessados no concurso da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) devem ficar atentos à concorrência. A agência divulgou o número de inscritos na seleção que visa ao preenchimento de 150 vagas. No total, o concurso recebeu 51.903 candidatos, sendo 28.831 para as funções de nível médio. O cargo com maior número de cadastro foi o de técnico administrativo (16.465). No nível superior, a função de analista administrativo recebeu 10.276 inscrições.

Este é o momento de intensificação dos estudos para a prova objetiva, que será aplicada no dia 20 de março. Os locais de prova e horários serão divulgados em até três dias de antecedência. Os exames serão aplicados em todo o país. Os conteúdos cobrados alteram de acordo com a função desejada. As disciplinas são Língua Portuguesa, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Inglês, Raciocínio Lógico, Quantitativo, Estatística e Informática Básica. Além dessa etapa, os aprovados no exame objetivo passarão por prova discursiva, composta por Redação, e curso de formação, somente para o cargo de especialista em regulação de aviação civil, em Brasília.

Os gabaritos estarão disponíveis a partir do dia 21 do mesmo mês. O resultado final dos exames objetivos e a convocação para a prova discursiva será realizada até o dia 12 de abril. As provas discursivas serão aplicadas no dia 15 de maio. A análise de títulos para graduados será realizada entre os dias 25 e 29 de julho. Os candidatos de nível médio terão acesso ao resultado final disponibilizado no dia 5 de agosto. Já para a função de analista administrativo e especialista em regulação, a publicação será feita no dia 7 de outubro. Na mesma data será feita a convocação para a matrícula no curso de formação.

A oferta é nos cargos de técnico administrativo (15) e técnico em regulação (45), com exigência de nível médio, e analista administrativo (25) e especialista em regulação de aviação civil (65), para o nível superior. As remunerações variam entre R$6.062,52 e R$12.347,49, dependendo da função. Este valor já inclui o auxílio- alimentação. A lotação será em Brasília. O regime de contratação é o estatutário, que garante a tão sonhada estabilidade. O prazo de validade do concurso será de um ano, podendo ser prorrogada pelo mesmo período.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações