Concurso AL-AP com 129 vagas prorroga inscrições até novembro

A Assembleia Legislativa do Amapá prorrogou as inscrições do concurso AL-AP com 129 vagas até o dia 12 de novembro

As inscrições do concurso AL-AP com 129 vagas foram prorrogadas até as 14h do dia 12 de novembro. Inicialmente, o prazo estava previsto até quarta-feira, 30. Os cadastros são aceitos pelo site da Fundação Carlos Chagas (FCC), banca organizadora.

Profissionais dos níveis médio e superior podem concorrer ao ingresso na Assembleia Legislativa do Amapá. O primeiro passo é preencher a ficha com os dados solicitados. Depois, gerar o boleto e pagar a taxa, que varia conforme a categoria, sendo:

  • Advogado Legislativo – Atividade de Serviços Jurídicos – Esp: Procurador: R$140
  • Analista Legislativo – todas as áreas/especialidades: R$110
  • Assistente Legislativo – todas as áreas/especialidades: R$90
  • Auxiliar Legislativo – todas as áreas/especialidades: R$80

A organização do concurso ainda não informou o quantitativo parcial de inscritos. Mas, o número de isentos já aponta que a seleção será concorrida. Cerca de 2,6 mil conseguiram o benefício por serem de famílias de baixa renda, pessoa com deficiência ou doador de sangue.

concurso AL-AP oferece, no nível médio, vagas para auxiliar operacional e auxiliar de transporte. Já no nível médio/técnico, para assistente administrativo, assistente de operações, assistente de segurança, assistente de registro de imagens, assistente legislativo, assistente de contabilidade e assistente de informática.

As remunerações variam entre R$4.798,34 e R$6.064,45, já incluído o auxílio-alimentação de R$1mil.

AL-AP realiza concurso com mais de 100 vagas para níveis médio,
técnico e superior (Foto: Divulgação)

 

Os graduados podem se inscrever aos cargos de técnico legislativo, assessor jurídico legislativo, administrador, biblioteconomista, psicólogo, assistente social, pedagogo, enfermeiro, contador, economista, técnico de controle interno.

Assim como comunicador social, administrador de rede e telecomunicações, desenvolvedor de banco de dados, desenvolvedor de sistemas, técnico de segurança da informação e procurador.

Nos cargos de nível superior, os salários vão de R$11.128,90 a R$12.395,01, dependendo da função. Nos valores já está somado o auxílio-alimentação de R$1 mil.

No dia 25 de outubro, o edital do concurso AL-AP foi retificado pela segunda vez. O documento trouxe a inclusão do registro profissional como exigência para os cargos de analista legislativo nas especialidades de comunicador social/Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas.

+ Assine a Folha Dirigida e tenha acesso a materiais exclusivos!
Concurso AL-AP: mais de 2,6 mil candidatos conseguem isenção da taxa

Provas do concurso AL-AP serão em fevereiro de 2020

Conforme o edital, o concurso AL-AP terá provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos. A aplicação está prevista para o dia 2 de fevereiro de 2020, na cidade de Macapá, capital do Amapá.

Os exames serão compostos pelas disciplinas de Conhecimentos Gerais (Português, Raciocínio Lógico Matemático, Geografia e História do Amapá), além de Conhecimentos Específicos. O número de questões por disciplina é variável de acordo com o cargo.

Haverá ainda provas discursivas para analista legislativo e advogado legislativo/procurador. Essa avaliação está marcada para o dia 24 de maio, no período da manhã para analista legislativo, e à tarde para advogado legislativo/procurador.

O concurso para AL-AP ficará válido por dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois. A Assembleia Legislativa do Amapá contrata pelo regime estatutário, que garante a estabilidade empregatícia ao servidor.

Comentários