Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso AGU 2018: saiba como estudar Raciocínio Lógico

Concurso AGU 2018: saiba como estudar Raciocínio Lógico

Professor dá dicas de estudo para Raciocínio Lógico no concurso AGU. Disciplina teve maior número de questões no concurso AGU 2014. Confira!

Enquanto a organizadora do concurso da Advocacia-Geral da União (AGU) não é definida, os futuros candidatos seguem no aguardo do edital. No entanto, os estudos já devem ser iniciados, com base nas seleções anteriores. Para ajudar na preparação, FOLHA DIRIGIDA conversou com o professor do Estratégia Concursos, Arthur Lima, que deu dicas de Raciocínio Lógico. A disciplina contou com o maior número de questões em 2014, quando foi realizado o último concurso na área de apoio da AGU.  

Na época, os candidatos tiveram que responder questões de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Noções de Informática ou Língua Inglesa, dependendo do cargo, Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. Assim como Língua Portuguesa, a disciplina de Raciocínio Lógico contou com o maior número de questões, sendo 15 perguntas para todos os cargos.

Professor dá dicas de Raciocínio Lógico para o concurso AGU 2018 (Foto: Divulgação)
Professor dá dicas de Raciocínio Lógico para o concurso AGU 2018
(Foto: Divulgação)

Para quem deseja iniciar os estudos ou tem dúvidas sobre a disciplina, o professor Arthur Lima comentou como Raciocínio Lógico deve ser cobrado no concurso AGU 2018. Segundo ele, é possível que o novo edital traga mudanças significativas em relação à matéria. 

"O último edital foi elaborado pela Idecan, sendo muito tradicional. Basicamente, esta organizadora e a Consulplan têm a mesma estrutura de conteúdo. É provável que ocorra uma mudança na escolha da banca organizadora e, desta forma, o conteúdo e o peso para a disciplina sejam diferentes", avaliou Arthur Lima. 

Ainda segundo o professor, mesmo com as mudanças previstas, o número de questões deve seguir o padrão da AGU, contendo de dez a 15 perguntas de Raciocínio Lógico. Já em relação ao conteúdo da disciplina, Arthur Lima acredita que o edital do último concurso seja uma boa referência. 

"Sem dúvida, os tópicos mais cobrados devem ser a parte de Lógica Argumentativa, sempre muito forte nos concursos, assim como temas gerais de Raciocínio Lógico, como verdades e mentiras, sequências e associações lógicas. É possível ainda que sejam feitas perguntas de probabilidade e análise combinatória", afirma. 

Saiba como estudar Raciocínio Lógico Estudos em concursos

Para o professor Arthur Lima, iniciar os estudos em Raciocínio Lógico pode variar, de acordo com a afinidade do concurseiro com a matéria. Se o candidato tem muita facilidade com o tema, o professor indica que o estudo seja mais tardio, priorizando as disciplinas com maior dificuldade. 

Já para quem tem dificuldades com Raciocínio Lógico, o professor é enfático: "Os estudos devem ser iniciados o quanto antes!". Para Arthur Lima, quem não tem facilidade com a disciplina pode, inclusive, utilizar o último edital como referência de estudos, mesmo sabendo que a nova seleção deve vir com um conteúdo diferente.

"Muitas coisas também podem ser mantidas, e não é possível adiantar o que deve mudar em relação ao último edital. Desta forma, o ideal é cumprir o cronograma de 2014 e estudar um pouco a cada dia", indica.  

Professor Arthur Lima (Foto: Divulgação)
Professor Arthur Lima
(Foto: Divulgação)

Ainda segundo o professor, quem tem dificuldades deve estudar pouco a pouco, com uma média de uma hora por dia, no momento em que se tem mais disposição, sendo de manhã ou até de madrugada, de acordo com o candidato. 

Em relação ao método de estudos, Arthur Lima indica que, mais importante que a quantidade de exercícios, é a compreensão em relação à resolução de cada questão. "A qualidade no trabalho de cada exercício é mais importante que a quantidade de questões resolvidas", comenta.

Além do material escrito, o professor indica, para quem tem dificuldade na disciplina, assistir videoaulas para sair um pouco do estudo autodidata.

Já em relação às questões com maior dificuldade, Arthur Lima afirma que todos os candidatos devem criar a "malícia" de dividir a prova entre questões difíceis e fáceis. 

"Toda prova tem questões fáceis e difíceis. O concurseiro precisa ter o discernimento para pular as perguntas mais difíceis e resolvê-las após responder as mais fáceis", indica o professor. 

 

Inicie os estudos para o concurso AGU com curso do Estratégia Concursos

Inicie os estudos para o concurso AGU

Edital do concurso AGU será publicado após definição da organizadora

O concurso AGU 2018 está na fase de escolha da organizadora. Em enquete da FOLHA DIRIGIDA, candidatos apostaram no Cebraspe como mais cotado, mas ainda não há qualquer informação sobre a banca que conduzirá a seleção. Após o anúncio da organizadora, o edital do concurso poderá ser divulgado. A previsão é que o documento seja publicado oficialmente até o dia 14 de dezembrode acordo com a portaria autorizativa. Isso, porém, deve acontecer antes.

O aval do Ministério do Planejamento foi para 100 vagas, nos cargos de administrador (48), analista técnico-administrativo (dez), arquivista (duas), bibliotecário (uma), contador (32), técnico em assuntos educacionais (duas) e técnico em Comunicação Social (cinco). Para concorrer, é requisito comum a todas as carreiras ter o nível superior. 

O projeto básico já foi enviado às instituições interessadas em receberem as inscrições e aplicarem as provas. Isso aconteceu antes da portaria autorizativa sair e, desta forma, é possível que a AGU revise o documento. FOLHA DIRIGIDA teve acesso ao projeto básico inicial. Confira!

Antes de começar a estudar, 
não deixe de ler este e-book!

Guia Indispensável de Estudos para Concursos

Remuneração inicial passa dos R$6 mil

Entre os atrativos do concurso AGU está a remuneração inicial. Para todos os cargos do concurso, cuja carga de trabalho é de 40 horas semanais, os ganhos iniciais são de R$6.661,34, sendo R$2.220,09 de vencimento básico, R$3.128 de gratificação de desempenho, R$855,25 de gratificação específica e R$458 de auxílio-alimentação.

Uma das mudanças nesse projeto básico é a distribuição das vagas, que veio um pouco diferente, mas que já está em estudo pela AGU. Como o processo está adiantado, a expectativa é que o edital do concurso não demore a sair
 

Prepare-se para o concurso AGU

Com a autorização oficial do concurso e o início da escolha da banca organizadora, os futuros candidatos já devem iniciar os estudos. Para ajudar neste processo, FOLHA DIRIGIDA traz algumas dicas de preparação e o edital do último concurso da AGU para a área de apoio, realizado em 2014. Confira! 

Confira o edital do concurso AGU 2014

Confira o edital do concurso AGU 2014






Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações